quarta-feira, 30 de abril de 2014

Morador de Corumbaíba morre após contrair vírus H1N1, em Goiás

Morador de Corumbaíba morre após contrair vírus H1N1, em Goiás


 


Um homem de 47 anos, morador de Corumbaíba, no sul de Goiás, morreu após contrair o vírus H1N1. Este é o segundo caso de morte de um morador do município pelo vírus em 15 dias. A vítima estava internada em Goiânia desde o início do mês, mas não resistiu às complicações da doença e morreu na noite de segunda-feira (28), no Hospital de Doenças Tropicais (HDT).
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, os dois casos não estão relacionados. “Um não tinha vínculo familiar, nem proximidade com o outro. A vítima desse óbito mais recente vivia muito em Caldas Novas, só dormia emCorumbaíba. Não sabemos precisar onde ele contraiu o vírus”, afirma Glaucia Gama Rahal Aires, coordenadora de Doenças Imunopreviníveis e Respiratórias, 

O período da campanha de vacinação contra a gripe ocorre até 9 de maio. a vacina previne contra os três tipos de vírus que mais estão circulando: Influenza B, H1N1 e H3N2.

HUGO 2 tem obras adiantadíssimas. Marconi Perillo quer entrega-lo ao povo goiano ainda neste semestre

HUGO 2 tem obras adiantadíssimas. Marconi Perillo quer entrega-lo ao povo goiano ainda neste semestre




Com o HUGO 2 entregue ao povo goiano, Marconi Perillo estará fazendo a maior revolução na saúde em Goiás em todos os tempos

Criado para ser o melhor e mais bem equipado hospital da Região Centro-Oeste, o Hugo 2, localizado no Setor Santos Dumont, em Goiânia, atenderá toda a região Noroeste da capital e todo o Estado. Com serviços médicos de urgência, emergência e queimaduras, o Hugo 2 desafogará a grande demanda que existe no Hospital de Urgências (Hugo).
Com uma estrutura de 71.1 mil metros quadrados, o Hospital Hugo 2, que teve o seu projeto inicial expandido para atender melhor às necessidades do Estado, terá capacidade para 360 leitos, 80 UTI’s, cinco pavimentos destinados à enfermaria para internação, 30 consultórios médicos, centro cirúrgico com 22 salas para cirurgias, bloco destinado à emergência com 20 leitos de observação, heliponto, 1.000 vagas de estacionamento, entre outras dependências. Com o custo de R$ 145 milhões, o Hugo 2 será entregue à população ainda neste semestre.
O Centro Cirúrgico, contará com sete salas para atendimentos ininterruptos, durante 24 horas. Haverá também uma sala específica com equipe de recuperação pós-anestesia e enfermarias clínicas. Esta mesma estrutura será implantada nos demais andares. Os projetos arquitetônico, hidráulico e elétrico do hospital seguem padrões de construções de unidades hospitalares modernas e funcionais.
Cerca de 500 mil habitantes serão diretamente beneficiados com a construção do Hugo 2, que prestará os mesmos serviços do Hugo 1, além do acréscimo do atendimento às vítimas de queimaduras. O hospital terá Banco de Sangue, salas de mamografia, broncoscopia e de teste de esforço. As especialidades atendidas pelo hospital incluem Cirurgia Geral, Ortopedia, Neurocirurgia, Cirurgia Pediátrica e Queimaduras. Faz parte do projeto a construção de um heliponto, mil vagas de estacionamento e auditório para 150 lugares.
O Hugo 2 vai contar com o que há de mais moderno no atendimento de urgências, traumas, emergências e tratamento de queimados. No primeiro andar vão funcionar as unidades de pronto atendimento, ambulatórios, consultórios médicos, salas divididas por especialidades e enfermaria clínica.

Mensaleiro José Dirceu é flagrado cheio de mordomias na Papuda

Mensaleiro José Dirceu é flagrado cheio de mordomias na Papuda




O famoso mensaleiro do PT está vivendo cheio de luxo na penitenciária Papuda em Brasília

Nesta terça-feira, uma comissão de deputados federais de diferentes partidos fez uma visita ao mais prócere detento da Penitenciária da Papuda, noDistrito Federal, o ex-ministro José Dirceu. O objetivo do grupo, formado majoritariamente por aliados do petista, era tentar atestar que o petista não detém regalias na cadeia e pressionar a Justiça a liberá-lo para trabalhar fora da Papuda durante o dia. Mas não foi o que ocorreu. Ao chegar ao presídio, os parlamentares encontraram o detento 95.413 em uma cela privilegiada, eufórico diante de uma televisão de plasma que exibia a vitória do Real Madrid sobre o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões da Europa.
“Estou assistindo ao Real dar uma surra no Bayern”, disse o mensaleiro José Dirceu, sorridente, ao receber a comitiva em sua cela – o time espanhol goleou o rival alemão por 4 a 0.
Segundo relato do deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), a cela do petista é a maior do complexo, equipada com micro-ondas, chuveiro quente, televisão e uma cama diferente das demais. Dirceu foi colocado em um espaço de 23 m² no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), cujas celas têm padrão de 15 m² e reúnem até quatro detentos. O local servia de cantina, mas passou por uma reforma para receber o ex-ministro.
“A cela do Zé Dirceu é completamente diferente das outras que a gente viu, não há dúvidas. Vimos pessoas com deficiência física que deveriam ficar separadas porque os presos pegam parte da cadeira de rodas para fazer armas. Mas elas seguem misturadas, dormem em colchões piores e tomam banho em chuveiro frio”, afirmou a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), que é cadeirante.
Os deputados de oposição reclamaram que o coordenador-geral da Sesipe (Subsecretaria do Sistema Penitenciário), João Feitosa, impôs uma série de restrições durante a visita: “Ele queria nos mostrar a cantina, as melhores celas e que seguíssemos o roteiro definido por ele. Disse ainda que não poderíamos ir a outros setores por falta de acessibilidade para a deputada Mara”, disse Jordy. Após a insistência, foram liberados três dos cinco parlamentares para visitar outras alas da penitenciária – inclusive a própria Mara Gabrilli, que negou ter enfrentado dificuldades durante o trajeto.
Além de Jordy e Mara Gabrilli, integraram a comitiva os deputados Nilmário Miranda (PT-MG), Luiza Erundina (PSB-SP) e Jean Wyllys (PSOL-RJ).
Fonte: Revista Veja

Júnior Friboi depois de humilhar, emite nota tripudiando sobre Iris Rezende

Júnior Friboi depois de humilhar, emite nota tripudiando sobre Iris Rezende




Nota de Júnior Friboi é um atraque à história de Iris Rezende

Em nota oficial o empresário Júnior Friboi, agora o único pré-candidato ao governo de Goiás pelo PMDB, teima em humilhar o ex-cacique peemedebista,Iris Rezende Machado, que foi defenestrado do partido que ele mesmo ajudou a construir desde os primeiros passos da sigla até os dias de hoje.
SAIBA MAIS: IRIS DESISTE DE SER CANDIDATO AO GOVERNO DE GOIÁS
Júnior Friboi não fala a verdade quando diz que Iris soube entender a vontade das bases como se ele, Friboi, tivesse tido uma vitória limpa. O próprio Iris disse que saia da briga por ver o PMDB “lançado ao mercado de especulações pouco republicanas”.  Iris Rezende ainda atingiu em cheio o bilionário Júnior Friboi ao dizer que sempre participou de lutas leais dentro do PMDB, sugerindo que desta vez não iria a luta por entender que não há lealdade por parte do adversário, no caso o próprio Júnior Friboi. 
Confira a nota postada por Júnior Friboi em seu perfil no Facebook onde ele humilha e tripudia sobre Iris Rezende
Saúdo o gesto de grandeza do meu amigo Iris Rezende. Ele soube reconhecer a vontade das bases do partido pela unidade. Juntos construiremos uma proposta capaz de resgatar a dignidade do Estado de Goiás. Unido, o PMDB cumprirá sua vocação de lutar pelas bandeiras que Iris dedicou sua vida a defender, como o combate à miséria e a luta por moradia digna. Por saúde e educação de qualidade para todos os goianos. E por um Estado onde a segurança pública garanta a tranquilidade dos cidadãos de bem. É mais um exemplo de maturidade política do PMDB de Goiás e do compromisso do partido com a população do nosso Estado.

terça-feira, 29 de abril de 2014

Iris Rezende desiste de ser candidato ao governo de Goiás e ataca Júnior Friboi

Iris Rezende desiste de ser candidato ao governo de Goiás e ataca Júnior Friboi






Iris deixa o caminho livre no PMDB para o empresário Junior Friboi

O velho cacique do PMDB de Goiás, Iris Rezende,  já não é mais o mesmo. Depois de mais de meio século de vida pública, o grande líder do PMDB goiano está saindo da cena política de maneira humilhante. Iris Rezende foi preterido pelos seus próprios companheiros de partido, alguns deles, crias políticas de sua cozinha. Iris foi praticamente defenestrado do seu PMDB. O bilionário Júnior Friboi chegou ao partido e o tomou por completo. Hoje a tarde o ex-prefeito Iris Rezende entregou ao partido uma carta com explicações da retirada do seu nome como pré-candidato ao governo de Goiás em 2014. O PMDB segue agora apenas com o nome de Júnior Friboi.
Em um trecho da carta-testamento que divulgou hoje, abandonando a disputa com o bilionário Júnior Friboi dentro do PMDB, Iris Rezende diz que “nunca pensei que veria o PMDB dividido internamente e lançado ao mercado de especulações pouco republicanas”. A insinuação é grave e dá a entender que estão acontecendo dentro do PMDB goiano ações que não respeitam a legalidade nem muito menos a ética e a moral.
É claro que a referência é dirigida a Júnior Friboi, que nunca escondeu ter dinheiro à vontade para gastar na política e estar disposto a fazer o que for possível para conseguir a sua candidatura e levar o partido a uma vitória em outubro último. Mas gastar de forma legal um dinheiro que foi ganho licitamente não é “pouco republicano”. Portanto, o que Iris disse vai mais fundo e coloca Friboi em suspeita. Resta saber se o velho cacique peemedebista vai ter a coragem de entrar em detalhes para explicar o que quis dizer com a sua acusação.
Confira a carta de renúncia de Iris Rezende à sua pré-candidatura ao governo de Goiás!
“Carta ao PMDB e ao povo de Goiás
Nos meus 56 anos de vida pública lutei e vivi intensamente o sonho de deixar como legado um país melhor para as futuras gerações. E tive a honra de participar da construção do maior partido político do Brasil livre e democrático, após o fim da ditadura militar, o PMDB. 
Acredito até hoje, do fundo de minha alma, que política se faz com ideais, com respeito às pessoas e com verdadeiro amor às causas pelas quais vale a pena lutar. 
Falo de combater a miséria em nosso Estado. Falo de melhorar a vida dos que têm menos e dependem do Poder Público até para conseguir uma casa. Falo de fazer com que essa casa tenha asfalto na porta e que a energia elétrica, a água e a rede de esgoto cheguem a todos. E falo também, com fervor ainda maior, da luta para que não faltem educação e saúde de qualidade para todos. 
Para mim são causas que valem a dedicação de toda uma existência. Esta é minha luta, por onde passei: de líder estudantil à Câmara Municipal e prefeitura de Goiânia, de lá para a Assembleia Legislativa e o governo do Estado, aos ministérios da Agricultura e da Justiça e ao Senado Federal. 
Nesse momento, contudo, vejo Goiás muito fragilizado. Nossa infraestrutura está comprometida. A população está assustada diante dos maiores índices de violência da nossa história. Ninguém sabe quem de fato controla a segurança pública em Goiás. E como se não bastasse, temos serviços públicos cada vez piores, especialmente na educação, saúde e distribuição de energia. 
Por outro lado, vejo a oposição fragmentada e também fragilizada. Por isso, lancei minha pré-candidatura ao governo de Goiás. Senti que meu nome seria novamente o mais competitivo, com maior capacidade de aglutinar os anseios populares – basta ver a lembrança ao meu nome nas pesquisas eleitorais, mesmo sem que eu me movimentasse como pré-candidato – e de outros partidos de oposição numa disputa contra o atual governo estadual. 
Atendi, inclusive, ao apelo do Partido dos Trabalhadores (PT), de que só manteria a aliança com o PMDB em Goiás se eu me dispusesse a ser candidato a governador. 
Mas nunca pensei que veria o PMDB dividido internamente e lançado ao mercado de especulações pouco republicanas. Já participei de muitas disputas internas no partido, nacionais e em Goiás, ganhei e perdi, mas sempre foram embates leais, pautados por ideais. Não quero, contudo, que meu nome seja instrumento de cisão desse partido, que é resultado do sentimento de muitos goianos. 
Desta forma, é com enorme pesar no coração que retiro minha pré-candidatura às eleições desse ano. Tomo essa decisão em respeito ao meu partido, à minha história e, sobretudo, em respeito ao povo goiano.
Sigo sempre em busca do bem maior para o Estado de Goiás e para o Brasil.
Iris Rezende Machado”

Pesquisa CNT causa desespero no planalto: Dilma Rousseff cai e Aécio sobe

Pesquisa CNT causa desespero no planalto: Dilma Rousseff cai e Aécio sobe


A presidente Dilma entrou em rota de queda acentuada nas intenções de voto e na avaliação do seu governo

A situação eleitoral de Dilma Rousseff e do PT está mais que complicada. A presidente não para cair nas pesquisas de intenção de voto e nas pesquisas de avaliação do seu governo. A presidente Dilma Rousseff perdeu sete pontos percentuais das intenções de voto no primeiro turno, de acordo com pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (29) pela Confederação Nacional dos Transportes. O levantamento aponta que aumentam as chances de a disputa eleitoral ir para o segundo turno.
Segundo a pesquisa, em um cenário apenas com os principais candidatos, a presidente teria 37% das intenções de voto, se as eleições fossem hoje. Em fevereiro, esse percentual era de 43,7%. O senador Aécio Neves (PSDB) cresceu de 17% para 21,6% e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) de 9,9% para 11,8%. O percentual dos eleitores que pretendem votar nulo ou em branco ficou estável, antes eram 20,4% e agora são 20% dos entrevistados.
Em um cenário com os candidatos menores, a petista teria 36,5% das intenções de voto, Aécio aparece com 21,5% e Campos surge em terceiro, com 11,2%. José Maria Eymael (PSDC) tem 0,6% e Levy Fidélix (PRTB) e Randolfe Rodrigues (PSOL) têm 0,4% das intenções de voto, cada um. Brancos e nulos somam 19,2% e eleitores que não sabem ou não responderam, 10,2%.
DILMA TAMBÉM CAIU NA AVALIAÇÃO DO SEU GOVERNO
A avaliação positiva do governo Dilma Rousseff (PT) caiu 3,5 pontos percentuais, segundo pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (29) pela Confederação Nacional do Transporte.
Segundo levantamento, em fevereiro 36,4% dos entrevistados avaliavam positivamente o governo atual. Em abril, esse percentual caiu para 32,9%. Por outro lado, a avaliação negativa aumentou de 24,8% para 30,6% e a regular diminuiu de 37,9% para 35,9%.
A aprovação do desempenho pessoal da presidente também caiu de 55% para 47,9%, enquanto o número de entrevistados que desaprovam a administração de Dilma aumentou de 41% para 46,1%. Esta é a terceira queda consecutiva na avaliação do governo federal, segundo os levantamentos divulgados pela CNT. Em novembro de 2013, o índice de aprovação era de 58,8% e de reprovação, 38,9%.
Ainda de acordo com a pesquisa, 30,6% dos entrevistados disseram que a presidente não é boa gerente; 22,3% a consideram boa gestora e 44,8% afirmaram que ela tem uma atuação regular à frente do governo.
Fonte: Último Segundo

domingo, 27 de abril de 2014

Multidão comparece para ver Marconi Perillo entregar mais de 1000 escrituras em Goiânia

Multidão comparece para ver Marconi Perillo entregar mais de 1000 escrituras em Goiânia




“Palavra dada é palavra cumprida”, afirma Marconi em evento diante de uma multidão em Goiânia

Uma verdadeira multidão compareceu hoje no evento em que o governadorMarconi Perillo entregou mais de mil escrituras em Goiânia.  Marconi Perilloentregou, na manhã de hoje, mais mil escrituras aos moradores do Jardim Primavera, Região Noroeste da Capital, completando assim mais de nove mil famílias de Goiânia que já receberam do governo do Estado as escrituras de suas casas registradas em cartório. A conquista do documento por famílias que aguardavam há alguns anos tornou-se possível por meio do programa Casa Legal – Sua escritura Mão, criado em 2011 pelo governo do Estado, e coordenado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab).
Com as escrituras entregues hoje, somente a Região Noroeste já contabilizasete mil moradias legalizadas. Em extensa estrutura montada no Jardim Primavera, ao lado do Colégio Estadual Verany Machado de Oliveira, o governador ressaltou às mais de mil famílias presentes no local, que o governo tem conseguido honrar os compromissos estabelecidos com a região. “Muitos não acreditavam que nós conseguiríamos honrar com nossas promessas, mas quando se trata de pessoas que têm palavra, a palavra dada é palavra a ser cumprida. E nós estamos cumprindo cada uma delas”, afirmou o governador, sob aplausos dos moradores.
Marconi Perillo disse que uma de suas primeiras determinações à equipe de trabalho, quando assumiu o governo em 2011, foi de que fossem tomadas as providências necessárias para o cumprimento dos projetos para a Região Noroeste. Hoje, a maioria das obras está em fase de conclusão, como oHospital de Urgências de Goiânia (Hugo 2), que terá mais de 40 leitos de UTI, 12 centros cirúrgicos, e uma ala para atender a pessoas vítimas de queimadura. “Ninguém vai precisar mais esperar na fila em um momento de dor”, observou.  Além do hospital, estão sendo construídos 600 quilômetros de redes de esgoto. Já foi entregue o Vapt Vupt da Avenida Mangalô e, em relação às escrituras, apenas um bairro da Noroeste ainda está em fase final da conclusão dos documentos.


Ele destacou que outras obras importantes foram realizadas, embora não estivessem no pacote de compromissos do governo com a região. A duplicação e iluminação da GO-070, de Goiânia a Inhumas, o viaduto da GO-070, que está em fase de conclusão, e a reconstrução da Rodovia dos Romeiros, GO-060. “Governar é poder realizar sonhos”, resumiu Marconi.

Goiás vence Criciúma e conquista a primeira vitória no Brasileiro

Goiás vence Criciúma e conquista a primeira vitória no Brasileiro


 


Atuando no estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara-GO, o Esmeraldinorecebeu o Criciúma e aplicou o placar de 1 a 0. O gol do triunfo mandante foi marcado pelo volante Amaral, aos 36 minutos da segunda etapa, após uma bicicleta efetuada pelo atacante Welinton Júnior.
MELHORES MOMENTOS…
Jogando no esquema 4-5-1, o Goiás tinha em João Paulo e Tiago Real as esperanças na armação de jogadas, a equipe esmeraldina  não se encontrou no início de jogo e criou a primeira chance através de uma finalização à longa distância, disparada pelo defensor Jackson. Nela, Bruno praticou tranquila defesa. Foi só aos 30 minutos que a equipe goiana criou uma chance de perigo. Após receber na meia esquerda, David escapou pelo meio-campo, passou por três defensores e invadiu a área, mas parou em grande defesa deBruno.
 O Criciúma demonstrou superioridade nos minutos finais e desperdiçou boas chances de inaugurar o placar em Itumbiara.. aos 35 minutos, quandoWellington Bruno, substituto de Paulo Baier, cruzou na medida para Bruno Lopes, que concluiu forte mais a bola foi defendida por Renan. No minuto seguinte, o camisa 9, desta vez aproveitando um passe do lateral-esquerdoGiovanni, concluiu rente à trave esquerda dos mandantes.
O Gol da vitória veio Aos 36 minutos, quando Wellington Júnior, que entrou no lugar do lateral-direito Vítor, recebeu na área, dominou no peito e emendou uma bicicleta. Aproveitando a conclusão errada do companheiro, sem deixar a bola cair, o volante Amaral completou para o fundo das redes de Bruno, que nada pôde fazer. Final Goiás 1 x 0 Criciúma.



FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1×0 CRICIÚMA
Local: Estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara-GO
Data: 27 de abril de 2014, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Renan Roberto de Souza-PB
Assistentes: Fábio Pereira-TO e Ádson Márcio Lopes Leal-BA
Cartão amarelo: Bruno Lopes (Criciúma)
GOLS:
GOIÁS: Amaral, aos 36’ do 2T
GOIÁS: Renan; Vítor (Welinton Júnior), Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, David, Thiago Mendes, João Paulo (Ramón) e Tiago Real; Araújo (Assuério)
Técnico: Ricardo Drubscky
CRICIÚMA: Bruno; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Giovanni (Bruno Cortez); Serginho, João Vítor e Rodrigo Souza (Lulinha); Wellington Bruno; Silvinho e Bruno Lopes (Cristiano)
Técnico: Caio Júnior

Daniel Alves responde a racismo comendo banana jogada por torcida; Veja o Vídeo!

Daniel Alves responde a racismo comendo banana jogada por torcida; Veja o Vídeo!!





O lateral baiano Daniel Alves respondeu de uma maneira inusitada às demonstrações de racismo de que foi alvo mais uma vez no Campeonato Espanhol.
Neste domingo, na vitória de 3 a 2 do Barcelona sobre o Villarreal, o lateral do Barça viu mais uma vez bananas serem jogadas da arquibancada em sua direção.
Ao se preparar para cobrar um escanteio, o jogador se abaixou, pegou uma das bananas e comeu. Logo em seguida, ele fez a cobrança e seguiu o jogo como se nada tivesse acontecido.
Daniel Alves já declarou que sofre com o racismo desde que começou a jogar na Espanha. Ele também já foi alvo de ofensas racistas ao jogar contra o Real Madrid. Ao responder perguntas sobre o assunto, em 2013, disse ser algo comum.
“Infelizmente é uma guerra perdida até que se tomem medidas mais drásticas”, afirmou.
 VEJA O VÍDEO….

Em 29 de março, torcedores do clube catalão Espanyol imitaram macacos e jogaram uma casca de banana no campo na tentativa de ofender os jogadores brasileiros Neymar e Daniel Alves. A partida, vencida pelo Barça, foi no estádio Cornellà-El Prat, do Espanyol.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Lereia suspenso por ser amigo de Carlos Cachoeira. E Otoni, irmão de Gomide, que confessou ter recebido R$ 200 mil do contraventor? Veja o vídeo!

Lereia suspenso por ser amigo de Carlos Cachoeira. E Otoni, irmão de Gomide, que confessou ter recebido R$ 200 mil do contraventor? Veja o vídeo!




Rubens Otoni Gomide, do PT, é o único político brasileiro que foi pego com a mão na “massa” do Cachoeira

Que país é esse? A pergunta que o poeta Renato Russo faz na sua consagrada música não quer e não pode se calar neste momento político do Brasil. Como pode a incoerência política prevalecer nos dias atuais desde que seja para proteger a turma dos canalhas contaminados de morte pela esquerdopatia? Como é que se dá a um mesmo assunto visões completamente diferentes desde que um esquerdopata amigo esteja envolvido até a alma? Este é o Brasil de Hoje! Este é o Brasil do PT! Aos“cumpanheiros” tudo que seja possível e impossível para que nada, nem mesmo a lei, possa atravessar na frente e atrapalhar os planos de poder da esquerdalha
Hoje, quarta-feira, 23/04, a Câmara Federal, com a espinha dorsal envergada até ao chão acaba de dar o maior exemplo de incoerência política, só para não apelar para palavras de baixo calão do tipo com a bunda escancarada para a porta do Palácio do Planalto, etc… Sim, a Câmara dos Deputados acaba de parir um porco espinho adulto ao suspender por 356 votos favoráveis o deputado federal, Carlos Lereia (PSDB), pelo período de 90 dias. O motivo da suspensão foram as declarações honestas do deputado, inclusive no plenário, de que sempre teve amizade por Carlos Cachoeira, um contraventor goiano que foi responsável pela cassação do senador Demóstenes Torres (DEM) no ano de 2012.
Onde está o porco espinho que a Câmara Federal Pariu? Em um fato bem simples: como é que a gente explica para alguém de mente razoável que o deputado Carlos Lereia, do PSDB, recebeu a punição de 90 dias de suspensão por ter afirmado que era amigo de Carlos Cachoeira, e que nada aconteceu ao também deputado, Rubens Otoni Gomide, do PT, que é irmão do pré-candidato ao governo de Goiás, Antônio Gomide (PT), e que foi flagrado em um vídeo com o próprio Carlos Cachoeira, vídeo este publicado pelo Jornal O Estado de São Paulo e que o Brasil inteiro assistiu, confirmando, confessando, atestando, consentindo que recebeu a quantia de R$ 100 mil em dinheiro das mãos de Carlos Cachoeira para a sua campanha eleitoral, e que no mesmo vídeo aceita mais uma “gentil” doação ilegal de  mais R$ 100 mil deCarlinhos Cachoeira perfazendo um total de R$ 200 mil.
É isso mesmo! Lereia, do PSDB, foi honesto ao dizer que tinha amizade por Carlos Cachoeira e por isso foi punido com 90 dias de suspensão. Já o deputado Rubens Otoni Gomide, do PT, que recebeu ilegalmente R$ 200 mil de Cachoeira para fazer campanha em Anápolis é 100% ignorado pela Câmara dos Deputados? Como assim? Só pelo fato de Rubens Otoni Gomide ser do PT é que ele sequer foi denunciado? Que país é esse? Ou seria melhor perguntar: que putaria é essa?
Assista o vídeo publicado pelo jornal O Estado de São Paulo onde Rubens Otoni Gomide é flagrado negociando doação ilegal para suas campanhas eleitorais!

PF ameaça investigar patrimônio de US$ 4,77 bilhões de pessoa muito próxima a Lula da Silva

PF ameaça investigar patrimônio de US$ 4,77 bilhões de pessoa muito próxima a Lula da Silva



Bomba cairia no colo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e arruinaria com o PT

Atenção! Uma bomba muito superior ao escândalo do Mensalão, aquele que levou a cúpula do PT para a penitenciária da Papuda em Brasília, está para explodir no Brasil. E segundo informações do jornalista Jorge Serrão, editor do site Alerta Total, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seria pego com as calças na mão depois de desvendados os segredos do enriquecimento fantástico de um determinado e carimbado empresário brasileiro, principalmente depois da chegada do PT ao poder no Brasil. Segundo o jornalista, até o Exército Brasileiro está de prontidão apenas aguardando o deflagrar do material “altamente explosivo”. A Polícia Federal do Brasil,ou pelo menos parte dela, é que estaria pronta para detonar um dos maiores esquemas de podridão na política brasileira de todos os tempos.
Confira a matéria de Jorge Serrão e que acaba de ser publicada no seu site: http://www.alertatotal.net!
Uma das cinco “tendências” na Polícia Federal arma uma desagradável surpresa para uma pessoa muito próxima do Presidentro Luiz Inácio Lula da Silva. A equipe de um delegado pertencente a uma banda anti-governista da PF, com atuação consistente em combate à corrupção e lavagem de dinheiro, ameaça abrir um procedimento investigatório para acompanhar suspeitas de crimes na evolução patrimonial incompatível com a renda declarada à Receita Federal pelo personagem ligadíssimo a Lula. A fortuna familiar do investigável é estimada em US$ 4 bilhões 770 milhões de dólares.
 
O patrimônio é impressionante. Usando “laranjas” (familiares, amigos pessoais e empresários parceiros), o alvo da PF é, ocultamente, um dos maiores pecuaristas do Brasil. Em três fazendas – em São José do Rio Preto e Botucatu (SP) e no Mato Grosso, em sociedade com um famoso cantor romântico) -, o investigável cuida de 4 milhões e 800 mil cabeças de gado. Também ostenta dois jatos (cada um avaliado em US$ 8 milhões). As aeronaves operaram em nome de empreiteiras amigas, para chamar menos a atenção, como se isso fosse possível, pelas tantas viagens que faz pelo Brasil e para paraísos fiscais, principalmente o Panamá.
 
O próspero negociante, em que a PF está de olho, tem participações em seis grandes hotéis (três no Distrito Federal, dois em Recife e um resort na Bahia). O agora alvo da PF – e provavelmente da Receita e da Justiça Federal – fez muitos investimentos em imóveis, o que chama a atenção e acaba facilmente rastreado. Tem um prédio avaliado em US$ 12 milhões e um terreno gigantesco, em áreas valorizadas na Zona Sul de São Paulo. Empenhou muita grana na construção de lucrativos mini-shoppings, onde fatura alto com aluguéis. Também injetou dinheiro em uma incorporadora e numa empreiteira que atua na região do Grande ABC.    
 
Em tempos de problemas na Petrobras, chama atenção que o investigável seja detentos de lotes de 650 mil ações preferenciais da estatal de economia mista – em baixa no mercado. Além de muitas ações da Vale e Usiminas, o investidor também tem 10% de participação em uma grande companhia aérea e 20% de uma poderosa empresa de telecomunicações. Também tem ações de um grande grupo universitário em São Paulo, e uma lucrativa participação na Ambev. Em função da criação bovina, é acionista minoritário de vários frigoríficos.
 
O empreendedor pródigo conseguiu uma representação para negociar jatos da Embraer na França, no Canadá e nos EUA. Além das aplicações na hotelaria nacional, junto com outro brasileiro, controla um hotel na França. Para facilitar os negócios, tem um apartamento em seu nome em Paris, a partir de onde opera suas contas correntes na Europa. O empresário brasileiro transita facilmente pela Itália, onde tem cidadania.  Em sociedade com os Irmãos Castro, recebe dividendos, em dólares, de hotéis em Cuba. Sempre que pode, viaja para lá junto com Lula.
 
No rastro da Operação Lava Jato, o estouro deste escândalo, caso realmente se confirme, tende a superar, em impacto político negativo para o PT, o Mensalão (que rendeu condenações para apenas 24 dos 40 denunciados, sendo 13 milagrosamente absolvidos, poupando, principalmente, Lula da Silva). Também deve causar mais estrago que outras broncas que também chegaram próximas, mas ainda não afetaram Lula, como a Operação Porto Seguro – que rende um processo, que corre em estranho sigilo, contra a ex-chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Nóvoa Noronha, amiga a apadrinhada e ex-assessora de confiança do ex-Presidente.  
 
As cúpulas do PSDB e DEM sabem de quem é o alvo da provável investigação que vai abalar o corrupto modelo capimunista da República Sindicalista do Brazil. A eleição presidencial deste ano promete ser um abatedouro de políticos – principalmente do lado governista da pocilga. Existem dossiês em profusão para alimentar a guerra suja pela sucessão de Dilma Rousseff. A ordem, dos investidores de fora, que gastaram centenas de milhares de dólares em espionagem, é destronar o PT do Palácio do Planalto.
 
No marketing policial, a ação programada para ser deflagrada a qualquer momento pode ser batizada de “Operação Famíglia” – numa alusão direta a como a máfia costuma ser conhecida no idioma italiano, além do termo “Cosa Nostra”. Grandes lobistas de Brasília já comentavam, na noite de ontem, do alto risco político desta operação. O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, comandado pelo General de Exército José Elito, já sabe deste risco explosivo. A Presidenta Dilma e o Presidentro Lula, meio brigados por causa das confusões na Petrobras, também sabem do perigo à vista. A petralhada está mais aloprada que nunca.
 
Aviso aos especuladores de boatos
 
Antes que alguém tire conclusões precipitadas, uma advertência.
 
O alvo bilionário dessas investigações não será o empresário Eike Batista – também grande amigo de Luiz Inácio Lula da Silva.
 
A atuação de Eike no mercado de capitais, por causa dos problemas na petrolífera OGX, já é investigada pela Polícia Federal, o Ministério Público e, por ações de investidores prejudicados, também com a Justiça.