domingo, 5 de outubro de 2014

Campanha de Marconi foi alto astral, diz o Diário da Manhã. O mesmo não se pode dizer de Iris, Vanderlan e Gomide



astral-620x450
A campanha chegou ao fim e o astral, se é baixo para os candidatos de oposição, é muito alto para o governador Marconi Perillo. Enquanto Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide não têm muito a comemorar, Marconi chegou ao dia da eleição liderando com folga todas as pesquisas, com o indicativo de que vai liquidar a fatura já no primeiro turno.
A afirmação está em reportagem publicada neste domingo pelo Diário da Manhã, que registra um clima pesado na reta final para as campanhas dos candidatos oposicionistas, enquanto “os últimos eventos de Marconi mostram claramente que a campanha tucana explodiu em cores e alegria em todo o Estado”.
Diário da Manhã assinala 3 pontos positivos da campanha de Marconi:
1)   Enfrentando a artilharia pesada da oposição, Marconi usou apenas uma arma para fulminar os adversários: a alegria. O tucano não fez o jogo da baixaria dos adversários que atacaram o tempo todo, inclusive se unindo nos debates promovidos pelo Grupo Jaime Câmara para fustigá-lo.
2)   Em comum, os três abriram fogo contra Marconi, fazendo uma campanha de difamação que jamais se viu antes em Goiás. Não funcionou e, mais grave, os estilhaços se voltaram contra eles mesmos: não subiram nas pesquisas.
3)   Marconi fez uma campanha limpa e propositiva. Aproveitou o tempo do rádio e da televisão, as entrevistas e os debates para falar sobre o que fez e o que pretende fazer se for reeleito. Não atacou ninguém.