quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Ex-presidente do PMDB/GO diz que Friboi não tem compromisso com o povo de Goiás.


O ex-deputado e ex-presidente do PMDB de Goiás, Wagner Guimarães, detonou a maior bomba dos últimos dias na política goiana. O peemedebista histórico da cidade de Rio Verde chamou a atenção dos goianos quando recentemente se demitiu do cargo de controlador geral do município de Goiânia, ao denunciar uma série de irregularidades em vários órgãos da Prefeitura de Goiânia na administração Paulo Garcia (PT). Wagner Guimarães disse que deixava a Prefeitura de Goiânia por não aceitar tantos desmandos.
Na edição desta quarta-feira, 16/10, o jornal Diário da Manhã traz declarações bombásticas do ex-presidente do PMDB goiano. Wagner se lança oficialmente como pré-candidato ao governo de Goiás pelo PMDB. Sua pré-candidatura foi oficializada através de ofício encaminhado ao comando do partido. 
Wagner Guimarães disse estar entrando na disputa interna pela vaga de candidato ao governo, pelo PMDB, por não aceitar a compra de candidatura que ele diz estar acontecendo no PMDB de Goiás. Wagner bate duro no empresário Junior Friboi por entender que este não tem legitimidade nenhuma para ser o candidato do partido em 2014. Wagner chegou a dizer que quem compra uma candidatura só tem a legitimidade do dinheiro. Para Wagner Guimarães quem compra não tem compromisso com o povo. Quem paga quer apenas tomar posse do estado. Para o ex-presidente do PMDB o que Junior Friboi está fazendo é apenas o jeito mais espúrio de praticar política.
O mais novo pré-candidato do PMDB ao governo de Goiás em 2014 disse claramente que Junior Friboi não tem nenhuma credencial para postular uma candidatura ao governo pelo PMDB. Disse que Friboi primeiro teria que provar nas urnas que merece ser governador de Goiás. O que Friboi nunca fez. As declarações do peemedebista Wagner Guimarães vão repercutir e muito no partido nos próximos dias. Afinal, Wagner já definiu o slogan da pré-campanha de Friboi: “sem compromisso com o povo”.