terça-feira, 26 de novembro de 2013

Marina desmascara mensaleiros: “não existe preso político nesta história de mensalão”.


Martina e Mensaleiros
A ex-senadora Marina Silva comentou, ontem, a prisão dos réus condenados no processo do Mensalão. Segundo ela, eles não têm o direito de se qualificar como “presos políticos”. ”Houve um julgamento de acordo com a democracia brasileira, dentro das instituições brasileiras”, disse ela. “A maioria dos juízes não foi indicada por um partido político inimigo das pessoas que foram julgadas.” Marina lembrou que a maioria dos que condenaram os mensaleiros do PT foram indicados por Lula e por Dilma.
No entanto, ela defendeu a prisão domiciliar para José Genoino. “Se sua vida está em risco, deve-se tomar todo o cuidado. Que seja para ele e para as demais pessoas que estejam em igualdade de condições”, afirmou.