quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Lobão ‘trucida’ Lula e pede a sua prisão: ‘É um psicopata, traidor da pátria, criminoso, enganador, canalha’; veja vídeo!


Um vídeo que circula nas redes sociais expõe um trecho de entrevista que o músico Lobão esclarece por que é contra o PT e qual é a sua posição política. Lobão aborda, ainda, o ex-presidente Lula, criticando-o severamente, além de comentar a política brasileira hodiema. Assista:

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Mãe é presa após aparecer torturando o filho em vídeo nas redes sociais


O Dia – Uma mulher que aparecia em um vídeo tentando estrangular o próprio filho foi presa no final da noite desta segunda-feira (28). O caso ocorreu em Curitiba, no Paraná. A jovem Thays Caroline Chaves, de 21 anos, foi até o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucri), depois que as imagens viralizaram na rede.
A vítima, uma criança de 2 anos, foi levada para um abrigo provisório e, segundo informações, a avó materna entrará com o pedido de guarda do menino.
Em depoimento para a polícia, a acusada confirmou as imagens do vídeo e alegou problemas de saúde. Ela foi transferida para o Complexo Médico-Penal do Paraná (CMP). O pai do menino, Paulo Braz e os familiares da criança também prestaram depoimento.
Segundo uma TV Local, Paulo relatou que Thays estaria ameaçando matar a criança, caso eles não reatassem o relacionamento. O pai estava com o filho no último sábado, quando Thays levou o filho à força acompanhada de dois homens.
O vídeo abaixo possui imagens fortes:
A defesa da jovem nega que sua cliente tenha torturado a criança e diz que por conta do vídeo, Thaysestá sofrendo muito com a repercussão do caso. Segundo o advogado, a busca pelos responsáveis pela divulgação do vídeo que começou a circular no fim da noite de domingo já foi iniciada.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Paulo Garcia acusa o golpe da crise de sua administração e corta vários benefícios dos servidores


Licença prêmio, horas extras e adicional noturno estão proibidos pelo prefeito de Goiânia

A crise que o PT e o PMDB instalaram em Goiânia explodiu de vez neste final de 2015. As administrações de Iris Rezende e Paulo Garcia afundaram de vez as finanças da capital, e olha que o povo não vê há muitos anos nenhuma obra de vulto que pudesse justificar o caos financeiro. APrefeitura de Goiânia acusa o golpe e escancara a sua situação que a população já percebe nas ruas como caótica. O prefeito Paulo Garcia acaba de publicar no Diário Oficial do município um decreto estabelecendo uma série de medidas que visam conter a crise.
Paulo Garcia decidiu entre outras medidas cortar vários benefícios dos trabalhadores municipais. Licença prêmio por interesse particular, horas extras, adicional extraordinário e noturno foram alguns dos cortes anunciados pelo prefeito de Goiânia. O parcelamento do 13º salário na Prefeitura de Goiânia também foi definido que será em duas vezes. Paulo Garcia cortou também todos os gastos com telefones móveis pós-pagos. Apenas o prefeito, o vice e secretários terão direito a celulares.
Cursos, nomeações e contratações também estão proibidas. Paulo Garcia enfrenta muitas dificuldades à frente de Prefeitura de Goiânia, principalmente com a falta de recursos federais para aa realização de obras prometidas na campanha eleitoral. Paulo amarga o título de pior prefeito da história de Goiânia. Tanto é, que recentemente o INTELLIGENCE PESQUISA mostrou que apenas 2,6% da população de Goiânia aprovam a administração do petista.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Mãe estrangula filho em Curitiba e filma; CENAS FORTES!


Thalita Aquino – Um vídeo, gravado por uma “mãe” (se é que se pode chama-la assim) e que circula noWhatsApp desde domingo (27), mostra a crueldade que fez com o próprio filho, de 2 anos, na cidade de Campo de Santana, em Curitiba. Segundo informações, ainda não confirmadas pela polícia, a mãe monstro teria sequestrado o filho, que mora com o pai, após entrar na casa do ex com dois homens armados. Depois de levar o garoto, a mulher fez um vídeo estrangulando o menino, que chega a pedir socorro para ela mesma. “Mamãe, mamãe”, esboça gritar o garoto, que sequer consegue falar e tem até ânsia devido ao estrangulamento. A mãe monstro está desaparecida, e qualquer informação sobre ela, pode ser feita pelo 3270-3370.
VEJA O VÍDEO, CENAS FORTES!:

domingo, 27 de dezembro de 2015

Chico Buarque se irrita com o sucesso da paródia O Bando. Assista agora!

O Músico, cantor, compositor e escritor Chico Buarque de Holanda, que andava sumido da mídia em termos artísticos reapareceu meteoricamente depois de se envolver num bate boca de bêbados numa madrugada carioca à porta de um dos restaurantes mais chiques da cidade maravilhosa. O show dos mamados no bairro Leblon, na cidade do Rio, girou em torno de política, ou seria melhor dizer politicalha? Chico tem se prestado ao ridículo papel de ferrenho defensor dos governos do PT, independentemente dos recordes de corrupção e descaso com o dinheiro público que estes governos petistas carregam nas costas.
O antigo herói da MPB foi questionado na madrugada por um outro músico, o rapper Túlio Rek, que chegou a chamar Chico de um “grande merda”. O episódio trouxe Chico Buarque de volta à mídia. Principalmente a mídia alienada e compromissada com os desmandos do petismo, que não demorou em tentar construir do episódio dos mamados do Leblon, uma vítima de crueldade, injustiça, fascismo puro. Quem seria a vítima? Ele mesmo! Chico Buarque de Holanda, cuja família tem se beneficiado de milhões e milhões de dinheiro público para projetos “culturais” cheios de dúvidas.
Mais do que a petulância de questionar alguém como Chico Buarque durante a madrugada, a esquerdalha (esquerda canalha) se viu diante de outro fato que da mesma forma, para eles, não passa de uma afronta ao “todo poderoso” da arte e da cultura nacional. A peça em questão é uma paródia da música A Banda, de Chico Buarqueque é de autoria de Filipi Trielli e argumento de Danilo Gentili, e que já está na internet há alguns anos, mas que só agora ganhou força. A paródia tem como título O Bando, e começou por aí a revolta do próprio Chico Buarque. O Artista teria ficado mais que irritado ao tomar conhecimento do sucesso nas redes sociais que a paródia O Bando faz nas mídias sociais. Só no perfil do You Tube, Chinchila, a paródia tem quase 300.000 acessos.  O Bando é uma crítica inteligente ao petismo, ao petralhismo e neste momento especial de vitimização de Chico Buarque, passa a ser também uma sacada para criticar o que poderíamos chamar de “chiquismo” ( a ação de vitimizar Chico Buarque de Holanda).
Assista a paródia O Bando, de autoria de Filipi Trielli!
Confira a letra completa de O Bando!
O BANDO
Estava à toa na classe o professor me chamou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Me encheu de frase de efeito destilando rancor
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
O mensaleiro que contava dinheiro parou
E o blogueiro que levava vantagens pirou
A Namorada que gostava de Beagle
Parou para retocar a maquiagem
O Sakamoto que odiava o sistema curtiu
A Marilena que andava sumida Chauiu
A esquerdalha toda se assanhou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Estava à toa na classe o professor me chamou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Me encheu de frase de efeito destilando rancor
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Não tive saco pra encarar Bakunin nem Foucault
Gosto do Chico e acho que ele é um grande cantor
O Professor falou que a coisa mais bela
Era explodir bomba feito o Marighella
A Marcha rubra se espalhou e a direita não viu
O Paulo Freire virou santo e fudeu com o Brasil
A Faculdade toda se enfeitou
Pra me lobotomizar, me transformar num robô
Eu vi que o capitalismo era feio e cruel
Eu vi que em Cuba era bom e que eu amava o Fidel
Anotei tudo no iPad e pus no computador
Depois eu vou te ensinar porque eu virei professor

sábado, 26 de dezembro de 2015

Ladrões morrem em confronto com a Rotam


Equipe de ROTAM 7223 em patrulhamento pela BR153 próximo ao Hipermercado Carrefour visualizou um veículo HRV cor CINZA, PLACA PRC-2100 produto de roubo do dia 24/12/2015. Ao avistar a viatura o veículo começou a empreender fuga em alta velocidade desobedecendo o sinal de parada.
Foi realizado então o acompanhamento por vários quilômetros e durante esse percurso informado na rede de rádio a direção para ser feito o cerco, momento em que os indivíduos perderam o controle do veículo vindo a colidir em um muro na BR153 com a rua 04 no setor Vila Brasília. Dois indivíduos desceram do referido veículo e evadiram do local efetuando disparos de arma de fogo contra a equipe, houve o revide e os mesmo conseguiram empreender fuga à pé.
Os militares iniciaram o acompanhamento a pé aos dois indivíduos juntamente com o apoio do ROTAM COMANDO, momento em que os mesmos adentraram em um lote na Avenida Bernardo Sayão Quadra 68 A Lote 2 na Vila Brasília. Após alguns minutos de buscas, as equipes foram recebidas a tiros, onde repelindo à injusta agressão, houve o revide e os dois indivíduos foram alvejados.
Foi acionado o socorro, contudo os indivíduos, que portavam um revólver e uma pistola vieram a óbito no local. Nenhum deles portava documentos, não sendo possível a identificação.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Vila confirma renovação de contrato com Márcio Fernandes

Thalita Aquino – O Vila Nova confirmou no início da noite desta quinta-feira (24) a renovação de contrato do técnico Márcio Fernandes para a temporada 2016. O anúncio veio por meio das redes sociais do clube. “É oficial Márcio Fernandes renovou com o Vila Nova e contínua no comando técnico do Tigrão em 2016″, diz a postagem.
O clube e o técnico negociavam a renovação do contrato desde o fim da Série C, em novembro, e só na véspera do Natal a diretoria colorada confirmou o acordo.
O paulista, de 53 anos, foi contratado no dia 25 de fevereiro, assumindo a equipe na 4ª rodada daDivisão de Acesso do Campeonato Goiano, em substituição a Wladimir Araújo.
Nesta temporada o treinador conquistou dois títulos pelo clube: da Divisão de Acesso e da Série C doCampeonato Brasileiro.
Vila Nova apresenta a nova linha de material esportivo e elege a Musa 2016
A diretoria do Vila Nova promoveu no último dia 17, o lançamento da nova linha de material esportivo, que será utilizado na temporada de 2016, com assinatura da fabricante mexicana Rinat. Além disso, Marina Veríssimo foi eleita a Musa do Vila Nova 2016. A vencedora foi escolhida por uma comissão e por sócios-torcedores (veja matéria aqui).

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Wagner Lopes é o técnico do Atlético-GO em 2016


Atlético-GO acertou a contratação de Wagner Lopes para a próxima temporada e o técnico voltará ao clube com o qual fez boa campanha na Série B de 2014. Falta apenas a assinatura do contrato para o Dragão oficializar a contratação. O vínculo ainda não foi assinado porque Wagner, de 46 anos, está vinculado ao Bragantino até 31 de dezembro.
“É um técnico atualizado e de chegada. Se tudo der certo, vai ser um presente de Natal para a torcida”, afirmou o diretor de futebol do Atlético-GO, Adson Batista.
Na sua primeira passagem pelo Dragão, de setembro até o fim de 2014, Wagner acumulou, em 18 jogos, 10 vitórias, 4 empates e 4 derrotas. Brigou pelo acesso, mas o clube terminou em 7º lugar.
A campanha fez o Goiás procurar o treinador, que acertou com o Alviverde em dezembro de 2014 para a temporada 2015. Mas a passagem pelo Esmeraldino durou apenas 15 jogos. Por conta de crise interna, Wagner deixou o clube na liderança do Campeonato Goiano e com 75% de aproveitamento.
Por último, Wagner estava no Bragantino e brigou pelo acesso à elite até o fim da Série B, mas terminou a competição em 6º lugar.
Com informações do O Popular

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Revista Época destaca que OS na educação em Goiás é revolucionário


Modelo que o Governo de Goiás quer para as escolas públicas do estado é destacado como revolucionário. A edição desta semana da revista Época destaca a iniciativa do governador de Goiás,Marconi Perillo (PSDB), de repensar o modelo de gestão da Educação do Estado, transferindo a parte burocrática da administração das escolas para Organizações Sociais. A reportagem, assinada pela jornalista Flávia Yuri Oshima, diz que o modelo deu muito certo em outros países e melhorou o desempenho dos alunos.
A partir de 2016, o governo de Goiás não estará sozinho na administração das 1.160 escolas do Estado. Em parte delas, haverá a ajuda de Organizações Sociais (OS) – entidades privadas sem fins lucrativos contratadas pelo Estado para prestar serviços públicos. Na prática, as escolas passarão a ter administradores profissionais. No modelo das OSs, deixa de ser responsabilidade do diretor da escola o bom funcionamento dos banheiros, dos computadores, da cozinha ou da segurança. Na OS, o diretordedica-se exclusivamente às questões pedagógicas e à relação entre alunos, professores e a comunidade. “A desestatização da educação é inexorável. O Brasil precisa acordar para isso”, dizRicardo Paes de Barros, economista-chefe da Cátedra Instituto Ayrton Senna no Insper, escola de economia e administração de São Paulo.
Os na educação
importância – e a oportunidade – da iniciativa de Goiás é realçada pela polêmica causada  pelo  projeto de reorganização das escolas da rede pública de São Paulo. Faz sentido uma Secretaria de Educação, responsável por mais de 4 milhões de alunos (20,6% dos estudantes do país), como a de São Paulo, ocupar-se ainda com a administração de suprimentos, de segurança, de reparos e obras de mais de 5.500 escolas e com a administração de recursos humanos de 251 mil professores? O mesmo questionamento pode se estender à gestão de todas as demais redes públicas do país.
A experiência de Goiás com as OS começará em 200 escolas do 6o ao 9o ano e de ensino médio. Nelas, haverá uma administração profissional, enquanto a parte pedagógica permanecerá nas mãos do Estado. A princípio, não haverá metas de expansão. Tudo dependerá dos resultados. “Nosso objetivo é fazer tudo com muito cuidado e com o acompanhamento minucioso do dia a dia da escola”, diz Raquel Teixeira, secretária de Educação de Goiás.
A única experiência similar a essa no Brasil ocorreu em Pernambuco. Por dez anos, entre 2001 e 2011, o Estado recorreu ao modelo de OS para estruturar e administrar 20 escolas de ensino médio de período integral. Elas serviram como laboratório de inovações administrativas e pedagógicas. Depois de testá-las, o Estado replicou as práticas mais eficazes por sua rede e encerrou a experiência das OS para não criar ilhas de excelência e aumentar a disparidade na rede pública. Hoje, há 328 escolasintegrais e semi-integrais em Pernambuco.  Em 2001, a taxa de desistência dos estudantes do ensino médio era de 24,5%. Hoje, esse índice é de 3,5%. Nas escolas integrais e semi-integrais, a taxa é deapenas 1,3%.
A experiência que existiu em Pernambuco e existirá em Goiás é novidade no Brasil, mas não no mundo.Estados Unidos, Inglaterra, Chile, Suécia e Portugal estão entre os países com parceria público-privada na educação. Quando bem-sucedido, esse modelo mostra melhora significativa de resultados em comparação com a média das escolas públicas. Os Estados Unidos têm a maior experiência com esse modelo, que lá existe há 22 anos. São 6.400 escolas charter, como são chamadas,  com mais de2,5 milhões de estudantes (leia o artigo na página 78).  Por lá, a maior parte dos casos, a gestão pedagógica também sai das mãos do Estado.
O maior estudo sobre as charters, finalizado neste ano pela Universidade Stanford, na Califórnia, mostra que, em média, os alunos negros e hispânicos têm desempenho superior em matemática e leitura ao de seus colegas da rede pública com a mesma origem. Isso mostra uma vocação das charters americanas: são escolas com grande capacidade de impacto nos grupos sociais em que a estrutura familiar e cultural não costuma ajudar (e pode até prejudicar) o aprendizado.
A vantagem de ter administradores profissionais à frente da gestão das charters é perceptível logo na estrutura das escolas: os prédios são mais bem cuidados, há mais laboratórios e equipamentos para experimentações. A presença de educadores concentrados na tarefa de educar melhora o currículo e a formação dos professores. As aulas tendem a ser mais bem preparadas e com melhor aproveitamento dos recursos da escola.
desafio das charters é aumentar o alcance, sem perder qualidade. Como ilhas de excelência, elas se mostram eficientes. Porém, a expansão da rede costuma trazer problemas. O modelo exigeacompanhamento e regulação estrita. Nos Estados Unidos, o número de escolas charter com resultados superiores aos das escolas públicas comuns caiu à medida que a rede se expandiu. Nas áreas urbanas, o índice de escolas charter cujos alunos têm desempenho superior ao das puramente públicas, em matemática e leitura, caiu de 70% para 43%. Nos últimos anos, houve o fechamento de 200 escolascharter por baixo desempenho. Outro problema é o uso de práticas excludentes, contrárias ao espírito das escolas públicas, para cavar bons resultados. A política de tolerância zero é uma delas. Nas escolas charter, o número de expulsão de alunos é dezenas de vezes superior ao das públicas. Em Chicago, enquanto o percentual de alunos expulsos na rede pública ficou em 0,8%, nas charters elechegou a 54%. As escolas charter também possuem percentuais de estudantes deficientes muito menores que os da escola pública. “O controle pedagógico do Estado, como ocorre nas OS, é uma forma de evitar essas distorções”, diz Patrícia Guedes, do Instituto Itaú Social.
Suécia e Chile trazem lições de outro tipo de cuidado que se deve ter com o modelo de voucher, outro formato de parceria público-privada. Nele, o governo paga a vaga do aluno numa escola particular – como ocorre, no ensino superior, com o ProUni no Brasil. No Chile, as melhores escolas passaram a selecionar os melhores alunos. As escolas públicas viraram, então, o refúgio dos alunos que não foram aceitos pelas boas escolas. Na Suécia, o mecanismo de voucher, sem controle algum do Estado, causou uma crise generalizada na educação do país. Para atrair alunos (e receita), as escolas suecas passaram a investir em estrutura de shopping centers e tornaram-se permissivas com alunos. Em 2012, pela primeira vez, os suecos ficaram com notas abaixo da média mundial no programa internacional de  avaliação de estudantes (Pisa, na sigla em inglês), da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).
Os desafios que as parcerias público-privadas enfrentam não invalidam os avanços propiciados por elas. Nos Estados Unidos, as charters ajudaram a melhorar o desempenho de seus alunos. O Chile tem a melhor educação da América Latina. A qualidade da educação que o jovem brasileiro recebe hoje equivale à que o chileno recebia na década de 1960. O mérito desses países é mostrar que a educação pública não é sinônimo de educação estatal. Goiás começou a desbravar, aqui no Brasil, esse mesmo caminho.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Daniel Alves atinge marca histórica e deixa Pelé para trás


Lancepress – Se Daniel Alves já se destacava pelo número de títulos na carreira, com a conquista doMundial de Clubes neste domingo, em vitória por 3 a 0 sobre o River Plate, em Yokohama, o lateral-direito tornou-se o brasileiro com mais títulos na história, deixando Pelé para trás. O baiano agora tem 31, com 30 do Rei.
Os números de Pelé causam alguma discussão. Dependendo da fonte, varia de 29 a 31. Porém, o número mais aceito é o de 30. Considerando esta conta, então Daniel Alves já está na frente do ex-jogador do Santos e do Cosmos.

sábado, 19 de dezembro de 2015

Em depoimento à PF, Lula diz que há um ‘processo de criminalização’ do PT


AE – Em depoimento prestado à Polícia Federal no âmbito da investigação da Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que existe um “processo de criminalização” do PT. Ele disse não ter conhecimento sobre os eventos de corrupção ocorridos na Petrobras e, questionado a que atribui a existência de pessoas de seu governo investigadas na Operação, apontou três motivos: o aprimoramento dos processos de fiscalização, a imprensa livre, e a criminalização do PT.
Ele disse ainda que “não crê que os principais partidos da base aliada do governo tenham, através de suas principais lideranças, obtido vantagens indevidas a partir dos contratos das diversas diretorias da Petrobras”. Conforme revelou o Estadão nesta sexta-feira, antes de o depoimento se tornar público, Lula disse que não participava do processo de escolha dos diretores da Petrobras alvos da Lava Jato. Os nomes eram escolhidos a partir de acordos políticos firmados, segundo Lula.
O ex-presidente foi ouvido na última quarta-feira, na condição de “informante”, em inquérito que tramita no Supremo para apurar suposta formação de quadrilha por políticos de PP, PT e PMDB para desviar recursos da Petrobras. O teor do depoimento foi tornado público nesta sexta-feira, 18, após ser juntado ao inquérito do Supremo.
Os acordos políticos para definição dos diretores da Petrobras, segundo o ex-presidente, eram normalmente feitos pelo ministro da área, em conjunto com o coordenador político do governo e o partido interessado na nomeação. Questionado, disse que o nome do ex-diretor Renato Duque – já condenado pela Justiça Federal de Curitiba – foi levado a ele pela Casa Civil, na época chefiada pelo ex-ministro José Dirceu, também investigado na Lava Jato. Lula disse não conhecer Renato Duque.
Ele explicou, no entanto, que a discussão sobre a indicação dos diretores não passava somente pelo ministro da Casa Civil. Ao final do processo de discussão, Lula concordava ou não com o nome “a partir dos critérios técnicos que credenciavam o indicado”.
Delações
O ex-presidente da República sugere no depoimento que algumas informações prestadas pelos delatores sobre envolvimento do PT e de ex-diretores da Petrobras no esquema de corrupção foram feitas para obter os benefícios do acordo de colaboração com a Justiça.
“Indagado a que atribui a condenação, em primeira instância, de João Vaccari Neto, o Declarante (Lula) afirma que a mesma se deve às delações premiadas; que a condenação de Vaccari não é definitiva e que acredita que o mesmo será absolvido; (…) que acredita que as acusações feitas contra João Vaccari Neto são, na verdade, resultados dos benefícios referentes às delações dos diversos colaboradores da Operação Lava Jato”, consta no relatório do depoimento de Lula.
Ele disse que soube, pela diretoria do PT, que Vaccari fez um “excelente trabalho” à frente da tesouraria do PT. Vaccari já foi condenado pela Justiça Federal no Paraná.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Deputado Major Araújo, agora chamado de “Marajá Araújo”, tem vencimentos de quase R$ 40 mil

O deputado paladino da moral foi acusado de fraudar regras da previdência para conseguir aposentadoria escandalosa

Acostumado a usar a tribuna da Assembleia Legislativa para acusar e atacar seus adversários, odeputado estadual Major Araújo (PRB) leva uma vida dupla: auto-intitula-se o paladino da moralidade, mas em 2009 assumiu mandato como vereador da Câmara de Goiânia por três meses unicamente para garantir polpuda aposentadoria de R$ 13,8 mil mensais, que, somada ao salário de parlamentar, rende ao major reformado da Polícia Militar a escandalosa renda mensal de exatos R$ 38.855,64, acima dos rendimentos do governador do Estado e da presidente da República. “Marajá Araújo“, denunciou ontem o deputado estadual Santana Gomes (PSL), ao revelar a existência do benefício.
Para garantir uma velhice tranquila – afinal, o deputado estadual tem 49 anos de idade – Major Araújoenganou a Previdência. Suplente de vereador em Goiânia, assumiu o mandato por três meses, no lugar do Pastor Rusembergue, e acabou garantindo aposentadoria antecipada. No período em que assumiu a cadeira na Câmara de Goiânia, Major Araújo ainda recebeu R$ R$ 13.690,00 em salários. Manobrar para forçar a Previdência a conceder benefício que nenhum outro contribuinte obteria é, nada mais nada menos, do que fraude.
Assim, o deputado Major Araújo (PRP) tem vencimentos que ultrapassam R$ 38 mil mensais. Os valores chamam atenção, se comparados aos salários recebidos pelo governador Marconi Perillo (R$ 25,05 mil) e pela presidente Dilma Rousseff (R$ 30.900,00). Apesar dos 49 anos de idade, o major goza de aposentadoria recebida por entrar na reserva da Polícia Militar, no valor de R$ 13.803,64. Somado aos vencimentos relativos ao mandato de deputado (R$ 25.052,00), o Major Araújo fecha o mês com R$ 38.855,64.
O parlamentar recebe aposentadoria desde 2009, ano em que assumiu por três meses o mandato de vereador na Câmara de Goiânia. Ao ocupar um cargo eletivo, de acordo com a Lei, um militar entra automaticamente na reserva. Na época, o vereador pastor Rusembergue Barbosa (PRB, partido em que o major era filiado) entrou de licença nos meses de setembro, outubro e novembro, abrindo a vaga para o major, que deixou a Câmara Municipal em dezembro.
Na tribuna da Assembleia, o deputado Santana Gomes (PSL) criticou o colega. “O nobre deputado recebe mais que o governador Marconi Perillo, que tem salário de R$ 25 mil. Ganha mais do que a presidente Dilma Rousseff, que recebe R$ 30,9 mil por mês. Um absurdo. Vou chamá-lo a partir de agora de ‘Marajá’”, afirmou. “Pode até ter sido legal (a maneira como major aposentou), mas é imoral”, acrescentou.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Confirmado primeiro caso de zika vírus em Goiás


Secretaria da Saúde confirma o primeiro caso autóctone (detectado no mesmo local onde ocorreu a transmissão) de zika vírus em Goiás. O exame, de uma mulher com 14 semanas de gestação, residente no município de Santo Antônio do Descoberto, na Região do Entorno do Distrito Federal, foi processado no Lacen-DF. O secretário da Saúde, Leonardo Vilela, falará sobre o assunto com a imprensa às 8 horas desta quinta-feira, dia 17 , na entrada principal da Iquego (Av. Anhanguera, nº 9.827, Bairro Ipiranga), em Goiânia.
Secretaria da Saúde oferecerá à paciente todas as condições de assistência e pré-natal no Hospital Materno Infantil (HMI), se ela decidir pelo acompanhamento em Goiás. Para Leonardo Vilela, a confirmação do caso reforça a importância das ações da força-tarefa do Goiás contra o Aedes, lançado nesta terça-feira, dia 15, pelo Governo do Estado e que teve a primeira ação de combate aos criadouros em Trindade, nesta quarta, dia 16.
Ação percorrerá todos os imóveis do Estado com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti. O trabalho será feito em conjunto pela SES-GO, secretarias municipais, Corpo de Bombeiros (CBM-GO), Polícia Militar, agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, professores das escolas públicas e voluntários. Os prefeitos dos 12 maiores municípios goianos com mais de 100 mil habitantes também decretaram estado de emergência em Saúde Pública em suas cidades.
Até o momento, existem no Estado 29 casos de zika em investigação e 1 confirmado, 122 casos de chicungunha em investigação e 183 mil casos de dengue notificados com 76 mortes confirmadas.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

INTELLIGENCE PESQUISA: apenas 2,6% aprovam a administração de Paulo Garcia em Goiânia

O prefeito Paulo Garcia é de fato o pior prefeito da história de Goiânia quanto a aprovação da população

Definitivamente não procede a informação de que o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), teria se recuperado em termos de opinião pública quanto a sua administração da capital. Paulo Garcia amarga há muito tempo a pecha de ser o pior prefeito da história de Goiânia. Seja por conta dos inúmeros escândalos nas mais variadas pastas da administração municipal, seja pela incompetência em resolver graves problemas da cidade, como o do lixo, cuja crise não dá para esquecer, a verdade é que o goianiense reprova com toda veemência a administração do PT e do PMDB.
instituto INTELLIGENCE PESQUISA foi às ruas e domicílios de Goiânia nos primeiros dias de dezembro para conferir o ânimo da população em relação ao seu prefeito. O resultado não é de surpreender quem vive diariamente os seríssimos problemas da capital. Trânsito, mobilidade, saúde e principalmente transporte coletivo são os gargalos da administração de Paulo Garcia. O prefeito Paulo Garcia é aprovado por apenas 2,6% da população de Goiânia. Apenas 2,6% dos goianienses consideram a administração de Paulo Garcia ótima ou boa. Por outro lado, 62,9% da população de Goiânia considera a administração de Paulo Garcia ruim ou péssima. A reprovação de Paulo Garcia é a maior de toda a história da capital de Goiás. 19,9% da população de Goiânia disseram que a administração de Paulo Garcia é regular. A pesquisa ouviu 624 pessoas entre os dias 05 e 10 de dezembro de 2015. A margem de erro é de 4% . É por essas e outras que o prefeito Paulo Garcia tornou-se um péssimo aliado para as eleições de 2016 na capital. Ser candidato a prefeito de Goiânia apoiado por Paulo Garcia é praticamente colocar os dois pés na cova, eleitoralmente.
Veja no Gráfico como é alta a rejeição de Paulo Garcia em Goiânia!
Paulo Garcia é super reprovado pelo povo

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Bumlai, o super amigo de Lula, confessa que deu R$ 12 milhões para o caixa dois do PT


Parte do dinheiro foi usado para calar um chantagista que ameaçava contar o envolvimento do PT na morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel

pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Lula, afirmou à Polícia Federal que “realmente acredita” que o PT tomou empréstimos do Banco Schahin, “através de laranjas”, para financiar campanhas eleitorais do partido. A declaração foi feita em depoimento prestado nesta segunda-feira e revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça. 
Bumlai relatou aos policiais que metade desse valor de R$ 12 milhões foi destinado ao PT de Santo André, onde o partido teria sido chantageado por um empresário, Ronan Maria Pinto, que teria pedido R$ 6 milhões para não contar o que sabia sobre o caixa dois do diretório local e a relação desses recursos com o assassinato do prefeito Celso Daniel, ocorrida em 2002. Os outros R$ 6 milhões foram enviados ao PT de Campinas para quitar dívidas de campanha, segundo a confissão de Bumlai. 
O pecuarista disse ter topado fazer o empréstimo porque queria manter boas relações com o PT e ficaria constrangido se não atendesse a um pedido do presidente do Banco Schahin, depois reforçado pela encontro com Delúbio Soares. Bumlai disse que, posteriormente, teve encontros com outro tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, para cobrar a dívida.
“Gostaria de esclarecer que os negócios do Partido dos Trabalhadores com a Schahin não se limitaram ao empréstimo tomado pelo interrogado”, disse Bumlai à PF, segundo a publicação. “O interrogando acredita que Salim Schahin tenta usar este empréstimo [12 milhões de reais] para ocultar outras operações e negócios envolvendo seu grupo com o Partido dos Trabalhadores, que realmente acredita que o PT possa ter tomado outros empréstimos junto ao Banco Schahin, através de laranjas; que acredita que tais empréstimos destinavam-se à formação de “caixa dois” para campanhas do partido”.
No depoimento, Bumlai confessou que pegou emprestado 12 milhões de reais do Banco Schahin, em 2004, para repassar ao Partido dos Trabalhadores. Em um primeiro momento, ele havia negado taxativamente o ato. O amigo do ex-presidente Lula foi preso no dia 24 de novembro na Operação Passe Livre. A PF suspeita que em troca dessas operações financeiras o grupo Schahin obteve um contrato de 1,6 bilhão de reais para gerenciar o navio-sonda Vitoria 10000 da Petrobras.
O PT disse via nota oficial que todas as doações recebidas pelo partido “aconteceram estritamente dentro da legalidade e foram posteriormente declaradas à Justiça Eleitoral”.

Estuprador de criança mal chega na cadeia e já é morto pelos detentos em ritual para estupradores


Na tarde deste último sábado (12) um homem de 45 anos que havia sido preso por sequestro, estupro de vulnerável e cárcere privado acabou sendo morto dentro do Presídio de Goianira (29 km deGoiânia).
De acordo com a Polícia Militar, o acusado identificado como Gilmar Felipe foi espancado até a morte dentro da unidade. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda foi acionada, mas ao chegar no local o homem já estava sem vida.
Segundo o SAMU, o detento apresentava vários hematomas, escoriações pelo corpo, olho roxo e afundamento no crânio. Seu corpo foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Ainda de acordo com a PM, durante a madrugada deste último sábado o homem teria levado a criança de uma festa até um estabelecimento comercial e no local cometeu o abuso.
Uma mulher que viu o homem carregando a criança acionou os militares que ao chegar no local encontrou a vítima ajoelhada em um colchão e o homem se preparando para fugir. O flagrante foi realizado na Delegacia de Goianira e o indivíduo teria sido levado para o presídio da cidade onde acabou sendo morto.
Superintendência Executiva de Administração Penitenciária abriu sindicância para apurar as circunstâncias da morte do preso e comunicou à Polícia Civil que vai investigar o caso.
Fonte: Portal do Holanda 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

EUA rejeitam fiança e José Maria Marin, ex-presidente da CBF, pode ter de voltar para prisão


AE – O governo dos Estados Unidos rejeitou uma carta de crédito apresentada pelo ex-presidente daCBFJosé Maria Marin, e a situação do cartola fica cada vez mais difícil em Nova York. Uma carta obtida pelo jornal O Estado de S. Paulo e enviada por seus advogados aos juízes da Corte nos EUA aponta que as autoridades americanas rejeitaram o crédito, sob argumento de que o banco que concedeu a carta era brasileiro, e não americano.
A procuradoria dos Estados Unidos já indicou que não aceita dar mais um prazo para que Marin encontre o dinheiro. Mas seus advogados, numa carta, suplicaram ao juiz do caso, Raymond Dearie, uma nova data para o depósito.
Marin, preso na Suíça em maio a pedidos dos EUA por envolvimento no escândalo de corrupção da Fifa que culminou na prisão de uma série de outros dirigentes do primeiro escalão do futebol mundial, aceitou sua extradição para Nova York ao final de novembro, com o objetivo de acompanhar seu julgamento em prisão domiciliar. Pelo acordo, ele pagaria US$ 15 milhões para ficar em seu apartamento, na 5ª Avenida.
Mas, em diversos momentos, seus advogados pediram um adiamento dos prazos de depósitos de sua fiança, sob a alegação de estarem encontrando dificuldades para conseguir uma parte do dinheiro – US$ 2 milhões.
Na última sexta-feira, dia 11, o advogado de Marin, Charles Stillman, enviou uma carta ao juiz do caso, Raymond Dearie, informando que as autoridades rejeitaram a proposta de depósito. “Nós estivemos nesta semana com conselheiros do governo para propor uma alternativa para a peça final de crédito”, indicou. “Seria na forma de uma carta de crédito de US$ 2 milhões de uma instituição financeira do Brasil. O governo rejeitou a carta de crédito, sob o argumento de que era de uma empresa não-americana”, disse.
Mas, segundo o advogado, as autoridades concordaram em examinar os documentos que foram deixados com eles. “Em resumo, estamos trabalhando com energia para resolver esse problema para que possamos nos concentrar em lidar com o caso propriamente dito”, escreveu. “Posso garantir que estamos trabalhando em total boa fé para completar essa tarefa”, prometeu. “Ninguém deve ter dúvida disso”, insistiu.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Assessoria tranquiliza fãs: ‘Leonardo está vivo e muito bem’


Uma notícia que causou espanto e alvoroço na vida de Leonardo.
Na sexta-feira (11), uma notícia dando como certa sua morte, foi divulgada em um site fake de Goiânia.
Na notícia, as informações eram de que o cantor teria sofrido um grave acidente de carro, onde nem ele nem sua esposa, Poliana Rocha, teriam sobrevivido.
Procurada pela reportagem, a assessora de imprensa do cantor, Ede Cury, desmentiu a notícia.
“Nossa, por que fazem isso? Leonardo está vivo, ótimo, super bem. Ele fez um show em Boa Vista (Roraima) na sexta-feira (11) e neste sábado (12) estará em Manaus para outra apresentação.Leonardo está em uma ótima fase, tanto profissional como pessoal e com a saúde totalmente em dia”, contou Ede.
Fonte: O Fuxico 

sábado, 12 de dezembro de 2015

Polícias de Goiás estão entre as mais bem pagas do Brasil


O salário inicial dos policiais em Goiás é R$ 4.068,89. R$ 21.785,74 é a remuneração dos policiais mais bem pagos de Goiás. As polícias de Goiás estão entre as mais remuneradas do País, mostram relatórios sobre remuneração das corporações de todas as unidades da federação. O ranking mostra que, apesar de ter o 9º Produto Interno Bruto do País, Goiás ocupa as primeiras posições no ranking de remuneração de suas polícias, ocupando, no máximo, a sétima posição.
Os valores iniciais e finais dos salários são os mesmos para as Polícias Civil e Militar. Um policial recém-ingresso em qualquer das duas corporações terá salário de R$ 4.068,89 – ou R$ 52.895,57 por ano. Já aquele no auge da carreira – delegado na Polícia Civil, coronel na Polícia Militar – receberá R$ 21.785,74 – ou R$ 238.214,62 anuais.
Os dados de Goiás foram atualizados até o mês de janeiro do corrente ano, inclusive com o acréscimo de 10% cedido aos Delegados de Polícia Civil. Com relação à Polícia Militar, não inclui os valores que serão percebidos em virtude da recente aprovação da Lei 17881/12 que institui o Programa Goiás Cidadão Seguro.
O valor inicial da remuneração dos Delegados de Polícia de Goiás conferem ao Estado a 7ª posição, com salário de R$ 10.126,11. Com relação ao valor percebido no topo da carreira, o Estado passa a figurar na 10ª posição, mas com o pagamento de bônus, o Estado chegar a 4º lugar, com salário de R$ 19.268,55.
No comparativo de subsídios de Escrivães, o Estado de Goiás desce da 7ª posição em relação aos valores iniciais de remuneração da carreira para a 9ª posição relativa à remuneração no topo da carreira. No comparativo de subsídios de Agentes, o Estado de Goiás desce da 4ª posição em relação aos valores iniciais de remuneração da carreira para a 7ª posição relativa à remuneração no topo da carreira.
Em várias funções, Goiás é 1º colocado. Na Polícia Militar, em várias carreiras o Estado ocupa a primeira posição em várias patentes. É o caso dos coronéis, dos tenentes-coronéis, dos majores e dos capitães. O Estado ocupa a segunda posição nas carreiras de tenente e soldado.
De acordo com as tabelas apresentadas, o subsídio dos Policiais Civis permanece, em média, na 7ª posição nos rankings considerados. Com relação aos Delegados de Polícia especificamente, com a percepção dos Bônus por Produtividade, a média nos rankings seria da 6ª posição. Importante ressaltar que considerando os subsídios máximos da categoria e a percepção de 20% do Bônus por Produtividade, a melhor situação alcançada seria a 4ª posição entre os Estados que divulgaram seus valores.
De acordo com as tabelas apresentadas, o subsídio dos Policiais Militares alcança a 1ª posição nos quatro principais postos, mantendo-se em segundo em apenas dois deles, quais sejam, tenente e soldado, em que mantém a 2ª posição. De acordo com as tabelas apresentadas, o subsídio dos Policiais Militares alcança, em média, a 3ª posição.
governador Marconi Perillo afirmou, em entrevistas que os reajustes financeiros dos servidores públicos estaduais não serão suprimidos, e sim adiados temporariamente em virtude do cenário de crise econômica por que passa o país. De acordo com Marconi, a decisão foi tomada tendo em vista a necessidade de o Governo de Goiás de manter o equilíbrio das contas públicas e cumprir todos os limites fixados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Marconi vai a Brasília tratar da obra da ferrovia Brasília/Goiânia, do VLT de Goiânia e do BRT do entorno do DF


O projeto de implantação do transporte ferroviário entre Brasília e Goiânia, que foi reivindicado pelo governador Marconi Perillo junto ao setor de transportes do Governo Federal há pelo menos dez anos, continua vencendo etapas no âmbito da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT. Na tarde desta quinta-feira, Marconi, o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, e representantes do Ministério dos Transportes estiveram reunidos na sede da ANTT com o diretor geral Jorge Bastos para conhecer detalhes do Evetec – Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica – da Ferrovia Brasília/Goiânia.
Depois de quatro anos em execução, o Evetec apresenta os valores e a modelagem jurídica da obra. “Temos a confirmação de que o projeto será viabilizado através de uma PPP envolvendo os governos de Goiás, do Distrito Federal e da União”, adiantou o governador.
Na reunião de hoje, Marconi sugeriu à ANTT, em conjunto com o governador Rollemberg, que o transporte seja apenas de passageiros, sem cargas nas duas fases, ou seja, na parte semiurbana e regional. Sem o transporte de cargas, o projeto alcança valor de R$ 6,8 bilhões.
“O que a gente tem trabalhado – disse o governador – é a agilidade para que este projeto possa ficar de pé e ir para a fase de licitação o quanto antes. Ele vai revolucionar esse eixo Brasília/Goiânia. Eu não tenho dúvida de que este será um dos grandes projetos de integração definitiva, social, cultural e econômica entre os governos do DF e de Goiás”.
O governador fez questão de esclarecer que se o projeto contemplasse o transporte de cargas, a ferrovia seria encarecida em mais de R$ 2 bilhões somente para a construção da estrutura necessária. “A ferrovia servirá também para cargas, mas cargas menores. Neste trecho nós não vemos a necessidade de cargas como na Norte-Sul”, esclareceu.
Jorge Bastos anunciou que irá se reunir com os ministros do Planejamento e dos Transportes para definir qual vai ser a participação de cada ente no projeto de estudo de viabilidade econômica. “O prazo será o mais rápido possível. Nós conhecemos o governador Marconi Perillo e sabemos da sua agilidade. Então nós precisamos trabalhar isso com bastante empenho para que a licitação seja realizada o mais rápido possível”.
O trem Brasília/Goiânia esteve também na pauta do governador durante audiência que teve em seguida com o ministro Nelson Barbosa, do Planejamento. Marconi pediu ao ministro que o trem seja incluído no PAC e nos financiamentos federais para a área de transportes. Solicitou ainda que o mesmo tratamento seja dado ao VLT de Goiânia e ao BRT que liga Santa Maria, no DF, à cidade de Luziânia.
No fim da tarde, o governador esteve na Agência Nacional de Aviação Civil – Anac – para solicitar a liberação, para a operação, de alguns aeroportos do Estado. O governador citou o aeroporto de Catalão como exemplo de obra acabada e que necessita apenas de autorização da Anac para que possa começar a operar.
Marconi vai ao ministro da Defesa
Marconi com Aldo Rebelo
Durante reunião/almoço com o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, na sede do Ministério, em Brasília, no início da tarde desta quinta-feira, o governador Marconi Perillo apresentou a proposta que busca viabilizar um Complexo Aeronáutico em Anápolis. A ideia é ter o apoio do Ministério da Aeronáutica para a viabilização de um Complexo Aeronáutico que pudesse complementar a Base Aérea de Anápolis. “Nós ainda não podemos adiantar o que seria este complexo aeronáutico, mas eu tenho a oferecer ao Governo Federal, um complexo que já está pronto, que é a Plataforma Logística e o aeroporto de cargas, que tem uma pista de 3.300 metros já pronta, construída pelo governo do Estado e que poderá servir como base para um projeto desta envergadura. Isso daria um upgrade muito grande para o nosso Estado e a cidade de Anápolis”, adiantou o governador.
O ministro manifestou-se favorável ao projeto. Aldo Rebelo comentou em entrevista coletiva à imprensa que “a recepção à proposta do governador Marconi Perillo é a melhor possível, porque Anápolis tem uma múltipla vocação pela sua localização geodésica, ou seja, é uma cidade que tem um polo farmacêutico importante e que já dispõe da Base Aérea”.
Disse que a proposta será analisada pelo Ministério da Defesa e pelo comando da aeronáutica, dentro da vocação natural que Anápolis já tem para acolher centros de logística. “Vou defender esta ideia com toda a simpatia que tenho pela administração do governador Marconi Perillo, pela trajetória que ele tem como homem público, pelo respeito e pela nossa já longa amizade”, salientou.
Fonte: Goiás247