segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Goiás vence terceira seguida no Goianão. Veja o gol com a narração de Luiz Gama!


Thalita Aquino – Com gol do lateral-esquerdo Juninho o Goiás bateu a Anapolina por 1 a 0, noEstádio Hailé Pinheiro (Serrinha), e chegou a terceira vitória seguida no Campeonato Goiano, já que havia derrotado Vila Nova e Aparecidense nas rodadas anteriores.
O resultado deixa o Verdão disparado na liderança do Grupo A, agora com nove pontos. Anapolinasegue sem vencer no goianão e soma apenas um ponto, ocupando a quarta colocação do Grupo B.
Pela quarta rodada o Goiás enfrenta o Goianésia, quarta-feira, no Estádio Valdeir José de Oliveira,em Goianésia ás 21h45. A Anapolina também joga na quarta-feira, contra o Trindade, ás 20h30, noEstádio Jonas Duarte, em Anápolis.
O Jogo
Logo com um minuto de jogo, o Goiás teve a primeira chance de abrir o placar. Após falha da zaga daAnapolina, o atacante Rafhael Lucas roubou a bola e saiu na cara do gol, mas chutou pra fora. Com 11 minutos, o Verdão chegou a balançar as redes em chute de Carlos Eduardo, mas foi marcado o impedimento e o lance foi anulado.
Aos 16 minutos, o Goiás quase abriu o marcador. Carlos Eduardo realizou cruzamento para Patrick, que chutou para a defesa do goleiro Toni. De tanto pressionar, o Verdão marcou aos 18 minutos. O lateral-esquerdo Juninho apareceu livre dentro da área, chutou no canto e fez a festa da torcida naSerrinha.
Após o gol, o Goiás quase ampliou o marcador. Com 20 minutos, após cruzamento da esquerda,Rafhael Lucas chegou atrasado e perdeu a oportunidade. Na sequência, em dois lances, o Goiás não marcou mais um gol por detalhe. Na primeira jogada, o jovem Carlos Eduardo passou para Daniel Carvalho, que não dominou a bola. Um minuto depois, em novo cruzamento, Wendel chegou atrasado.
O primeiro chute da Anapolina no jogo foi aos 34 minutos. Bruno Morais arriscou de longe e a bola foi pela linha de fundo. Dois minutos depois, o Goiás quase marcou com o atacante Rafhael Lucas, que saiu na frente o gol e chutou na trave.
Anapolina quase chegou ao empate em jogada aos 39 minutos. Após jogada pela ponta esquerda,Jefferson Abreu apareceu livre e chutou pra fora. No último lance do primeiro tempo, Carlos Eduardosaiu na cara do gol e Toni fez grande defesa evitando o segundo gol do Verdão.
Assim como terminou a primeira etapa, o jogo começou quente no segundo tempo. Logo com dois minutos, Carlos Eduardo saiu na cara do gol, tentou o chute no canto e o goleiro Toni defendeu. No lance seguinte, a Anapolina quase empatou o jogo. O meia Irlan chutou de fora da área e quase surpreendeu o goleiro Renan, que praticou a defesa.
No lance seguinte, a Anapolina chegou mais uma vez, mas foi assinalado o impedimento. Aos nove minutos, o atacante Zé Uilton saiu na cara do goleiro Renan, e chutou forte na rede pelo lado de fora. Com 18 minutos, Willian arriscou de longe e a bola foi por cima do gol.
Com o forte calor na Serrinha, os jogadores diminuíram o ritmo e passaram a trocar passes no meio de campo. Aos 29 minutos, o Goiás teve a chance de marcar o segundo gol. O atacante Rafhael Lucasrecebeu a bola dentro da área, chutou forte e o goleiro Toni fez boa defesa. A Anapolina tentou exercer uma pressão no final do jogo em busca do empate, mas não teve sucesso.
Veja o gol da vitória do gol com a vibrante narração de Luiz Gama!
FICHA TÉCNICA:
GOIÁS 1 x 0 ANAPOLINA
Local: Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia
Data: 06/02/2016
Horário: 10h
Árbitro: Breno Souza
Assistentes: Cleyton Pereira e Edson Antônio
Gol: Juninho (18’1ºT)
Cartão amarelo: Caique (Anapolina)
Cartões vermelhos: Rafhael Lucas (Goiás); Luiz Fernando (Anapolina)
Público pagante: 3.713
Público presente: 4.117
Renda: R$ 42.330
Goiás: Renan; Sueliton, Wesley Matos, David e Juninho; Wendel, Patrick (Murilo), Willian, Carlos Eduardo (Wagner) e Daniel Carvalho (Liniker); Rafhael Lucas.
Técnico: Enderson Moreira
Anapolina: Toni; Evandro (Jhoninha), Luiz Fernando, Oscar e Jefferson Abreu; Caique, Zé Neto, Irlan e Bruno Morais (Renatinho); Zé Uilton (Diego Higino) e Claudecir.
Técnico: Jorge Saran