segunda-feira, 4 de maio de 2015

PM identifica ladrões e impede arrastão após decisão no Serra



A equipe do CPU do Batalhão de Recobrimento e Operações, ROPE, composta pelo subtenente Negrão e soldado Nielsen, realizava a escolta da torcida do Goiás Esporte Clube, quando percebeu que um grupo de quatro torcedores se afastou intencionalmente.
Percebendo claramente que havia algo de errado, os policiais solicitaram apoio de outras equipes, compostas pelo cabo Wilson e soldados Elias, Kaysson, Leonardo e Bruno, realizando a abordagem policial. Durante as buscas pessoais foram encontradas duas armas de fogo sendo um revólver e uma pistola.
Ao checar os antecedentes criminais descobriu-se que todos os quatro criminosos já respondiam judicialmente pelos crimes de roubo e tráfico de drogas. Um dos presos confessou aos policiais militares que a quadrilha realizaria um arrastão, com a intenção de promover diversos roubos após o jogo.

Diante dos fatos, todos foram conduzidos ao 1º Distrito Policial de Goiânia onde o delegado de plantão realizou todos os procedimentos legais. Mais uma vez os goianienses puderam participar de um grande evento na capital, tendo a plena certeza do comprometimento da Polícia Militar em promover uma segurança pública de qualidade, voltada para o bem-estar do cidadão de bem.