sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Oposição insiste em atacar. Marconi não abre mão da campanha limpa e com propostas



Marconi Perillo
Esqueçam os grandes palanques e os discursos prolongados. Desde seu início, há cerca de 20 dias, em Goianésia, a campanha à reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB) tem sido classificada como leve, interativa, animada e, principalmente, propositiva. Já foram mais de 30 cidades visitadas pelos integrantes da coligação Garantia de um Futuro Melhor para Goiás, além de reuniões com a população da Capital e região metropolitana. “Este é o nosso foco: enfatizar o que já fizemos e apresentar o maior número possível de propostas para fazer de Goiás um estado cada vez mais desenvolvido. Os goianos sabem que nós, sim, conseguimos enfrentar os problemas e resolvê-los. Nós sabemos como resolver”, avalia Marconi.
As reuniões políticas realizadas até aqui – ao invés dos antigos comícios – são mais objetivas, com tablados baixos, onde Marconi e os demais integrantes da coligação governista ficam bem próximos do público. “Este novo jeito tem agradado os eleitores. Precisamos disto, desta proximidade com o cidadão. É pra cada um deles que governamos. É em nós que eles confiam seus anseios, suas demandas, suas necessidades”, comenta o tucano.
Somente neste mês de agosto, Marconi pretende visitar cerca de 160 municípios, ao lado do vice-governador José Eliton (PP). Na bagagem, aliados do tucano contam que o governador tem levado algumas de suas principais características: determinação, experiência e muita, muita disposição. “Esse é o ‘jeito Marconi’ de fazer política. Jeito esse que conquista os eleitores goianos desde 1998, quando foi eleito governador pela primeira vez”, comentam.
Desde o início desta campanha eleitoral, Marconi esteve em Goianésia, Palmeiras de Goiás, Anicuns, Palmelo, Santa Cruz de Goiás, Cristianópolis, São Miguel do Passa Quatro, Bela Vista de Goiás, Trindade, Palminópolis, Adelândia, Aruanã, São Luís de Montes Belos, Jaraguá, Goiânia, Anápolis, Luziânia, Ceres, Minaçu, Quirinópolis, Cidade de Goiás, Novo Planalto, Três Ranchos e Catalão, entre outras.
Aliás, foi em Catalão que mais de quatro mil pessoas se aglomeraram dentro e fora do auditório de uma faculdade para receber o governador e ouvir suas propostas para fazer Goiás continuar avançando e conquistando destaque no cenário nacional. “A cada evento tenho ficado emocionada com o carinho que a população tem demonstrado pelo Marconi e pelo reconhecimento que todos têm pelo trabalho que ele desenvolveu à frente do Estado. Temos vivido dias gratificantes”, garante a primeira-dama Valéria Perillo, que tem acompanhado o marido em diversos eventos de campanha.
Capital
Nas ações de campanha realizadas em Goiânia, além das reuniões políticas promovidas em diferentes regiões da Capital, Marconi tem se encontrado também com representantes de organizações sociais, de entidades de classe e da sociedade civil organizada, sempre ouvindo sugestões e demandas para o próximo governo. “Não existe melhor maneira de conhecer os anseios da população do que conversando diretamente com os cidadãos”, garante o candidato.
A disposição para o diálogo tem sido aprovada pelos eleitores. “Fico feliz por poder estar frente a frente com o governador e falar do que acho que ainda precisa melhorar e também poder elogiar o que já foi feito”, relata a dona de casa Maria das Graças Oliveira, que participou de recente reunião realizada na região Noroeste de Goiânia.
Sem ataques
Mesmo após, neste primeiro mês de campanha, ter sido alvo de diversos ataques e acusações sem provas de adversários, o governador Marconi Perillo enfatizou que da parte da coligação Garantia de um Futuro Melhor para Goiás não se verá nada semelhante. “Em respeito aos goianos, continuaremos com uma campanha pacífica, de alto nível, sem ataques. A sociedade quer um debate sadio, com propostas e ideias”, defendeu o tucano durante evento em Novo Planalto, no último domingo.
A estratégia de focar em propostas e em discussão de bons projetos para Goiás tem dado certo. Aliados do governador asseguram que, no interior e na Capital, todos os que comparecem às reuniões políticas aprovam o comportamento adotado pela coligação governista desde o início de julho.
Até integrantes de partidos de oposição têm respaldado uma campanha “limpa e propositiva”, fato este verificado pelas inúmeras declarações de apoio que o governador tem recebido de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e outras lideranças cujos partidos integram coligações adversárias. Pra se ter ideia, já passa de 50 o número de prefeitos da oposição que estão com Marconi. Todos ressaltando que o tucano é um governador municipalista que não faz distinção entre prefeitos oposicionistas e os da base aliada na hora de levar obras e serviços às cidades goianas.
O prefeito de Porteirão, José Cunha (PMDB) é um deles. “Fui o primeiro prefeito da oposição a declarar apoio à reeleição do governador Marconi Perillo. Nunca fiquei em cima do muro”, disse. “Quando percebi que o governador tinha o melhor projeto para Goiás, me juntei a ele, pois meu compromisso é com o povo e não com legendas” garantiu.