quarta-feira, 17 de junho de 2015

Deputado Jean Wyllys nega que tenha apresentado projeto para alterar a Bíblia


O deputado federal (PSOL-RJ), jornalista e professor universitário, Jean Wyllys, nega veementemente que tenha apresentado qualquer proposta de emenda à constituição para alterar a Bíblia Sagrada.  O deputado rechaça a informação que ganhou as redes sociais dando conta de que ele teria proposto umaEmenda à Bíblia para retirar trechos considerados homofóbicos dos textos sagrados. Jean Wyllysdisse que até frases que foram publicadas como suas em defesa do projeto de alterar a Bíblia são uma grande farsa, invenção total de pessoas que ficam o tempo todo criando boatos em redes sociais. O deputado carioca garante que nunca pensou em um projeto como este e que a frase atribuída a ele defendendo o tal o projeto é uma grande mentira. A frase que Jean Wyllys desmente como sua seria esta: “Desde o início eu sabia das reações que os setores fundamentalistas iriam protagonizar. Mas vejam vocês que até mesmo do livro do Monteiro Lobato foi extraído um trecho racista, por qual motivo não podemos fazer o mesmo com a Bíblia?”
A assessoria de Jean Wyllys disse que já sabe de onde surgiu o boato, mas que o deputado não pretende levar o assunto à frente. Apenas esclarece que a notícia falsa surgiu de uma publicação no blog humorístico Joselito Muller e logo se espalhou – como se fosse real – em sites e blogs evangélicos, como o Grito de Alerta, o Revista Gospel e o Portal Proeves. O humorista Joselito Muller é conhecido por inventar notícias como aquela que dizia que Suzane Richthofen iria apresentar um programa infantil na Rede Globo, ou a que afirmava que o Ministério da Cultura teria gastado 4 milhões para criar o Memorial do Funk ou a que o Senado teria aprovado a criação da Bolsa Prostituição. No próprio blog do Joselito Muller há textos avisando que nada do que é publicado lá deve ser levado a sério. Coisa que muita gente não faz.
Jean Wyllys, homossexual e defensor da causa LGBT, tem ao longo de sua carreira política protagonizado “batalhas” gigantescas com a chamada Frente Parlamentar Evangélica na Câmara Federal. Tudo por causa da sua luta contra a homofobia, ou segundo dizem os religiosos, por causa da cristofobia. Jean Wyllys que já chamou os cristãos evangélicos de doentes, que já defendeu que a Bíblia não pode ser levada a sério ao pé da letra, que o livro sagrado dos cristãos faz apologia à homofobia, ao racismo, à escravidão e assassinatos, é sem sombra de dúvidas, o personagem mais combatido pelo segmento religioso na política brasileira. A polêmica com os cristãos parece fazer bem ao deputado carioca que sabe muito bem usar politicamente esse barulho todo. Todavia, na questão da lei para alterar a Bíblia o deputado carioca faz questão de negar.
Postagem de Jean Wyllys no Facebook negando que tenha apresentado projeto para alterar a Bíblia!
Captura de Tela 2015-06-17 às 08.11.57
Deputado Jean Wyllys nega que tenha apresentado projeto para alterar a Bíblia sagrada