segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Ator da propaganda do Marlboro morre de doença pulmonar


Eric lawson
O ator Eric Lawson, protagonista de comerciais do cigarro Marlboro durante os anos 1970, morreu de doença pulmonar no dia 10 de janeiro, aos 72 anos, em sua casa na Califórnia.
Segundo sua mulher, Susan Lawson, o ator teve uma parada respiratória derivada de uma doença chamada DPCO (doença pulmonar obstrutiva crônica).
Lawson participou de programas de TV como “Baretta” (1975-1978) e “São Francisco Urgente ” (1972-1977) quando foi contratado para aparecer em propagandas do cigarro, de 1978 a 1981.
O ator também trabalhou nas séries “As Panteras” (1976-1981), “Dinastia” (1981-1989) e “Baywatch” (1989-2001). Sua carreira acabou devido a um acidente em um set de filmagem de um faroeste.
Lawson —fumante desde os 14 anos— chegou a fazer campanhas anti-tabagismo parodiando a Marlboro, além de participar de um debate sobre os efeitos prejudiciais do cigarro no programa “Entertainment Tonight”, embora tenha continuado a fumar até ser diagnosticado com a doença.
Outros atores de comerciais da empresa que morreram de doenças relacionadas ao cigarro foram David Millar, que teve um enfisema pulmonar em 1987, e David McLean, morto devido a um câncer de pulmão, em 1995.
O ator deixa seis filhos