segunda-feira, 8 de junho de 2015

Joseph Blatter é pegador. Ex-presidente da FIFA pegou ex-de Cristiano Ronaldo

Joseph Blatter não é apenas um dirigente do futebol mundial com grande poder sobre os assuntos do futebol durante décadas. O ex-presidente da Fifa, reeleito por cinco vezes, se mostra também como um “pegador” de moças jovens, bonitas, famosas e que tenham envolvimento com astros do futebol. Blatter agora é apontado como aquele que pegou a ex-namorada do astro Cristiano Ronaldo.
O jornal argentino Clarín  publicou uma matéria sobre a vida amorosa do ex-presidente da Fifa. “Joseph Blatter não só gera controvérsia por seus negócios na frente da Fifa e dos escândalos de corrupção que estouraram ao longo da última semana, a ponto de forçá-lo a deixar o órgão que comanda o futebol mundial. O suíço também se tornou famoso pela longa lista de mulheres com as quais manteve romances, muitas delas bem mais jovens do que o homem de 79 anos. Recentemente, soube-se que o cartola teve um caso com a modelo Irina Shayk, ex-namorada de Cristiano Ronaldo“.
Como observado pelo jornal espanhol El Mundo, que não especificou a data, Irina teve um caso com Blatter antes do suíço começar a namorar sua parceira atual, Linda Barras, uma suíça de origem armênia de 51 anos que o acompanhou na festa de Gala da Fifa em janeiro e que já foi casada com um milionário suíço, que poucos dias depois do evento contou que eles já estavam separados há algum tempo. Irina Shayk e Cristiano Ronaldo namoraram durante cinco anos, até o início de 2015.
Mas Irina foi apenas uma de várias na longa lista das mulheres de Blatter, que inclui três casamentos, dois dos quais terminaram em divórcio (ele ficou viúvo no segundo). Os jornais espanhóis dizem que, sem dúvida, o amor de sua vida é sua filha Corinne, de seu primeiro casamento, com Liliane Biner.
A última vez que Blatter se casou foi em 2004, com a adestradora de golfinhos Graziella Bianca, mas não durou até o fim do ano. O ex-presidente da Fifa também namorou durante dez anos a polonesa Ilona Boguska.
“Seu sucesso com as mulheres tem a ver com seu jeito sedutor, de quem sabe como abordar e calcular”, disse o jornalista Bruno Affentrager, editor e autor do livro “Sepp, o rei do futebol mundial”. “Ele está sempre fazendo piadas, que muitas vezes só ele entende, e acho que isso é uma tática para testar seu interlocutor. Mas, quando se trata de mulheres, ele não procura exatamente mentes brilhantes. O que lhe interessa, sobretudo, é o brilho” conclui.