terça-feira, 21 de julho de 2015

Mulher guarda corpo da mãe por 4 meses para não perder aposentadoria


Silvana Aquino- Em Bauru, interior de São Paulo, uma mulher é acusada de manter a mãe morta por quatro meses, em casa.A policia acredita que Alzira Costa Cruz, de 56 anos recebia a aposentadoria da mãe, e dinheiro que era enviado a ela.
Natalina Costa da Cruz, 84 anos, era conhecida no bairro por ser participativa das atividades que acontecem no bairro. Os vizinhos perceberam a ausência da idosa que morava sozinha. Alzira dizia que a mãe estava na casa do irmão. Mas o homem que não via a mãe, há dois anos.
Os médicos que cuidavam da mulher, notaram que ela não comparecia ao consultório, e resolveram ir até a casa dela,  lá encontraram o corpo dela em estado de mumificação.
De acordo com o delegado, o quarto estava todo lacrado de forma que o mau cheiro não se espalhasse para o restante do imóvel. A polícia solicitou um laudo para saber se houve algum tipo de agressão que pode ter causado a morte e um exame toxicológico que deve indicar se houve envenenamento. A suspeita foi indiciada por ocultação de cadáver.
Depois de prestar depoimento, a filha fugiu.