terça-feira, 7 de abril de 2015

Marconi Perillo quer a criação da Câmara de Comércio Brasil-Portugal

Marconi quer Caãmara de Comércio Brasil-Portugal

Governador de Goiás encerra missão oficial em Portugal muito otimista quanto a parcerias

O governador Marconi Perillo encerrou nesta terça-feira a missão do Governo de Goiás em Lisboa firmando compromisso de implantar em Goiás uma Câmara de Comércio Brasil-Portugal, que seja voltada para importação, exportação e parcerias entre goianos e portugueses.
O acerto foi feito com o deputado português João Rebelo, que é líder do grupo parlamentar de amizade com o Brasil. Rabelo e Marconi chegaram à conclusão de que serão necessárias iniciativas práticas para vencer barreiras que consideram inexplicáveis para o comércio os dois países.
A visita ao Parlamento foi o último compromisso de Marconi em Lisboa, já que a agenda foi antecipada para que o Governador receba em Goiânia, na próxima sexta feira, a reunião do Conselho Fazendário Nacional, com a presença do Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, onde espera que sejam convalidados os incentivos fiscais já estabelecidos pelo Governo Goiano.
Foi com informações sobre incentivos e sobre o forte crescimento do Estado que o governador Marconi Perillo conseguiu impressionar os portugueses a ponto de receber do vice primeiro ministro de Portugal, Paulo Portas, a notícia de que organizará em julho uma missão oficial ao Estado de Goiás na companhia de empresários e investidores portugueses que apoiam a proposta de intensificar relações com os estados brasileiros. Portas foi o principal incentivador da visita do governador a Lisboa onde defende uma retomada agressiva das relações entre os dois países.
Empresários
O governador saiu do encontro animado para falar a cerca de 50 empresários portugueses que o aguardavam na Federação Industrial Portuguesa para palestra sobre como investir em Goiás. Marconi mostrou dados sobre o crescimento do PIB, da produção agrícola e industrial, das exportações e da renda per capita dos goianos. Foi uma hora de palestra e duas de perguntas e debates. Todos interessados em começar ou ampliar negócios com Goiás.