quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Paulo Garcia, o pior prefeito da história de Goiânia, é reprovado por 55% dos goianienses




Paulo Garcia reprovado
Paulo Garcia (PT) é o pior prefeito da história de Goiânia

Pior prefeito da história de Goiânia, Paulo Garcia (PT) é hoje uma espécie de estorvo eleitoral.

Pesquisa do instituto Serpes, publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Popular, mostra que 55,1% da população de Goiânia reprova a administração do prefeito Paulo Garcia (PT). Segundo O Popular, o percentual de avaliação negativa é muito maior do que a positiva. Entre os entrevistados pelo Serpes, somente 7,2% aprovam a administração municipal, sendo que 5,6% avaliaram a gestão como boa e 1,6% como ótima. Outros 36,1% disseram que o desempenho é regular e 1,6% preferiu não opinar.
Há cerca de um ano e meio a prefeitura de Goiânia passa por crise financeira que prejudica a execução de serviços como operação tapa buracos e coleta de lixo. O ex-secretário de Finanças Cairo Peixoto revelou que o Paço Municipal enfrenta um rombo de R$ 400 milhões e um déficit mensal de R$ 40 milhões.
O desempenho ruim de Paulo Garcia não deixa de ser um alerta para Iris Rezende (PMDB) e Antônio Gomide (PT). Os dois são candidatos ao governo e têm relação com o prefeito. Iris Rezende foi quem bancou Paulo e fez campanha pelo petista, mas nunca apareceu publicamente para defender o petista no auge da crise. A Capital sempre é esperança de Iris para vencer Marconi Perillo (PSDB), mas agora surge o desgaste de Paulo Garcia.
Gomide é do mesmo partido de Paulo Garcia e a relação entre eles é fria. Paulo é figura nula na campanha do companheiro e Gomide até evita tocar no nome do prefeito. Fato é que tanto Gomide como Iris, neste momento, evitam se associar à gestão desgastada de Paulo Garcia.