segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Haja fôlego: Marconi vive dia intenso ao vistoriar inúmeras obras do seu governo em Goiânia e região metropolitana


Na semana de comemoração dos 80 anos de Goiânia, o governador Marconi Perillo está empenhado em conferir pessoalmente o andamento e a qualidade das obras empreendidas na capital e região metropolitana. “Haja fôlego para checar essa quantidade de obras que está melhorando consideravelmente a malha viária estadual e a acessibilidade às principais saídas da capital”, declarou Marconi Perillo, ao vistoriar trecho da GO-020, na altura do autódromo, que está sendo duplicada.
O governador iniciou a tarde percorrendo esse trecho, que além da duplicação terá também iluminação e uma ciclovia entre Goiânia e Bela Vista. “Estamos diante de uma obra com qualidade extraordinária, feita para ficar para a posteridade e que respeita o dinheiro público. Esta duplicação entre Goiânia e Bela Vista de Goiás – chegando até o trevo de Piracanjuba – será uma das mais modernas de todo o país”, ressaltou Marconi. Com 47,9 quilômetros de extensão, a obra, orçada em R$ 150,7 milhões, está prevista para ser concluída em junho de 2014.
Marconi na GO-020
Em seguida, o governador e comitiva, composta por secretários, assessores e lideranças políticas, seguiram para o Autódromo Internacional de Goiânia, que passa por uma reforma completa de sua infraestrutura. “Como vocês podem perceber, estamos construindo um novo autódromo no mesmo espaço do já existente. Atendendo às exigências das federações internacionais de automobilismo e de motociclismo, teremos condições de incluir Goiânia no calendário de importantes competições nacionais e internacionais. Além disso, vamos aproveitar a ampla área para criar um espaço de convivência para as famílias ao adaptarmos um parque com ciclovia e oferecer a iluminação noturna do ambiente”, explicou Marconi.
Ele comentou ainda sobre seu empenho em contemplar as diversas modalidades esportivas, principalmente no que se refere aos esportes olímpicos e paraolímpicos. “Estamos trabalhando para provar na prática como priorizamos as diversas modalidades esportivas existentes, ao construirmos espaços aprimorados para o desenvolvimento de atletas, como será o Centro de Excelência Esportivo; e autorizarmos a elaboração do projeto de um centro paraolímpico onde hoje está localizado o centro esportivo Pedro Ludovico Teixeira”, adiantou Marconi.
Ao percorrer toda a extensão da nova pista do autódromo, que já está na fase de feitio das ranhuras, Marconi verificou a espessura do asfalto e o funcionamento das modernas máquinas que farão o seu recapeamento. O governador conferiu também a planta do novo autódromo e pôde comparar o que está previsto com o que está sendo executado.
Orçado em R$ 27,3 milhões, o novo autódromo terá estacionamento próprio, moderna torre de cronometragem, restaurante, arquibancada coberta, box com largura de 17 metros, novas instalações elétricas, hidro-sanitárias, de combate a incêndio e de vigilância sanitária. Também será adaptado um parque aberto à comunidade que contará com equipamentos de recreação e prática de esportes em geral.
Conforme explicou o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón, já foram iniciadas tratativas com os organizadores da Stock Car para que em 2014 o novo autódromo sedie etapas da competição. Além disso, também foi iniciado diálogo com organizadores de importante evento de motovelocidade para que a capital seja escolhida como sede das provas. “Nossa meta é entregarmos essa obra em abril de 2014, por isso, já iniciamos as negociações para oferecer esse novo e moderno espaço como opção de importantes competições do automobilismo e motociclismo”, declarou Rincón.
Marconi autódromo
O governador vistoriou também nesta segunda-feira as obras de construção dos viadutos da GO-060, saída para Trindade e GO-070, saída para Inhumas. Ambos serão entregues ainda este ano, de acordo com o presidente da Agetop. “Não vamos conseguir entregar todas essas obras no dia do aniversário de Goiânia, mas o importante é que todas elas têm início, meio e fim. Todas elas serão entregues funcionando”, acrescentou. No viaduto da GO-060, serão investidos R$ 12,8 milhões, e na GO-070,  R$ 9,5 milhões.
Viaduto da GO-060
Um dos momentos de maior alegria do governador Marconi Perillo ao vistoriar o imenso canteiro de obra em Goiânia e região metropolitana, foi a visita às obras do Hugo 2, que começou a ser construído no início de junho e, após três meses, a estrutura física do hospital já está pronta. O hospital terá 360 leitos, sendo 40 de UTI e 10 leitos de observação. Estamos investindo cerca de R$ 57,3 milhões. Essa obra é um dos nossos compromissos de governo com a prestação de serviços de qualidade, principalmente na área da saúde pública, para a população que vive em Goiânia, Região Metropolitana e em Goiás.
Marconi nas Obras do Hugo 2
Em Aparecida de Goiânia, inspecionamos a construção do Credeq (foto), que terá 10,5 mil metros quadrados de área construída. Queremos entregá-lo a população em junho de 2014. Esta pode não ser a maior obra do Estado, mas é a mais emblemática, pois tem um forte apelo social, na medida que não vai apenas tratar os dependentes químicos, mas promover a reinserção deles ao seio familiar. 
Antes, ainda em Aparecida, vistoriamos a duplicação da GO-040, no trecho do Setor Garavelo ao Madre Germana; as obras de uma Escola Padrão XXI e a construção da Avenida da Paz, no eixo de interligação ente o Polo Empresarial e as avenidas Independência, Diamante e a BR-153. Estamos com todas as obras muito avançadas.
Marconi Credeq

Marconi disse que Rincón já está recebendo também os projetos para licitação da extensão do Eixo Anhanguera, obra que  faz parte dos compromissos feitos por ele com Goiânia. “São obras voltadas para uma cidade que já é metrópole. Vamos entrar também na área da mobilidade com a extensão do Eixo Anhanguera e a implantação do VLT que deve começar no ano que vem”, afirmou.  Ele ressaltou que todas as obras rodoviárias estão recebendo também iluminação e ciclovia.
Questionado sobre o projeto do governo de fazer a iluminação da BR-153, o governador confirmou que a Agetop fará a iluminação, mesmo não se tratando de uma obra de responsabilidade do Governo Estadual. “Nós vamos assumir uma obra que deveria ser federal, mas que vamos fazer em favor da população que utiliza essa rodovia para se deslocar de casa para o trabalho, ou para o lazer, e acaba correndo riscos, porque é uma rodovia muito movimentada. Outra providência que pedi ao presidente é que prepare um projeto executivo para iluminação do trecho de Goiânia até a cidade de Anápolis, que também vamos realizar”, declarou.