segunda-feira, 9 de março de 2015

“Cala a boca, imbecil”: Dilma é criticada no Twitter

dilmatwitterpronunciamento

O pronunciamento oficial da presidente Dilma Rousseff, feito em cadeia nacional de rádio e TV, na noite deste domingo (08), foi motivo de panelaço, gritos de “Fora Dilma” pelas ruas e diversas críticas nas redes sociais.
A presidente começou a falar por volta das 20h40, citando o Dia Internacional da Mulher. Em contraponto, nas redes sociais, ela foi chamada de “vagabunda” e outros xingamentos por diversos internautas. Algumas celebridades também se pronunciaram contra a petista.
cala
“Como fala mentira e merda cala a boca imbecil” e “ela está precisando de um marido”, disse o narrador esportivo Silvio Luiz, em seu perfil no Twitter. “Fora Dilma. Não acredito em você, nem no Lula, muito menos no PT“, afirmou o produtor musicalRick Bonadio. “Fora @dilmabr , fora Pt !!!”, escreveu o piloto Thiago Camilo.
rick
A presidente citou a crise econômica internacional, a crise climática e anunciou que vai sancionar, nesta segunda-feira (09) a lei do feminicídio.
silvio
Sobre o escândalo de corrupção que envolve a Petrobras, Dilma defendeu as investigações contra os envolvidos. “O Brasil tem aprendido a praticar a justiça social em favor dos mais pobres, como também aplicar duramente a mão da justiça contra os corruptos”, declarou. “É isso, por exemplo, que vem acontecendo na apuração ampla, livre e rigorosa nos episódios lamentáveis contra a Petrobras“, afirmou.
romeu
“Sanciona o ROUBOMICÍDIO sua mala sem alça!”, escreveu o político Romeu Tuma Junior (PTC), filho do ex-senador Romeu Tuma. “Como a crise de 29 acabou e São Pedro lhe contou que a seca é temporária, Dilma podia ter dito que seu desgoverno temporário acaba já já”, disse o jornalista José Nêumanne Pinto.
marcelo
Alguns internautas publicaram vídeos mostrando o panelaço que aconteceu em seus bairros, durante o pronunciamento da presidente. Nas imagens, é possível ouvir o som de buzinas, gritos e casas com as luzes piscando em apoio ao protesto.


Está programada para o próximo domingo (15) um protesto contra a presidente. Os envolvidos prometem sair às ruas para pedir o impeachment de Dilma.

Dilma é vaiada nas ruas de ao menos 4 capitais durante pronunciamento

A presidente Dilma Rousseff foi vaiada nas ruas de ao menos cinco capitais durante pronunciamento de rádio e TV neste domingo (8), por ocasião do Dia Internacional da Mulher.
Durante a fala, motoristas fizeram buzinaços em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Curitiba.
Em São Paulo, nas janelas dos prédios, moradores batiam panelas, xingavam a presidente, enquanto piscavam as luzes dos apartamentos. No bairro de Pinheiros, zona oeste, as buzinas e gritos da “Fora, Dilma!” e “Fora, PT!” começaram assim que foi ao ar o pronunciamento, e duraram até três minutos depois do final da transmissão. As pessoas gritavam das janelas dos prédios, principalmente, mas também de dentro dos carros.
No Rio, gritos e vaias durante o pronunciamento da presidente foram ouvidos em diversos bairros, como Copacabana, Leme (na zona sul), Méier, Tijuca (bairros de classe média da zona norte), Santa Teresa (centro) e Barra da Tijuca, bairro nobre da zona oeste. Em alguns locais, segundo relato de moradores, pessoas saíram às janelas batendo panelas e motoristas que estavam nas ruas buzinavam durante o discurso de Dilma na TV. Na Barra, os protesto foi mais intenso e, em vários prédios e condomínios, moradores se manifestaram contra a presidente.
Em sua fala, Dilma chamou o ajuste fiscal em curso de “travessia”. Negou que irá “trair” a classe média e os trabalhadores, mas anunciou que todos pagarão pelas medidas. “Absorvemos a carga negativa até onde podíamos e agora temos de dividir parte deste esforço com todos os setores da sociedade”.
Confira o protesto dos internautas contra a presidente Dilma: