segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Deputado Goiano vai convocar Lula para depor na CPI do BNDES


deputado federal Alexandre Baldy (PSDB-GO) informou que irá protocolar nesta segunda-feira (31) requerimento na CPI do BNDES para convocar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente da Odebrecht Alexandrino Alencar. O objetivo, segundo nota divulgada nas redes sociais, é o esclarecimento sobre suposto tráfico de influência de Lula para favorecer a empreiteira em Cuba.
“Vou apresentar requerimento para ouvir Lula, na CPI do BNDES sobre os fatos que a Revista Época revelou na edição de hoje (domingo). O BNDES usou centenas de milhões de dólares nas obras do Porto de Mariel, tocadas pela Odebrecht. Esse investimento foi feito com dinheiro público e se há indícios de irregularidades, a CPI deve e vai averiguar!”, publicou o deputado no Facebook. 
Baldy afirma que também vai protocolar na CPI requerimento para ouvir Alexandrino Alencar, ex-lobista da Odebrecht e amigo do ex-presidente. Alexandrino costumava acompanhar Lula em viagens internacionais nas quais Lula defendia os interesses da construtora. A Odebrecht bancava as despesas do ex-presidente nessas viagens.
A reportagem desta semana da Revista ÉPOCA, segundo o deputado, reforça a necessidade de que o ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e atual governador de Minas Gerais,Fernando Pimentel, compareça à CPI. Isso porque Pimentel foi presidente do Conselho de Administração do BNDES, tendo interferência nas diretrizes do banco, e esteve em Cuba, em 2013, para garantir ao governo cubano que os repasses do banco seriam realizados.