domingo, 7 de setembro de 2014

Paulo Garcia, o pior prefeito da história de Goiânia, tem 82,3% de rejeição



Paulo Garcia

O pior prefeito da história de Goiânia, Paulo Garcia, tem a pior avaliação da história da capital

Os goianienses estão insatisfeitos com a administração municipal. É o que mostra a última pesquisa Veritá, encomendada pela TV Record e pelo jornal eletrônico A Redação, que avaliou a gestão do prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT). De acordo com o levantamento, o petista tem a administração classificada como “péssima” para 52,8% dos entrevistados, enquanto 14,6% a consideram “ruim”. A gestão é “boa” para 8,1%. Apenas 0,4% classificam a administração do petista como “ótima”.
Quando questionados se aprovam ou desaprovam a maneira como Paulo Garcia conduz a administração municipal, 82,3% dos entrevistados disseram que “não aprovam” a gestão do prefeito. O índice de aprovação do petista é de 15%.
O Instituto Veritá ouviu a população entre os dias 1º e 4 de setembro. A margem de erro é de 2,09 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob protocolo 00107/2014.
Crise
O alto índice de reprovação da gestão de Paulo Garcia em Goiânia reflete o delicado momento da administração municipal. Dificuldades financeiras evidenciadas desde o início deste ano, greves de professores e de servidores da saúde, problemas com a coleta do lixo e reposição de lâmpadas nas vias públicas, denúncias de supersalários na Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e dificuldades para fechar a folha do funcionalismo público são alguns dos principais gargalos que o petista ainda não conseguiu superar.
As dificuldades de Paulo Garcia também podem ser vistas em sua equipe. Só neste ano, a Secretaria de Finanças, por exemplo, já teve dois secretários: Cairo Peixoto, que ocupou a pasta por apenas três meses, e o atual titular, Jeovalter Corrêa.
Avaliação da gestão de Paulo Garcia na Prefeitura de Goiânia
Péssima 52,8%
Ruim 14,6%
Regular negativo 14,8%
Regular positivo 6,5%
Bom 8,1%
Ótimo 0,4%
Não responderam 2,7%
Aprovação do prefeito Garcia
Reprovam 82,3%
Aprovam 15%
Não responderam 2,7
Fonte: Diário da Manhã