quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Mais segurança: Marconi anuncia reforço de mais 5 mil policiais em Goiás até 2014 e reclama de leis frouxas


Marconi na PM
O governador Marconi Perillo presidiu  a aula magna aos novos integrantes do Simve – Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual – em solenidade ocorrida às 9h no auditório do Centro Cultural Oscar Niemayer. Marconi dirigiu-se aos 500 novos policiais do Serviço Voluntário já em atuação e aos 900 que ingressam no curso neste mês de dezembro. No total, são 1.400 voluntários que reforçam a atuação da Polícia Militar do Estado de Goiás.
A admissão de recém-egressos das Forças Armadas na corporação, na avaliação do governador, é uma excelente oportunidade de primeiro emprego para jovens entre 19 e 25 anos. Marconi reiterou a autorização para que todas as horas extras do banco de horas da Polícia sejam compradas “para que a população sinta cada vez mais a presença da polícia nas ruas, nos quarteirões, nos bairros, protegendo as famílias e garantindo a paz”.
Em seu discurso, o governador lembrou que até o ano que vem, somando-se o reforço dos integrantes do Simve, o efetivo das polícias e Corpo de Bombeiros de Goiás ganhará um reforço de mais cinco mil profissionais. “Certamente vamos deixar as nossas cidades mais seguras, uma vez que estes homens e mulheres que integrarão as nossas polícias serão lotados em vários municípios de todas as regiões”, afiançou.
Marconi lamenta a “legislação frouxa” vigente no País. Segundo ele, nunca se prendeu tanto quanto agora. “Nunca – salientou – foram apreendidas tantas drogas, nunca a polícia atuou tanto. Mas a polícia prende hoje e a Justiça, por força da lei, solta amanhã”.
 O governador discorreu ainda sobre os grandes projetos que conseguiu colocar em prática na administração estadual. “Em que pese um período de interrupções indesejáveis, pudemos construir as bases de um novo modelo de gestão que trocou o empirismo e o improviso por planejamento estratégico e metas comprometidas”, declarou.