domingo, 14 de junho de 2015

Demóstenes Torres acredita que poderá disputar mandato de prefeito e até de governador

O senador Demóstenes Torres confidenciou a dois amigos, na última semana, que deverá ser absolvido pela Justiça de todas acusações e poderá disputar a Prefeitura de Goiânia em 2016 ou o governo de Goiás em 2018.
Ao sair da toca, atacando o senador Ronaldo Caiado com uma volúpia inesperada, Demóstenes Torres sugeriu que está mesmo de olho na disputa de 2018.
Perfil
Nascido em Anicuns, um município no interior goiano, Demóstenes Torres formou-se em Direito pelaPontifícia Universidade Católica de Goiás e é integrante concursado do Ministério Público de Goiásdesde 1983. Foi Procurador-Geral do órgão antes de ocupar o cargo de Secretário de Segurança Pública, entre 1999 a 2002, no governo de Marconi Perillo.
Filiado ao DEM, foi eleito senador da República em 2002 com 1 239 352 votos. Concorreu ao governo de Goiás em 2006 mas obteve apenas 3,5% dos votos, ocupando a quarta posição. Ocupou o cargo de presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, a mais importanteComissão da Casa.
Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.
Como presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Demóstenes Torres participou do I Congresso Mestiço Brasileiro, promovido pelo Nação Mestiça em Manaus, capital doAmazonas, em 20 de junho de 2011, onde discutiu temas como o Estatuto da Igualdade Racial e o sistema de cotas em universidades públicas.
Assumiu em março de 2011 a liderança da bancada do Democratas no Senado, substituindo José Agripino Maia. Em 13 de julho de 2013 Demóstenes casou-se com a advogada Flávia Gonçalves Coelho.
Foi cassado pelo Senado Federal no dia 11 de julho de 2012 acusado de ligação com o bicheiroCarlinhos Cachoeira. Com isso, o ex-senador ficará inelegível até o ano de 2027, mas pretende recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal).
Desde o dia 20 de julho de 2012, Demóstenes reassumiu o cargo de procurador no Ministério Público de Goiás.