segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

NINGUÉM SEGURA MARCONI PERILLO RUMO AO GOVERNO DE GOIÁS

O jornal Diário da Manhã divulgou nesta segunda-feira mais uma rodada da pesquisa de intenção de votos ao governo de Goiás, ao senado e a presidência da república, do instituto ECOPE. Eu falo e nêgo duvida! O ECOPE é o instituto que mais acertou nas últimas três eleições em Goiás. Basta observar as publicações dos jornais um dia antes e no dia das três últimas eleições sendo uma para o governo e duas para a prefeitura de Goiânia. Quem fizer isso constatará que os números do ECOPE batem com a realidade das urnas normalmente. Isso é bom. Repercutir pesquisas eleitorais no Brasil hoje em dia é uma tarefa muito complicada em função de tantos desencontros entre institutos tidos como "consagrados" no país. O respeitado ECOPE mostra neste último levantamento que o senador Marconi Perillo/PSDB é preferido por 51,6% do eleitorado goiano para ser o próximo governador de Goiás. O segundo colocado, prefeito de Goiânia Iris Rezende, tem 34,9% de inteção de votos. Marconi seria eleito no primeiro turno da eleição. Mas alguém pode indagar de pronto: Como crer na vitória de Marconi no primeiro turno se a campanha ainda não começou? Exatamente aí é que está o grande problema para os adversários de Marconi. O senador do PSDB é lembrado e preferido pela maioria dos eleitores pesquisados tão somente em função do RECALL que o eleitor tem dos seus dois governos. E olha que em março próximo serão quatro anos de Marconi fora do palácio das esmeraldas. Marconi é lembrado e preferido pela maiorias dos eleitores de Goiás para voltar a governar o estado pelo que fez nos seus dois governos. O eleitor ainda não sabe o que Marconi vai propor na campanha eleitoral. O governador que modernizou Goiás há 12 atrás, certamente fará propostas outras no caminho da modernidade que surpreenderá o eleitor goiano. Quem criou programas sociais que inspiraram vários governos estaduais Brasil a fora e até mesmo o governo federal, é claro que apresentará idéias inovadoras nesta área. Quem criou a UEG e lhe dando condições de levar o ensino superior a todas as regiões do estado, quem criou o Bolsa Universitária que garantiu o acesso a universidade e o diploma de curso superior a milhares de jovens em Goiás, terá com certeza propostas revolucionárias p/ transformar a UEG em além de maior, na melhor universidade do Centro-Oeste do Brasil. Não temos campanha eleitoral ainda. As propostas ainda não são do conhecimento do eleitor. Marconi Perillo é o mais massacrado político de toda a história política de Goiás. "Nunca antes na história" deste estado alguém foi tão perseguido, massacrado e injustiçado como o senador do PSDB tem sido nos últimos 3 anos. Desconstruir a imagem política de Marconi Perillo tem sido o papel principal de muitos daqueles que não suportam o surgimento de uma liderança tão forte e tão identificada com o povo como é a liderança de Marconi. Algumas "forças" políticas em Goiás não conseguem dormir em paz sabendo que um jovem deputado federal chegou ao governo de Goiás e marcou pela modernidade. Chegou ao senado e disse a que veio conquistando na mais alta casa de leis do país, espaços até então jamais sonhados por um outro senador goiano. Por tudo isso Marconi sofre o maior ataque que um político já sofreu na nossa história. Há 3 anos o bombardeio é constante. E apesar do massacre o "moço da camisa azul" resiste firme. O eleitor goiano parece perceber claramente a intenção daqueles que tentam destruir a imagem vitoriosa de Marconi. Tanto percebe que permanece ao lado do homem que modernizou Goiás. E a campanha nem começou. Marconi nem mostrou ao eleitor goiano o que Goiás pode receber com um novo mandato seu como governador. Eu falo e nêgo duvida! Marconi não abandona o povo de Goiás. O povo de Goiás, como demonstram as pesquisas de intenção de voto, também não abandona Marconi Perillo. Sendo assim, está claro que o povo goiano já combinou o que fazer em outubro próximo: Marconi governador. Eu falo e nêgo duvida!