sexta-feira, 10 de abril de 2015

Operação Lava Jato: ex-deputado do PT é preso pela Polícia Federal



André Vargas

Três ex-deputados estão entre as novas prisões da Operação lava Jato

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a 11ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “A Origem“. Os ex-deputados federais André Vargas (ex-PT-PR) e Luiz Argôlo (SD-BA) estão entre os detidos, de acordo com a TV Globo. Assessores dos dois políticos também foram detidos.
Cerca de oitenta policiais federais foram mobilizados para cumprir 32 mandados da Justiça Federal no Paraná: sete de prisão, nove de condução coercitiva e dezesseis de busca e apreensão no Paraná, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. 
Intitulada “A origem”, a nova etapa da Lava Jato tem ações em andamento nos Estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Ceará e no Distrito Federal. A fase tem como foco crimes relacionados a três grupos de ex-agentes políticos após o envio de inquéritos que estavam no STF (Supremo Tribunal Federal).
Os três ex-deputados detidos são: André Vargas (ex-PT-PR), Luiz Argôlo (ex-PP e hoje Solidariedade-BA) e Pedro Corrêa (PP-PE).Também foram detidos Leon Vargas, irmão de André Vargas, Elia Santos da Hora, secretária de Argôlo, Ivan Torres, apontado como laranja de Corrêa, e Ricardo Hofman, diretor de agência de publicidade. Também são alvo da nova etapa outros órgãos federais além da Petrobras.
Fonte: Veja, Folha de São Paulo e TV Globo