segunda-feira, 10 de outubro de 2016

SHAKIRA DOA 15 MILHÕES DE DÓLARES PARA RECONSTRUÇÃO DO HAITI

A cantora fez uma doação milionária para ajudar a população haitiana, depois que o furacão Matthew matou cerca de 900 pessoas no país e teve 90% de algumas áreas completamente destruídas.
Por meio da Fundação ALAS, ela doou U$S 15 milhões, cerca de R$ 47 milhões, para a reconstrução do país.
Em 2010, depois que um terremoto destruiu a ilha, Shakira doou 1,5 milhão de dólares para reconstruir a escola Elie Dubois, na capital Porto Príncipe, e também participou de campanhas revertendo os lucros para a reconstrução do país.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

MISSÃO COMERCIAL NO CANADÁ É VOLTADA PARA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

marconinocanada
O governador Marconi Perillo cumpriu nesta segunda-feira, dia 19, em Toronto Canadá), o primeiro dia de agenda da missão comercial que realiza no Canadá e nos Estados Unidos até o dia 29 de setembro.
Ele esteve, pela manhã, no Ministério de Pesquisa e Inovação de Toronto, onde discutiu inovação no setor farmacêutico e de saúde. Depois, participou de reunião, com empresários, no World Trade Center Toronto. Lá, recebeu a informação do presidente do Bureau de Desenvolvimento Econômico e Cultura de Toronto, Michel Thompson, de que representantes do governo de Ontário farão missão comercial a Goiás em dezembro próximo com o objetivo de conhecer mais acuradamente as potencialidades do Estado e consolidar parcerias.
“Temos um mercado consumidor extremamente forte”, respondeu o governador, ao ser informado sobre a missão comercial a Goiás. Marconi começou a agenda de hoje no Ministério de Pesquisa e Inovação, onde se reuniu com a especialista em desenvolvimento de negócios com foco em ciência, Bárbara Vink. Ele e a comitiva de Goiás discutiram pesquisas e inovação no setor farmacêutico e de saúde. O governador informou que Anápolis tem um dos maiores polos farmoquímicos do Brasil.
Em seguida, participou de reunião no World Trade Center Toronto, espécie de Câmara de negócios, que reúne o empresariado local. Ele tratou com o presidente do World Trade Center Toronto, Leigh Samout, das relações comerciais entre Goiás e aquela cidade canadense. O governador detalhou informações sobre a localização estratégica de Goiás; citou o aeroporto de cargas de Anápolis, ferrovias que cruzam o Estado, números da economia e setores de produção industrial. “É um estado altamente estratégico”, disse, lembrando que nos últimos 18 anos Goiás multiplicou por 10 o PIB – de R$ 17,4 bilhões para R$ 170 bilhões.
Turismo
Marconi também falou sobre o setor do turismo no Estado. “Cuidamos muito da nossa história. Existem muitos lugares lindos para se conhecer em Goiás”, disse. O governador esteve, ainda, na Prefeitura de Toronto, em reunião com representantes da Província de Ontário, que deverão conhecer Goiás em dezembro, em missão comercial.
Acompanham o governador o secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela; secretário de Assuntos Internacionais, Isanulfo Cordeiro; presidente do Sindicato das Indústrias Farmacêuticas no Estado de Goiás (Sindifargo), Heribaldo Egídio; presidente da Fieg, Pedro Alves; e o presidente do Sindicato da Indústria da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica no Estado de Goiás (Sindicel), Célio Eustáquio de Moura.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

SEGUNDO A CIÊNCIA, ESTA É A MULHER COM O CORPO MAIS PERFEITO DO MUNDO

segundo-a-ciencia-esta-e-a-mulher-com-o-corpo-mais-perfeito-do-mundo-725x375

SEGUNDO A CIÊNCIA, ESTA É A MULHER COM O CORPO MAIS PERFEITO DO MUNDO


Ela se chama Kelly Brook. É uma modelo e atriz, e está quebrando todos os paradigmas de beleza já estabelecidos, 100% apoiada pela ciência.

Um estudo da Universidade do Texas escolheu esta beleza impressionante como a mulher com “o corpo perfeito”. Embora seja uma pena que devemos decidir por um único corpo, é verdade que pelo menos podemos agradecer que a eleita diverge substancialmente do que estamos acostumados a ver: corpos altos e magros – geralmente muito difíceis de serem alcançados.
Brook, de 34 anos, mede 1.68m e nunca fez qualquer cirurgia. Para esse título, foram consideradas as medidas do seu corpo, idade, rosto, lábios, nariz e cabelo, o que mostra que o estereótipo feminino está se tornando mais flexível e acessível. O que você acha?

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

PRESA MULHER QUE ENTREGOU CRIANÇA DE 2 ANOS A CORONEL DETIDO POR ESTUPRO


Foi presa na manhã desta segunda-feira, 12, Thuane Pimenta dos Santos, de 23 anos, acusada de entregar uma criança de 2 anos ao coronel reformado da Polícia Militar Pedro Chavarry Duarte, de 62, preso em flagrante sob a acusação de estupro de vulnerável. Duarte foi encontrado na noite de sábado por dois PMs, no próprio carro, em Ramos, na zona norte do Rio, com menina, que estava nua. Para não ser detido, o coronel chegou a oferecer suborno aos policiais, que não aceitaram e gravaram a oferta.
A delegada Cristiana Bento, da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), assumiu o caso no domingo, e os policiais da delegacia identificaram a mulher que entregou a menina. Neste domingo, foi decretada a prisão temporária de Thuane no plantão judiciário, pela juíza Maria Izabel Pena Pieranti. Na manhã desta segunda, a equipe da Dcav localizou a acusada na comunidade Uga-uga, em Ramos. Ela foi encontra na Travessa Leonor Mascarenhas, na favela. A polícia não informou se Thuane tem parentesco com o bebê.
Defesa. A Caixa Beneficente da Polícia Militar do Rio emitiu uma nota defendendo a “presunção da inocência” de Duarte, que preside a entidade.
Em nota assinada pelo presidente em exercício, Robson de Almeida Paulo, a Caixa Beneficente da PM lamentou “o ocorrido” e chamou o coronel de “presidente licenciado”. “Que os fatos noticiados pela mídia serão apurados na instrução criminal, respeitados os princípios constitucionais da presunção da inocência, do devido processo legal e o contraditório”, afirma a mensagem.
As origens da Caixa remontam a 1903, quando a PM ainda era a Brigada Policial da Capital Federal. O presidente Rodrigues Alves autorizou a criação da entidade, que recebe uma parte do soldo dos policiais. Em 1938, Getúlio Vargas assinou a criação da Caixa com o nome atual.
A entidade é sem fins lucrativos e fornece ao policial e a seus familiares serviços como assistência jurídica, assistência funeral, atendimento ambulatorial, odontológico, oftalmológico, além de descontos numa rede conveniada.
Duarte é presidente desde abril de 2010 e, segundo o site da Caixa, “ele se empenha para recuperar a instituição”. “Reuniu profissionais de mercado e aliou-se a parceiros que dão suporte para que a instituição se aproxime cada vez mais do seu associado, oferecendo um relacionamento com a qualidade que ele tem direito. A sua gestão é sustentada por valores como: transparência, responsabilidade, ética, trabalho e valorização do policial militar”, diz o texto.
Ele ingressou na PM aos 19 anos. Hoje tem 62. Passou por diferentes batalhões e “adquiriu experiência necessária para se tornar um homem influente e bem visto dentro da corporação”, conforme o site da Caixa. É formado em direito e tem no seu histórico a passagem pelo gabinete de quatro comandantes-gerais. Foi relações-públicas da Polícia Militar, membro da mesa diretora da irmandade de Nossa Senhora das Dores da PM e diretor social da Caixa, antes de se tornar presidente.
“Nesses anos de gestão, Chavarry revolucionou a Caixa Beneficente, criando um atendimento mais humanizado e colocando o associado como prioridade máxima. A instituição passou por uma verdadeira reformulação que teve como objetivo único trazer a Caixa Beneficente para os momentos de glórias, tal como nos primeiros anos de sua criação, e voltar a ser referência em soluções para o bem-estar do associado”, informa a página na internet.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

PRESA DUPLA QUE MATOU JOVEM POR ENGANO

doisma

PRESA DUPLA QUE MATOU JOVEM POR ENGANO

Durante as investigações, a DIH apurou que os dois autores estavam acompanhados de um menor de idade quando foram até a chácara em um carro de propriedade de Dennison com o objetivo de matar Kelvi Alves da Silva e Marcos Vinicius Alves Resende, por uma rixa de meses atrás. Quando começou o tiroteio, um dos tiros acabou acertando e matando Douglas Silva França, 27, que não tinha nenhum envolvimento com a briga.
O delegado descartou a possibilidade do crime ter relação com brigas entre torcidas organizadas. “Eles eram da mesma torcida, e o Jefferson queria matar o Kelvi porque eles se desentenderam depois que mataram um outro desafeto no ano passado em Goiânia. Já o Adolescente queria matar Marcos Vinícius porque havia apanhado dele semanas antes”, relatou.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

LAVA JATO CHEGA A GOIÁS. 33ª FASE DA OPERAÇÃO CUMPRE 32 MANDADOS

Operação Lava Jato

Operação “Resta Um” visa atingir esquema de corrupção na empresa Queiroz Galvão

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (2), mandados referentes à 33ª fase da Operação Lava Jato. A operação, batizada de “Resta Um”, está sendo realizada em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Pernambuco e Minas Gerais. Ao todo, foram expedidos 32 mandados de prisão: sendo 2 de prisão temporária, 1 de prisão preventira, 6 conduções coercitivas e 23 de busca e apreensão. Em 07 de julho, a Polícia Federal deflagrou a 32ª fase da operação, batizada de “Caça-Fantasma”. A ação aconteceu nas cidades de São Paulo, São Bernardo do Campo e Santos e era um desdobramento da 22ª etapa, que recebeu o nome de “Triplo X”.  O alvo é a construtora Queiroz Galvão e englobam contratos do Complexo Petroquímico do Rio, da Refinaria Abreu Lima, entre outros. A construtora Queiroz Galvão possui o terceiro maior volume de contratos investigados no âmbito da Operação Lava-Jato.
O principal alvo era o empresário Edson Paulo Fanton, que seria um dos responsáveis pelo FPB Bank. Fanton teria parentesco com o delegado federal Mário Renato Castanheira Fanton, que acusou delegados da Lava Jato de irregularidades e coação. De acordo com a PF, o objetivo era apurar a atuação de uma instituição financeira do Panamá em território nacional sem autorização do Banco Central. O objetivo da empresa seria abrir e movimentar contas no Brasil e, dessa forma, viabilizar o fluxo de valores ilícitos para o exterior sem que o montante passasse pelo sistema financeiro brasileiro.
Os serviços do banco do escritório Mossak Fonseca teriam sido utilizados por pessoas e empresas ligadas a investigados na Lava Jato. Assim, recursos retirados de maneira irregular da Petrobras podem passado pelo FPB Bank.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

TRIBUNA DO PLANALTO: DONA IRIS CULPA OS VILELAS (MAGUITO E DANIEL) POR TRAIR IRIS NA DISPUTA PELO COMANDO DO PMDB E FORÇAR A APOSENTADORIA DELE

daniel-iris-dona-iris
Além de reduzir o PMDB à condição de coadjuvante na disputa pela prefeitura de Goiânia neste ano, a aposentadoria do ex-governador Iris Rezende também deixou sequelas no comando do partido. De acordo com o jornal semanário Tribuna do Planalto, a ex-deputada federal dona Iris culpa os Vilelas (Maguito e Daniel) de trair Iris e forçá-lo a encerrar sua carreira política.
Quem acompanha os perfis de dona Iris nas redes sociais sabe que a análise do semanário é correta. Ela tem reclamado com frequência de “falta de gratidão” de companheiros que hoje só têm mandato por causa do marido dela.
Fonte: Goiás 24Horas

terça-feira, 19 de julho de 2016

JUÍZA CARIOCA QUE BLOQUEOU O WHATSAPP É CONHECIDA POR SER “LINHA-DURA”

juiza2
Daniela Barbosa Assumpção de Souza, responsável pelo novo bloqueio do WhatsApp no Brasil, é juíza há 14 anos e reconhecida por ser uma magistrada linha-dura. No início da carreira, atuou como serventuária em vara de família. Na ocasião, chegou a acusar a chefe do cartório de receber propina de advogados para agilizar processos. Em seguida, foi transferida para o gabinete da então juíza criminal Kátia Jangutta, uma de suas referências profissionais.
Quando juíza de Fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral, Daniela foi responsável pela cassação do ex-prefeito de Teresópolis Mário Tricano, que tinha mais de 20 anotações criminais. Ao fraudar regras de campanha, ele bateu de frente com Daniela e ficou inelegível por abuso de poder econômico.
Atualmente, é juíza na Fiscalização da Vara de Execuções Penais (VEP). Em 2015, ganhou notoriedade a operação feita no Batalhão Especial Prisional em Benfica, no Rio de Janeiro, quando “enquadrou” policiais presos por fazerem churrascos e receber visitas íntimas sem autorização. Daniela chegou a ser agredida por agentes policiais durante uma visita de inspeção.
Ao longo de sua carreira, ela atuou em casos de grande projeção midiática. Um deles foi a condenação, em primeira instância, de Thor Batista, filho do empresário Eike Batista, pelo atropelamento que causou a morte do ciclista Wanderson dos Santos, em 2012. Thor acabou sendo absolvido em segunda instância por dois desembargadores.
Ao fazer valer a máxima de que a lei vale para todos, Daniela recebeu o apelido de Kate Mahoney, policial protagonista da série de TV Dama de Ouro, sucesso da década de 1980.
Em janeiro de 2016, a juíza recebeu o Prêmio Faz Diferença, oferecido pelo jornal O Globo.
Fonte: ÉPOCA

quarta-feira, 13 de julho de 2016

COM 2 DE KEIRRISON, LONDRINA VENCE E IMPEDE ATLÉTICO-GO DE SER LÍDER DA SÉRIE B

atleticoxlondrina_zuhairmohamad01
Com dois gols de Keirrison, o Londrina bateu o Atlético Goianiense por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, em partida que abriu a 16.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com a derrota, o time da casa segue na segunda colocação com 29 pontos, dois a menos do que o líder Vasco, mas espera a conclusão da rodada, já que pode ser ultrapassado por CRB, com 28 e Ceará, com 27. Com 24 pontos, o clube paranaense subiu, ao menos provisoriamente, para a quinta posição.
O time da casa assumiu uma postura mais ofensiva desde o início do jogo e só não abriu o placar nos primeiros minutos porque Marquinho desperdiçou chance clara em cruzamento de Jorginho. O Londrina demorou para entrar no jogo, mas respondeu de forma letal aos 35 minutos. Jumar cobrou falta com violência, o goleiro Márcio rebateu e Keirrison pegou o rebote para estufar as redes.
Na segunda etapa, o time da casa cresceu ainda mais de rendimento e, de tanto pressionar, chegou ao gol de empate aos 29 minutos. Marquinhos cruzou para Júnior Viçosa, que cabeceou na trave. No rebote, o zagueiro Marllon completou para as redes.
A alegria da torcida goiana, no entanto, durou pouco. Apenas um minuto mais tarde, Rafael Gava fez jogada pela direita e serviu Keirrison, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol, marcando o seu segundo no jogo, o quinto na Série B, e dando números finais à partida.
As duas equipes voltam a campo somente no próximo dia 23, um sábado, pela 17.ª rodada da Série B. O Londrina recebe o Sampaio Corrêa, às 16 horas, no estádio do Café, em Londrina (PR), e o Atlético enfrenta o Tupi, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG), às 21 horas.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 x 2 LONDRINA
ATLÉTICO-GO – Márcio; Matheus Ribeiro (Ednei), Marllon, Lino e Raul (Luís Soares); Michel, Pedro Bambu, Magno Cruz, Marquinho e Jorginho (Júnior Viçosa); Alison. Técnico: Marcelo Cabo.
LONDRINA – Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Luizão (Everton Sena), Matheus e Paulinho; Jumar (Igor Bosel), Germano, Rafael Gava e Zé Rafael; Keirrison (Itamar) e Jô. Técnico: Cláudio Tencati.
GOLS – Keirrison, aos 35 minutos do primeiro tempo; Marllon, aos 29, e Keirrison, aos 30 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS – Magno Cruz (Atlético-GO); Matheus e Igor Bosel (Londrina).
ÁRBITRO – Thiago Duarte Peixoto (SP).
RENDA – R$ 35.205,00.
PÚBLICO – 1.744 pagantes (2.513 no total).
LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

terça-feira, 5 de julho de 2016

FINAL DE OS DEZ MANDAMENTOS BATE RECORDE DE AUDIÊNCIA

269430_36
A exibição da grande final da segunda temporada de Os Dez Mandamentos fez um estrondoso sucesso, nas telinhas da Record, na noite da última segunda-feira (4). Com o encerramento da saga do grande líder Moisés (Guilherme Winter), a trama conquistou a melhor média, desde sua estreia, com nada mais, nada menos que 19,4 pontos.
Além de chegar aos 21 pontos, em pleno horário nobre, o folhetim chegou ao fim alcançando, mais uma vez, a vice-liderança isolada na audiência, com share de 25%, no horário das 20h37 às 22h05, enquanto a emissora que ocupou o terceiro lugar registrava 10,8 pontos de média, oito a menos que a Record, no horário de confronto.
No geral, a novela bíblica, que, aliás, estreou no dia 4 de abril, teve uma média, ao longo de toda a sua exibição, de 16 pontos, com share de 22%, e será substituída por A Terra Prometida, folhetim que tem estreia prevista para a noite desta terça-feira (5).

sábado, 2 de julho de 2016

NOVA INDÚSTRIA DEVE GERAR 1,2 MIL EMPREGOS EM GOIÁS

Governador-1-1024x682
O governador Marconi Perillo assinou nesta sexta-feira, dia 1º, com representantes da Sierra Móveis, protocolo de intenção que prevê a instalação em Goiás de uma unidade da indústria gaúcha, considerada a maior em madeira maciça da América Latina. A empresa vai investir, na primeira etapa, R$ 150 milhões na planta de Hidrolândia, que será responsável pela fabricação de janelas e painéis para o mercado nacional e internacional.
O presidente do grupo Sierra, Luiz André Tissot, ressaltou que a fábrica vai gerar 1,2 mil empregos direitos e indiretos, e deverá começar a ser construída no fim deste ano. A marca possui 84 lojas no Brasil, duas em Miami (EUA) e uma no Peru. “Estamos desenvolvendo este projeto há cinco anos. A visita de Marconi à nossa sede foi essencial para decidirmos por Goiás”, afirmou.
O governador visitou a sede da empresa, em Gramado (RS), em fevereiro deste ano. Ele destacou, no ato de hoje, a importância da chegada da marca para agregar forçar à cadeia produtiva goiana. “É uma empresa que emprega muita tecnologia e qualidade em sua produção. Estamos preparados para desenvolver esta parceria e garantir maior geração de emprego aos goianos”, destacou.
Tecnologia
Segundo Tissot, a empresa utilizará tecnologia alemã para a fabricação de janelas, que permite vedação total de som e economia do ar condicionado em até 50%, e terá um centro de estudos e pesquisas em Hidrolândia. “Nosso objetivo é expandir a linha produção em médio prazo”, revelou. Marconi agradeceu: “Contem conosco para o que precisarem nesta etapa de instalação”.
O empresário informou que a decisão de se instalarem em Goiás foi baseada nos incentivos fiscais, na localização privilegiada, logística facilitada e oferta de matéria-prima (eucalipto). “Vislumbramos em Goiás um solo fértil para o crescimento da nossa indústria. Aqui também há uma interação entre iniciativa privada e poder público única no País”, disse.
A secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, frisou que, mesmo em meio à crise econômica, o Estado continua a atrair grandes empresas, que já começam a se consolidar e a impulsionar o setor econômico. “A Sierra Móveis terá papel muito importante neste momento em que trabalhamos para que saiamos logo e muito mais fortes da crise que se instalou no País. Goiás continua a cumprir o seu papel de atrair indústrias, com uma política diferenciada de subsídios. É uma honra recebê-los”, disse.
O prefeito de Hidrolândia, Paulo Sérgio Rezende, disse que o município recebe a indústria com alegria e está de portas abertas para tudo o que a empresa precisar. “Acreditamos que a Sierra vai mudar o perfil de Hidrolândia. Por isso estamos abertos a tudo o que vocês precisarem para que este projeto seja concretizado”, afirmou.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

VECCI MOSTRA PREPARO EM DEBATE PROMOVIDO PELA RÁDIO SUCESSO

Debate Rádio Sucesso 3

Com um projeto ancorado no planejamento, pré-candidato respondeu de forma objetiva todas as perguntas e apresentou propostas exequíveis para Goiânia

No primeiro debate entre os pré-candidatos à Prefeitura de Goiânia promovido pela Rádio Sucesso 98,3 FM na manhã desta terça-feira (28), o deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) demonstrou preparo, equilíbrio e competência para conduzir a mudança que a capital precisa, com uma nova forma de administrar. Com um projeto ancorado no planejamento e na regionalização e descentralização da prefeitura, Vecci apresentou propostas para as áreas de gestão pública, meio ambiente, infraestrutura urbana, funcionalismo, mobilidade urbana e desenvolvimento econômico.
Ao se dirigir aos ouvintes, Vecci apresentou brevemente a sua trajetória de trabalho e sustentou que entrou na disputa porque gosta de Goiânia e quer superar os desafios que ela enfrenta hoje com uma gestão eficiente e compartilhada. “Quero fazer uma nova prática política e resolver, junto com a população em uma administração compartilhada, os graves problemas que ela enfrenta”, afirmou o pré-candidato, completando que o que o diferencia dos demais postulantes é sua capacidade de planejamento.
Terceiro pré-candidato a ser sabatinado, Vecci respondeu de forma objetiva e com tranquilidade todas as perguntas. Na primeira, ao ser questionado sobre suas propostas para garantir a transparência e a redução do custo da máquina administrativa, o tucano defendeu que a primeira solução é ter um prefeito presente. “Goiânia precisa de um prefeito total e é fundamental que ele possa se situar da gravidade que ocorre na cidade. É importante ter planejamento e substituir o amadorismo e a improvisação existente”.
Dentro da proposta de criação de 8 subprefeituras, Vecci assegurou que ela atenderá as peculiaridades de cada bairro sem a necessidade de criação de novos cargos e com a participação direta da população com a transparência de suas ações e gastos. Em sua tréplica, ele criticou o entulho burocrático da atual administração e ainda propôs a criação de Vapt Vupt Municipal e restaurante popular em cada uma das subprefeituras.
Na segunda pergunta, cujo tema foi expansão urbana, Vecci voltou a lembrar que Goiânia caminha na contramão da necessidade de transformação de uma cidade compacta. “O mais viável é aproveitar a infraestrutura já instalada e contribuir com a solução do problema habitacional por meio da ocupação dos espaços vazios que já existem”, defendeu. Para o tucano, o adensamento urbano contribui na mobilidade urbana, que hoje está no ranking dos problemas enfrentados pela população goianiense.
O tema funcionalismo público foi lembrado por mais de uma vez ao longo do debate. Vecci apresentou a proposta de energizar a administração pública melhorando a produtividade e qualificando os servidores públicos. Ele garantiu que os direitos dos funcionários serão respeitados e que é preciso implantar a meritocracia na gestão municipal. “Sem essa de quem indica. Temos que escolher as melhoras cabeças, independente de questões partidárias, temos que racionalizar os processos adotando a gestão com tecnologia”.
Seis dos sete pré-candidatos melhores colocados nas últimas pesquisas de intenção de voto compareceram ao debate. Com formato de perguntas livres, cada pré-candidato respondeu a três questionamentos de 2 minutos cada. O debate, mediado pelo apresentador da TV Record, Oloares Ferreira, durou pouco mais de duas horas.
Sem demagogia e populismo
As críticas ao discurso populista e demagógico predominaram em grande parte do debate. Em um de seus questionamentos, Vecci lembrou aos ouvintes que Goiânia precisa mudar a forma de gestão e que não cabe mais nessas eleições a apresentação de propostas demagógicas e populistas. “Acredito que a disputa será o confronto entre quem tem planejamento e o populismo. Às vezes vejo propostas mirabolantes, falam que vão dobrar o número de efetivos da Guarda Municipal e penso como? Como se a Prefeitura de Goiânia não tem dinheiro? ”, alertou.
Vecci também abordou em suas perguntas temas como meio ambiente, ajuste fiscal e desenvolvimento econômico. Sobre o meio ambiente, o pré-candidato afirmou que a atual gestão possui uma visão estreita do conceito sustentabilidade. “A atual gestão mostra uma falta de atenção com o meio ambiente. Há em Goiânia cerca de 80 rios e córregos e existe uma falta de vontade tremenda para resolver isso”, disse, acrescentando que sua proposta é criar um Bônus Ambiental para o cuidado das nascentes.
Na área de desenvolvimento econômico, Vecci destacou que o prefeito precisa apontar os rumos do futuro para construir uma cidade contemporânea e competitiva. Segundo ele, Goiânia não consegue concorrer economicamente com Brasília e cidades vizinhas porque não foram feitas políticas agressivas de apoio e incentivo às empresas. “Goiânia não pode se transformar em cidade dormitório. No ISS, precisamos equalizar as alíquotas ou reduzi-las para diminuir a evasão de empresas e atrair novas indústrias”, defendeu.
Nas considerações finais, Vecci frisou que Goiânia precisa de equilíbrio, serenidade, credibilidade e competência. “Me candidato para devolver os sonhos do goianienses e uma Prefeitura que seja capaz de planejar e realizar. Estou indo de casa em casa e ouvindo o que o povo tem a dizer. Quero humanizar a cidade e fazê-la avançar muito mais. Quero ser o mensageiro da esperança e resgatar o orgulho daqueles que residem aqui”, finalizou.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

MESSI MANDA PÊNALTI PARA A LUA, ARGENTINA SOMA 7º VICE E CHILE É BICAMPEÃO DA AMÉRICA

000_ch0n9_VAHVLfB

Não foi dessa vez que acabou a longa espera do futebol argentino.
Há 23 anos sem conquistar títulos, a Albiceleste voltou a esbarrar no Chile e somou seu sétimo vice-campeonato no período, em distintas competições. A nova medalha de prata veio após empate por 0 a 0 e derrota nos pênaltis por 4 a 2, na decisão da Copa América Centenário, nos Estados Unidos.
Com direito a Lionel Messi isolando para a lua a sua cobrança, a primeira da Argentina no duelo.
E também não foi agora que saiu o primeiro troféu do camisa 10 com a seleção de seu país. O jogador eleito quatro vezes como o melhor do mundo pela Fifa já havia ficado com a medalha de prata na Copa América do ano passado, assim como do Mundial de 2014.
Melhor para os chilenos, que ergueram a segunda taça de Copa América de sua história!
Com a bola rolando neste domingo, o placar da decisão sul-americana foi o mesmo da final do ano passado. E novamente o Chile foi melhor na disputa por penalidades.
Desde a última conquista, a Copa América de 1993, a Argentina havia alcançado seis finais e perdido todas.
Caiu nas decisões da Copa das Confederações de 1995 – então nomeada Copa do Rei Fahd, a última antes de ser rebatizada – e 2005, na Copa do Mundo de 2014 e em três edições do torneio sul-americano (2004, 2007 e 2015).
Fica a dúvida: quando a Argentina vai, enfim, sair do jejum?
O jogo – Brasileiro ‘protagonista’ no 1º tempo
A partida foi quente em Nova Jersey.
E na final da Copa América Centenário nem Messi nem Sánchez foram protagonistas, mas sim o árbitro brasileiro Héber Roberto Lopes.
Ele teve muito trabalho e tomou decisões polêmicas, como uma expulsão para cada lado ainda no primeiro tempo de jogo.
O chileno Díaz levou dois amarelos por faltas em Messi, enquanto o argertino Rojo foi expulso direto após carrinho por trás em Vidal.
Com a bola rolando, o que se viu foi a Argentina mais perto de marcar, principalmente com Higuaín, que perdeu chance incrível.
No primeiro lance do jogo, Banega ficou com a bola na intermediária, avançou e soltou a bomba de fora. A bola passou perto da trave direita de Bravo.
Em seguida, Di María ficou com a bola na entrada da grande área, fintou a marcação, levou para o pé direito e arriscou, mas subiu demais e apenas tiro de meta para Bravo.
No lance seguinte, Higuaín perdeu um gol incrível. Medel deu um presente para o camisa 9, que saiu cara a cara com Bravo e tocou cima, direto pela linha de fundo.
A primeira expulsão veio aos 30 minutos. Messi foi para cima de Marcelo Díaz e levou uma trombada. Héber Roberto Lopes mostrou o segundo amarelo.
No fim da etapa inicial, Rojo chegou duro em Vidal e deu início a uma confusão generalizada no campo. Após os ânimos se acalmarem, o chileno foi mandado para o chuveiro mais cedo.
Segundo tempo nervoso em Nova Jersey
Na etapa complementar, mais nervosismo. E o Chile cresceu de produção.
O segundo tempo foi menos complicado para Héber, mas muito mais tenso em campo. As duas equipes, com a última decisão fresca na memória, preferiram não se arriscar, mas mesmo assim tiveram chances de matar o jogo.
Beausejour levantou na área, Vargas brigou pelo alto, e Di María cortou de qualquer maneira. Isla pegou a sobra e bateu da entrada da área. A bola saiu pela linha de fundo, mas assustou.
No lance seguinte, Sánchez ganhou de Biglia, arrancou pela esquerda, abriu com Isla, que levantou na área. A bola passou por Vargas, chegou em Sánchez, que dominou livre, mas a arbitragem marcou impedimento, em jogada chilena de muito perigo.
A Argentina respondeu com Aguero, que dominou fora da área pela esquerda, levou para o pé direito e soltou uma bomba, para fora.
Aos 45 minutos, os dois times viram nos pés a chance de sair com o título, mas desperdiçaram.
Primeiro, Beausejour recebeu na esquerda, invadiu a área com total liberdade e rolou para Alexis Sánchez. O camisa 7 não conseguiu a finalização, sozinho.
Depois, Messi arrancou pelo meio, levou para a esquerda e soltou uma bomba da entrada da área, por pouco não balançando a rede.
Prorrogação e pênaltis: melhor para o Chile
Na prorrogação, dois bons momentos, um para cada lado.
Aos 8 minutos, o Chile subiu em velocidade com Puch, que dominou na esquerda e cruzou na cabeça de Vargas. O atacante subiu livre e cabeceou, mas Romero salvou.
A Argentina respondeu no minuto seguinte. Messi levantou na grande área, Agüero desviou, e Bravo, com a ponta dos dedos, voou para salvar o Chile.
O jogo foi para os pênaltis.
Do lado chileno, Vidal perdeu a primeira cobrança para a sua seleção, que acertou todas as demais.
Messi isolou seu chute, Biglia bateu nas mãos de Bravo, e mais uma vez a Argentina ficou com a prata. Francisco Silva bateu o chute decisivo.
FICHA TÉCNICA:
ARGENTINA 0 (2) X (4) 0 CHILE
Local: Estádio Metlife, em Nova Jersey (Estados Unidos)
Data: 26 de junho de 2016, domingo
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (BRA)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (BRA) e Bruno Boschilia (BRA)
Público: 82.026 presentes
Cartões amarelos: Javier Mascherano, Lionel Messi, Kranevitter (Argentina); Marcelo Diaz, Arturo Vidal, Jean Beausejour e Charles Aránguiz (Chile)
Cartões vermelhos: Marcos Rojo (Argentina); Marcelo Díaz (Chile)
ARGENTINA: Sergio Romero; Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi, Funes Mori e Marcos Rojo; Javier Mascherano, Lucas Biglia e Éver Banega (Erik Lamela); Lionel Messi, Gonzalo Higuaín (Sergio Aguero) e Dí Maria (Kranevitter). Técnico: Gerardo Martino
CHILE: Claudio Bravo; Mauricio Isla, Gary Medel, Gonzalo Jara e Jean Beausejour; Charles Aránguiz, Marcelo Díaz e Arturo Vidal; José Pedro Fuenzalida (Puch), Eduardo Vargas (Castillo) e Alexis Sánchez (Silva). Técnico: Juan Antonio Pizzi
Fonte: ESPN