quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Borracheiro morre esmagado por caminhão ao trocar pneu, em Goiânia

a_2
Um borracheiro da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), de 51 anos, morreu ao trocar o pneu de um caminhão de lixo na noite de terça-feira (9), no pátio da empresa, no Setor Vila Aurora. Colegas de trabalho relataram que o macaco escorregou e o veículo caiu sobre a vítima. Aloízio Ribeiro da Silva não resistiu ao ferimento.
Peritos da Polícia Técnico-Científica estiveram no local para apurar as causas do acidente. De acordo com testemunhas, o caminhão estava carregado de lixo. No entanto, segundo o assessor da Comurg, João Raimundo de Oliveira, o veículo estava vazio. Ele informou ainda que o macaco tinha capacidade para suportar 15 toneladas e o caminhão pesa pouco mais de 5 toneladas.
“Mesmo com carga, o caminhão pesa 7,3 toneladas. Então, há uma reserva na capacidade do macaco muito grande”, informou o representante da Comurg.
A Comurg informou que lamenta o ocorrido e está prestando o devido apoio à família do funcionário. De acordo com João Oliveira, as causas do acidente serão apuradas.
O auxiliar de encarregado da Comurg Werbeth Santos afirma que o amigo trabalhava há cinco anos na companhia e, há dois dias, tinha mudado o horário de trabalho para o período noturno. Ele conta queAloísio era muito esforçado.
“É como se fosse um irmão para mim. A gente já viajou várias vezes juntos, ele ia na minha casa, a gente para o serviço juntos. Eu estou até agora sem acreditar nisso, é uma perda muito grande. Era uma pessoa muito alegre, humilde, trabalhadora”, disse.