sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Blogueiro americano ateu é assassinado em Bangladesh



bangladeshmortoblogueirotwitter
AFP – Um blogueiro americano de origem bengalesa foi assassinado na quinta-feira com golpes de machado em Dacca, depois de receber, segundo a família, várias ameaças de islamitas.
Avijit Roy, de nacionalidade americana, era ateu e fundador do blog Mukto-Mona (livre pensamento) e um fervoroso promotor do laicismo no país, onde 90% dos 160 milhões de habitantes são muçulmanos.
Sua mulher ficou ferida no ataque cometido em plena rua por dois agressores não identificados. “Ele faleceu quando era levado para o hospital. Ela ficou gravemente ferida e perdeu um dedo”, afirmou Sirajul Islam, chefe da polícia local.
O casal retornava em um riquixá de uma feira do livro quando os dois homens atacaram e arrastaram as vítimas para as calçadas, antes dos golpes de machado.
Roy é o segundo blogueiro de Bangladesh morto em dois anos e este foi o quarto ataque contra um escritor desde 2004.
Organizações islamitas extremistas exigem a execução pública de blogueiros ateus e a aprovação de leis que proíbam qualquer crítica ao islã.
O pai do blogueiro afirmou que ele havia recebido muitas ameaças por e-mail e nas redes sociais por seus textos.
“Era um humanista laico que escreveu uma dezena de livros”, afirmou Ajoy Roy àAFP.
Entre os livros escritos por Avijit Roy estava “Biswasher Virus” (O Vírus da Fé).
Em 2013, o blogueiro ateu Ahmed Rajib Haider também foi assassinado em circunstâncias similares.
Desde então, grupos islamitas acusaram outros blogueiros militantes de blasfêmia.
Como reação, o governo laico da primeira-ministra Sheikh Hasina prendeu alguns blogueiros e bloqueou suas páginas, ao mesmo tempo que anunciou medidas para aumentar sua proteção.