quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cai o número de homicídios em Goiânia pelo segundo mês

As ações da Secretaria de Segurança Pública em Goiás aumentam a sensação de segurança.

JOAQUIM MESQUITA
O número de homicídios em Goiânia teve uma redução de 7,27% em março, comparando-se com o mesmo período de 2013. Enquanto em março do ano passado foram registrados 55 homicídios, neste ano ocorreram 51, mantendo-se a tendência de queda verificada em fevereiro. No acumulado do trimestre, a capital registrou um crime de morte a mais que nos três primeiros meses de 2013, confirmando-se a estabilização quantitativa e uma pequena redução relativa, quando comparadas as taxas por 100 mil habitantes (de 9,76 para 9,41).
Conforme informação da Gerência de Análise de Informações da SSP, os homicídios registrados até o dia 31 de março de 2014 ocorreram em 91 bairros (12% do total). Nos outros 648 bairros da capital (88% do total), não houve qualquer ocorrência do tipo. O secretário da Segurança Pública de Goiás, Joaquim Mesquita, destacou que o número de homicídios é elevado, mas que, infelizmente, ele é compatível com o número de homicídios registrados em cidades do porte de Goiânia em outros Estados da Federação.
Para o secretário, além do aperfeiçoamento constante do trabalho policial, é necessária urgente alteração na legislação Penal Brasileira para por fim à enorme reiteração de condutas criminosas, conforme salientado na apresentação do Relatório de Reiteração Criminal, ocorrido no último dia 25 de março. Essas mudanças evitariam que pessoas que praticam crimes graves sejam colocadas em liberdade rapidamente e continuem a praticar outros crimes, fazendo novas e sucessivas vítimas, acredita Joaquim Mesquita.
Os dados de homicídio nas demais regiões do Estado serão divulgados na próxima quinta-feira, dia 3, no Centro de Cultura e Convenções Oscar Niemeyer. Na oportunidade, a SSP/GO vai realizar reunião para avaliação das ações do primeiro trimestre e estabelecimento de novas metas para o segundo trimestre de 2014.