quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Confirmado primeiro caso de zika vírus em Goiás


Secretaria da Saúde confirma o primeiro caso autóctone (detectado no mesmo local onde ocorreu a transmissão) de zika vírus em Goiás. O exame, de uma mulher com 14 semanas de gestação, residente no município de Santo Antônio do Descoberto, na Região do Entorno do Distrito Federal, foi processado no Lacen-DF. O secretário da Saúde, Leonardo Vilela, falará sobre o assunto com a imprensa às 8 horas desta quinta-feira, dia 17 , na entrada principal da Iquego (Av. Anhanguera, nº 9.827, Bairro Ipiranga), em Goiânia.
Secretaria da Saúde oferecerá à paciente todas as condições de assistência e pré-natal no Hospital Materno Infantil (HMI), se ela decidir pelo acompanhamento em Goiás. Para Leonardo Vilela, a confirmação do caso reforça a importância das ações da força-tarefa do Goiás contra o Aedes, lançado nesta terça-feira, dia 15, pelo Governo do Estado e que teve a primeira ação de combate aos criadouros em Trindade, nesta quarta, dia 16.
Ação percorrerá todos os imóveis do Estado com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti. O trabalho será feito em conjunto pela SES-GO, secretarias municipais, Corpo de Bombeiros (CBM-GO), Polícia Militar, agentes de endemias, agentes comunitários de saúde, professores das escolas públicas e voluntários. Os prefeitos dos 12 maiores municípios goianos com mais de 100 mil habitantes também decretaram estado de emergência em Saúde Pública em suas cidades.
Até o momento, existem no Estado 29 casos de zika em investigação e 1 confirmado, 122 casos de chicungunha em investigação e 183 mil casos de dengue notificados com 76 mortes confirmadas.