domingo, 10 de janeiro de 2016

Totalmente informatizada, matrícula na rede estadual é realizada sem transtorno


Governo Marconi Perillo implanta matrícula 100% informatizada e pedidos de vagas na rede estadual transcorrem sem registros de problemas

A rede estadual de ensino, com mais 1.100 escolas, atenderá, este ano, quase 470 mil alunos


Os alunos que solicitaram matrícula nas escolas do Governo de Goiás foram atendidos com comodidade, segurança e tranquilidade, sem registro de transtornos. Na próxima semana (de segunda-feira, 11 de janeiro, a sexta-feira, 15 de janeiro), os estudantes, pais ou responsáveis devem comparecer à unidade para a qual solicitaram vaga e confirmar a matrícula. Os constantes investimentos feitos pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), garantiram o aprimoramento do atendimento às matrículas, que agora são processadas em um sistema totalmente informatizado.
Integrado ao programa de inovação tecnológica Goiás 360, implantado em outubro do ano passado pela Seduce, o processo de matrícula foi disponibilizado exclusivamente de forma virtual, sendo acessado tanto por meio de ligação gratuita (0800.6456556quanto pela internet, via computador fixo, celular ou tablet.
E para garantir que toda a demanda fosse atendida com agilidade, a Seduce ampliou o horário de atendimento ao público durante o período de matrículas, ocorrido de 26 de novembro a 28 de dezembro. Com isso, o Call Center funcionou ininterruptamente das 7 às 21 horas, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, das 7 às 14 horas, incluindo o dia 24 de dezembro, véspera do Natal.
Em 2016, a rede estadual de ensino vai atender 467.617 estudantes, sendo 383.068 veteranos e 71.852 novatos. Entre os alunos que estão chegando, 11.261 solicitaram vagas para escolas da Capital e 60.591 estão distribuídos pelo interior. A maior procura ficou concentrada no Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º ano), sendo registrados 25.034 pedidos para turmas no vespertino e 16.297 para o matutino. A terceira maior demanda está no Ensino Médio (1º, 2º ou 3º ano), com 11.673.
No Ensino Fundamental I (da 1ª a 5ª série/matutino ou vespertino), estão matriculadas 3.640 crianças. Na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos – 1ª, 2ª e 3ª etapas/três períodos), o número de novas vagas é de 3.649. O sistema de matrículas também contabilizou 12.697 pedidos de transferência.
Radiografia
De acordo com levantamento da Superintendência de Acompanhamento de Programas Institucionais (Sapi), o acréscimo de novos alunos, em relação ao ano passado, foi de 24.261. Já em 2014, os novatos somavam 60.723 e, em 2013, 59.436. Nos últimos cinco anos, a maior procura foi em 2011, com 105.317 estudantes.
O processo de matrículas na rede estadual de educação é composto por várias etapas. A primeira delas é a solicitação de vagas, ocorrida entre os dias 26 de novembro e 28 de dezembro. Quem perdeu esse prazo e não solicitou vaga, mas tem interesse em estudar em uma escola pública estadual deverá procurar pessoalmente a instituição de sua preferência após o dia 18 de janeiro e verificar a disponibilidade de vagas.
Durante a matrícula, o aluno ou pai de aluno indicará três escolas de sua preferência, mas caberá à Seduce indicar em qual delas há vagas disponíveis. Essa definição é feita com base na distância entre a casa do aluno e a unidade educacional.
Confirmação de matrícula
A segunda etapa é destinada à confirmação da matrícula, que deverá ser feita entre os dias 11 e 15 de janeiro por meio do Call Center (0800.645.6556) ou pelo portal www.matricula.go.gov.br. Nesse momento, será informado o nome e o endereço da escola aonde o aluno foi alocado. De posse dessas informações, o aluno ou seus pais deverão procurar pessoalmente a instituição de ensino levando seus documentos pessoais, comprovante de endereço e Declaração ou Histórico Escolar.
As aulas do primeiro semestre letivo da rede estadual de ensino terão início no dia 20 de janeiro. Os dias 18 e 19 estão reservados para planejamento pedagógico.