domingo, 13 de abril de 2014

Usuários do Facebook lançam campanha agressiva contra cantores gospel

Usuários do Facebook lançam campanha agressiva contra cantores gospel




Vários cantores do segmento Gospel são considerados hereges

No meio evangélico há diversos críticos que condenam as letras cantadas pelos principais cantores do gospel nacional. Os erros teológicos e interpretações questionáveis de passagens bíblicas geram muita polêmica nas redes sociais. A página do Facebook “Reforma que passa” lançou uma campanha para denunciar esses cantores que na visão dos seguidores da fanpage são hereges.
Usando a campanha contra o abuso de mulheres – que divulgava a hashtag #eunãomereçoserestuprada – como modelo, os evangélicos criaram a versão “#eunãomereçoouvir” deixando que os internautas completem a frase citando um cantor. O primeiro a postar mostrou a foto com um cartaz dizendo “Eu não mereço ouvir Thalles” em seguida diversas fotos foram enviadas para os administradores da página.
Entre os artistas citados estavam Regis Danese, Damares, Diante do Trono, Ana Paula Valadão, Fernanda Brum, Cassiane e outros. Até mesmo pastores foram citados como Silas Malafaia, Sarah Sheeva, Samuel Ferreira e Marco Feliciano.