terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Assassinato de Reputações: um carro será sorteado na noite de autógrafos do livro de Tuma Junior em Goiânia

Tuma Jr
Na próxima quinta-feira (13/2) à noite o PSDB goiano promove em Goiânia uma noite de autógrafos do livro Assassinato de Reputações – um crime de Estado, do ex-secretário nacional de Justiça, delegado Romeu Tuma Júnior. Tratando o evento como uma espécie de festa, o presidente estadual do partido, Paulo de Jesus, diz que a mobilização tucana em Goiás visa “restabelecer a verdade.” Em um trecho da publicação o autor traz a informação de que o governador Marconi Perillo foi um dos alvos da suposta fábrica de dossiês, o que confirmaria a tese de que o tucano é perseguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O livro Assassinato de Reputações foi lançado oficialmente em meados de dezembro de 2013, mas entrevista concedida à revista Veja semanas antes movimentou a cena política no país e em Goiás. Para Paulo de Jesus, que organizou inclusive a rifa de um carro o km modelo Gol/2014 completo para sortear entre os presentes, além, é claro, de um exemplar, ao colocar os fatos apurados pelo delegado em um livro a informação entra para a história. “Ai não tem mais jeito. Esse livro vem para mostrar a forma como o ‘lulopetismo’ usa a máquina por meio de um partido que está no poder, até se vingando diretamente de seus adversários”, afirmou em entrevista ao Jornal Opção Online nesta terça-feira (11).
Dizendo não querer alegar nada contra o governo federal, o tucano afirma que a obra deRomeu Tuma Júnior vem somar ao que, em suas palavras, já ficou claro por meio das publicações da imprensa em todo o país: “Aquela CPMI [Comissão Parlamentar Mista de Inquérito do Cachoeira] foi uma armação total para prejudicar o nosso governador”.
A noite de autógrafos está prevista para começar às 22h no 3º piso do Shopping Bougainville. Romeu Tuma Júnior, segundo Paulo de Jesus, chegará à capital na madrugada de quinta-feira, pois o PSDB organizou uma coletiva de imprensa do autor para o período da manhã, ainda sem local definido.  



Fonte: Jornal Opção