terça-feira, 14 de outubro de 2014

Preso traficante que fornecia explosivos para ladrões de caixas eletrônicos



explode
Áulus Rincon
Condenado por tráfico de drogas e foragido da Justiça, Edvaldo Nunes Dias, 43 foi preso por agentes do Grupo Anti Roubos a Bancos da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) acusado de fornecer explosivos para criminosos que explodem caixas eletrônicos. No apartamento dele, os policiais apreenderam 1,5 quilos de dinamite e um rolo grande de cordel detonante, que é usado para acionar os explosivos.
Investigado há três meses, Edvaldo foi localizado pelos policiais da Deic no apartamento onde reside em um condomínio fechado no parque Real em Aparecida de Goiânia. Ao ser abordado, ele apresentou documento falso aos agentes, que com um mandato de prisão em mãos logo descobriram a farsa.
explode1
Autuado em flagrante por crimes falsidade ideológica e posse ilegal de explosivos, Edvaldo Nunes permaneceu em silêncio durante o interrogatório. Durante as investigações, o delegado Alex Vasconcelos, chefe do GAS da Deic descobriu que ele forneceu explosivos para uma quadrilha que no mês passado explodiu um caixa eletrônico em Brazabrantes e que foi presa logo após o crime. A polícia investiga agora como Edvaldo Nunes tem acesso aos explosivos e para quais outros criminosos ele teria vendido bananas de dinamite.