segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Marconi quer transformar Goiás no maior produtor de energia limpa do País




O governador Marconi Perillo visitou, na manhã desta segunda-feira (7/10), a usina de energia solar da empresa espanhola Abengoa, na cidade de Sevilha. Marconi, juntamente com a comitiva, se reuniu com o presidente da companhia, Antonio Merino, e com Germán Bejarano, diretor de Relações Institucionais, além de Asier Aya, diretor da empresa no Brasil.  

Marconi conheceu as instalações da usina, que aplica soluções tecnológicas inovadoras para o desenvolvimento sustentável nos setores de energia, saneamento básico e meio ambiente, gerando eletricidade a partir do sol e produzindo biocombustíveis, tratamento de água e esgoto, além de reciclagem de resíduos industriais. Objetivo é transformar Goiás no maior gerador de energia limpa do País, junto com outras matrizes que já são desenvolvidas no Estado.
“ Nós já temos uma produção muito grande de geração de energia através do bagaço da cana; Goiás já gera cerca de dois mil megas. Temos uma matriz de hidroeletricidade muito forte, com quase 10 mil megawatts gerados na hidroeletricidade. Já temos cinco plantas de biodiesel e estamos agora conhecendo aqui essas centrais de geração de energia solar. Com essas matrizes todas nós vamos gerar muita energia renovável e vamos dar uma contribuição inequívoca para o planeta a partir da redução da emissão do CO2 e a implantação de matrizes que certamente serão exportadas para outros estados “, adiantou Marconi. 

A Abengoa Brasil está com projeto pronto pra ser desenvolvido em Goianésia (GO) com o grupo Jalles Machado, para a produção de placas solares e outros componentes. Marconi, durante o encontro, mostrou aos representantes da empresa as vantagens estratégicas de Goiás. “Vamos estabelecer uma política de incentivos para tornar Goiás líder na produção de energia limpa. A Abengoa Bioenergia vai criar novas oportunidades de desenvolvimento rural sustentável, contribuindo desta forma para manter níveis de trabalho e rendimento na área rural”, comemorou Marconi .