sexta-feira, 27 de março de 2015

Marconi Perillo lança novos serviços do Ipasgo



images-cms-image-000425528
O governador Marconi Perillo anunciou nesta quinta-feira, no Ipasgo, um conjunto de medidas para melhorar ainda mais o atendimento dos usuários do instituto. Foi anunciado o reajuste de 50% dos honorários das consultas médicas para os profissionais que aderiram ao sistema de tele-agendamento. Pela central passam cerca de 40% das consultas médicas agendadas pelos usuários do plano.
O governador também determinou a equiparação das tabelas de honorários pagos a profissionais que atuam nas áreas do Ipasgo Saúde Básico (enfermaria) e Ipasgo Saúde Especial (apartamento). Outro serviço lançado hoje diz respeito à saúde da mulher, com a inauguração de uma unidade móvel, montada em sobre uma carreta, para realização de exames de mamografia, ultrassom, indispensáveis para detecção do câncer de mama e de útero.
Marconi ressaltou que o Ipasgo é hoje um dos maiores planos de assistência do País, o maior do Centro-Oeste, com mais de 600 mil usuários. Destacou também que o plano mantém convênio ativo com 100 municípios. “Se as prefeituras procuram o Ipasgo, é porque confiam no Ipasgo”, disse.
O presidente do IpasgoFrancisco Taveira Neto, explicou que as ações fazem parte do esforço da atual gestão de alcançar a excelência no atendimento aos usuários. E só foram possíveis por causa do equilíbrio financeiro conseguido nos últimos anos. “As economias estão sendo investidas integralmente nas melhorais para os usuários”, observou. Segundo ele, novidades estão por vir, com a conclusão das obras de construção do Hospital do Servidor Público e do Centro de Especialidades Médicas.
Ipasgo conta hoje com 602 mil usuários, se constituindo na maior estrutura de assistência à saúde da Região Centro-Oeste. É também a segunda autarquia do gênero no Brasil, atrás apenas da sua congênere de São Paulo. Para fazer o atendimento em Medicina, Odontologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Nutrição, o Institutoconta com cerca de 4,5 mil credenciados, entre pessoas físicas e jurídicas.
Por meio de convênios, parcerias e projetos, o Ipasgo mantém vários serviços próprios, como a Central de Saúde Preventiva, atendimento em odontologia, Pronto Atendimento Pediátrico e serviços próprios de quimioterapia e diagnósticos por imagem.
Entre os maiores avanços recentes para os usuários, está a eliminação da coparticipação para o tratamento de câncer, que consumia a economia de diversas famílias de servidores públicos.
Ipasgo se mantém exclusivamente com as contribuições de servidores públicos, seus familiares e agregados, contando com o repasse do Tesouro Estadual apenas para a assistência prestada em casos específicos, onde o Ipasgo não recebe a devida remuneração. São os casos, por exemplo, da assistência aos radioacidentados doCésio-137 e dos servidores atendidos pelo PAS.
Hoje, o instituto arrecada cerca de R$ 80 milhões mensais e reverte 96% desses recursos para o pagamento por serviços prestados. O restante é aplicado na melhoria do atendimento e no pagamento das despesas administrativas.