domingo, 29 de dezembro de 2013

Pombos são encontrados mortos em plantação de soja no interior de Goiás


pombos
Dezenas de pombos foram encontrados mortos neste sábado (28) em uma plantação de soja no distrito de Interlândia, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. A suspeita é que os animais tenham sido envenenados de propósito pelo agricultor que arrendou a terra para que as aves não prejudicassem a lavoura. Integrantes de uma associação ambiental foram chamados para verificar a situação. Na plantação havia sementes de milho, sendo que algumas mais esbranquiçadas, segundo os ambientalistas, seria o veneno usado para matar os pombos.
A Polícia Militar esteve no local e registrou um boletim de ocorrência. O responsável pela fazenda não foi encontrado para explicar a situação. A denúncia será investigada pela Delegacia do Meio Ambiente de Anápolis.
“É um crime ambiental premeditado e gravíssimo. Ele [fazendeiro] corre risco até de ser preso”, destaca Cristiano.
Além de pombos, outros animais também foram encontrados mortos na área. Alguns canários e uma seriema também estavam no local. Os ambientalistas explicam que eles também devem ter tido contato com o veneno. Há a suspeita de que outros bichos como tatus, raposas e até cachorros de propriedades vizinhas possam ter ingerido o veneno. Porém, nestes casos, como são animais maiores, os efeitos do envenenamento podem sem mais lentos.