domingo, 19 de abril de 2015

Menor suspeito de balear garoto é reconhecido por 5 vítimas de assalto



bairro
O adolescente de 13 anos, apontado pela polícia como autor do disparo que atingiu um garoto espanhol, de 11, quando ia para a escola, é suspeito de praticar outros atos infracionais análogos a roubo no Setor Jardim Curitiba, em Goiânia. Segundo informou o comandante de Policiamento da Capital, tenente-coronel Divino Alves, pelo menos mais cinco pessoas vítimas de assalto o reconheceram. O menor segue foragido. Já a vítima continua hospitalizada.
A tentativa de assalto contra o garoto espanhol ocorreu na quinta-feira (16). Ele caminhava para o Colégio da Polícia Militar de Goiás Ayrton Senna, onde estuda, quando foi abordado a uma quadra da escola. O suspeito, que já tem duas passagens por ato infracional análogo a roubo, pediu que ele entregasse o celular.
“Como meu filho não tem [celular], o bandido atirou nele e fugiu”, contou o pai do menino, um empresário brasileiro que não quis se identificar.
A bala que o atingiu entrou pelo lado esquerdo do abdômen e perfurou estômago, fígado e baço, que segundo o pai, teve de ser retirado. O projétil ainda atingiu o braço do menino. Ele segue internado em estado regular no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).
Além da vítima, que nasceu em Barcelona, a mãe dele também é espanhola. A família morava na Europa, mas resolveu se mudar para oBrasil há três anos em virtude da “crise econômica”. No entanto, o pai do menino afirmou que eles vão voltar para a Espanha. “Depois do que aconteceu, pretendemos voltar. Não dá para viver aqui assim”, lamenta.
Fonte: G1 Goiás