terça-feira, 5 de novembro de 2013

Policial Civil é assassinado em saidinha de banco


viole
Áulus Rincon
 Morreu as 15h20 desta terça-feira o agente da Polícia Civil de Goiás Cláudio Gonçalves Dias, o “Carral”, que foi baleado no início da tarde por assaltantes na porta de uma clinica na Alameda das Rosas no Setor Oeste em Goiânia. De acordo com as primeiras informações, obtidas com EXCLUSIVIDADE pelo canalgama.com , o agente foi seguido após sacar dinheiro em uma agência bancária.
A abordagem ao policial aconteceu por volta das 14 horas no momento em que ele chegava em uma clínica para pagar o tratamento de sua esposa, que permanece internada no local. A suspeita é que os criminosos o tenham seguido desde a agência bancária onde ele foi sacar dinheiro.  Até agora não se sabe se o agente reagiu ou se os criminosos já chegaram atirando.
Além do dinheiro, os bandidos levaram também a pistola calibre Ponto 40 da Polícia Civil de Goiás. Neste momento, equipes de várias delegacias de Goiânia e policiais militares fazem buscas na Grande Goiânia atrás dos criminosos. Lotado atualmente na Delegacia Estadual de Repressão aos Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), Carral já trabalhou no Grupo Anti Roubos a Bancos (GAB) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), sendo apontado por colegas como um excelente policial, que “vivia” a Polícia Civil 24 horas por dia.