segunda-feira, 31 de março de 2014

Novela Em Família fracassa em Goiás e Ibope da Globo segue caindo no estado

Organização Jaime Câmara em Goiás não sabe mais o que fazer para evitar tantas derrotas

Em família
Com a liderança ameaçada em Goiás, a Globo encomendou a Manoel Carlos, um autor de novelas ambientadas no Leblon, uma trama parcialmente ambientada em Goiânia. Não deu certo. Novela com o segundo pior Ibope da história no horário das nove, Em Família é ainda menos prestigiada em sua “terra natal”. 
Desde a estreia, em 3 de fevereiro, até 15 de março, a produção registrou média de 26 pontos em Goiânia, a mais baixa entre todas as capitais do país com medição do Ibope. A audiência da novela em Goiânia está 5,5 pontos atrás da média nacional, o PNT (Painel Nacional de Televisão), e a 4,5 pontos da Grande São Paulo.
A história de Helena, que cresceu na cidade fictícia de Esperança, em Goiás, começou com 30,4 pontos em Goiânia, mas já chegou a marcar 19, índice de novela das seis, e hoje não passa dos 25. O primeiro mês da trama de Manoel Carlos perde para o das antecessoras Amor à Vida (31,2), Salve Jorge (31,5) e Avenida Brasil (34). Em Família fechou fevereiro com apenas 27 pontos.
A escolha de Goiás para ambientar Em Família é uma das tentativas para alavancar oIbope em Goiânia, onde a Globo perdeu 19% de público em dois anos. Em fevereiro de 2012, a Anhanguera, afiliada da Globo, teve média diária de 10,6 pontos. No primeiro mês de Em Família, caiu para 8,6. Além de levar a novela para Goiás, a emissora dedicou um Globo Repórter sobre as belezas naturais do Estado, há duas semanas.
Em março, a audiência da Globo em Goiás segue em queda livre, e a liderança vem sendo ameaçada pelo SBT e Record. A Serra Dourada, afiliada do SBT, ultrapassou a Anhanguera em dois domingos, no dia 2 (8,2 a 8,1) e no dia 9 (9,4 a 8,8). Já a Record Goiás derrotou a Globo no dia 3 (8,7 a 8,5), uma segunda-feira. Cada ponto em Goiâna equivale a cerca de 6.900 domicílios.
A Globo reconhece que Goiânia é a capital onde enfrenta maior concorrência, mas afirma que as vitórias de SBT e Record e a pior audiência de Em Família aconteceram em dias atípicos, durante o Carnaval.
Confira o ranking de Em Família nas capitais (entre 3/2 e 15/3):
Goiânia: 26,0
Manaus: 27,7
Vitória: 28,2
Rio de Janeiro: 30,1
São Paulo: 30,5
Belo Horizonte: 30,7
Porto Alegre: 34,2
Curitiba: 34,4
Salvador: 35,6
Recife: 35,8
Fortaleza: 36,9
Belém: 39,0
Painel Nacional de Televisão: 31,5






Fonte: Notícias da TV/Uol