terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

MPF investiga doações de dinheiro do Bolsa Família para campanhas eleitorais em Goiânia

20 pessoas que receberam o Bolsa Família em Goiânia foram doadores de campanhas nas eleições de 2012.

bolsa_familia_081
O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) requisitou à Secretaria Nacional de Renda e Cidadania o cruzamento de informações do Cadastro Nacional dos Beneficiários do Programa Bolsa Família com a lista de doadores nas eleições municipais no ano de 2012.
O objetivo é identificar a inscrição e manutenção de beneficiários com renda superior à máxima permitida pelo Programa. Em investigação conduzida pelo MPF/GO, foram detectadas 20 pessoas que recebiam o benefício em Goiânia (GO) e foram doadores de recursos para campanhas nas eleições de 2012.
“O programa Bolsa Família é destinado a núcleos familiares em situação de extrema pobreza, o qual tem por objetivo assegurar o direito humano à alimentação adequada, promover a segurança alimentar e nutricional, contribuindo para a conquista da cidadania pela população mais vulnerável à fome”, explica o procurador Ailton Benedito, responsável pelas investigações.
A requisição do MPF/GO à Secretaria Nacional de Renda e Cidadania, estabelece o prazo de 20 dias para o cruzamento dos dados e o fornecimento das informações sobre as providências consequentes. Destaca-se que os dados poderão ser utilizados para a sanção de eventuais práticas ilícitas.






Fonte: Rota Jurídica