sábado, 19 de março de 2016

Alunos de Direito da PUC denunciam ameaça para quem é contra o governo Dilma


Centro Acadêmico afirma que reitoria ameaçou estudantes que protestavam contra governo federal
Alunos do curso de Direito da PUC Goiás acusam a universidade de atuar em favor do governo da presidente Dilma Rousseff e defender o Partido dos Trabalhadores (PT).
Em nota, o Centro Acadêmico Clóvis Bevilácquia (CACB) conta que a reitoria da PUC Goiás determinou a paralisação de um protesto contra a gestão federal iniciado, nesta sexta-feira (18/3), dentro do Centro Acadêmico do curso de Direito, no campus V, sob pena de advertência aos envolvidos no ato.
No comunicado assinado pelo diretor de Iniciação Científica, João Carlos Tomás dos Santos, e pelo diretor de Cultura, Rodrigo Rizzo Vasques Filho, o grupo argumenta que “não cabe à instituição intervir no movimento estudantil, tendo em vista a independência do espaço do Centro Acadêmico”.
“É uma pena ter nossas instituições estudantis tomadas pela esquerda comandada pelo PT, que utiliza de suas atribuições para ameaçar estudantes que protestam contra sua ideologia petista”, diz a nota.
O CACB também destaca que irá continuar combatendo o modelo do governo petista, “ainda que seus integrantes continuem sendo ameaçados”.
Por fim, o Centro Acadêmico critica a universidade por não se ater aos problemas estruturais de suas unidades, alegando “precariedade em suas instalações. “Fora Dilma!”, finaliza a nota.Captura de Tela 2016-03-19 às 08.57.51
Fonte – O Jornal Opção