quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Robston do Vila Nova é pego no exame antidoping


Robston
Robston do Vila Nova é pego no exame antidoping
A diretoria do Vila Nova Futebol Clube de Goiânia reuniu a imprensa nesta quinta-feira, 06/02, para informar que o meia Robston, de 33 anos de idade, foi pego no exame antidoping no jogo Vila Nova x Sampaio Corrêa, válido pelo Campeonato Brasileiro da Série C em 2013, no dia 02 de novembro em Goiânia. O jogador admitiu aos dirigentes do clube e à própria CBF que realmente usou substância proibida antes daquela partida em 2013. Tanto que a diretoria do Vila Nova sequer quis realizar o exame da contraprova.
A substância encontrada no exame anti-doping de Robston é um derivado da cocaína. O clube informa que afastou temporariamente o jogador dos treinamentos e da atual competição que o Vila Nova está disputando que o Campeonato Goiano. O Vila Nova disse que dará toda a assistência que o atleta necessitar para superar esse problema em sua carreira. O atleta Robston já está suspenso preventivamente e agora aguarda julgamento pelo STJD. A pena pode chegar a dois anos de suspensão.
Confira a nota oficial publicada pelo clube:

Comunicado Oficial
O departamento médico do Vila Nova Futebol Clube foi comunicado, na quarta-feira (5/2), pela Comissão de Controle de Doping da Confederação Brasileira de Futebol, que o atleta Carlos Robston Ludgero Júnior teve resultado positivo em teste de doping.
A amostra foi coletada no dia 2 de novembro de 2013, após a partida entre Vila Nova e Sampaio Corrêa, realizada no estádio Serra Dourada durante a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. A substância encontrada foi benzoylecgonine.
A diretoria do clube lamenta o ocorrido e informa que dará todo suporte necessário ao atleta.
 Diretoria
 Vila Nova Futebol Clube