terça-feira, 31 de maio de 2016

ARQUIVADA A BABOSEIRA DO DEPUTADO MAJOR ARAÚJO SOBRE IMPEACHMENT

Arquivado pedido de Major Araújo

Nem os deputados da oposição deram ouvidos a loucura de Major Araújo sobre impeachment de Marconi

A baboseira que o deputado estadual Major Araújo (PRP), partido comandado em Goiás pelo inimigo declarado do governador Marconi Perillo, Jorcelino Braga, alimentou em sua mente transbordante de ódio chegou ao fim. Major Araújo queria porque queria que Marconi Perillo sofresse impeachment pelos mesmo motivos da presidente Dilma Rousseff. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Helio de Sousa (PSDB), anunciou em Plenário, na sessão ordinária dessa segunda-feira, 30, que o pedido de impeachment contra o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), impetrado pelo deputado Major Araújo (PRP) foi rejeitado por ele. Nem mesmo os demais deputados da oposição na Assembleia Legislativa de Goiás deram ouvidos a loucura do deputado Major Araújo e o abandonaram na sua viagem na maionese.
Helio de Sousa, assessorado pela Procuradoria da Assembleia Legislativa, entendeu que os três supostos crimes de responsabilidade apontados pelo denunciante tratam-se de meras suposições, sem embasamento material. O presidente argumentou ainda que as denúncias versam sobre supostos episódios que ocorreram em outros mandatos, e não no atual, e que por isso não podem ser considerados.
Cabe ao presidente da Assembleia Legislativa, assim como ao presidente da Câmara Federal e das Câmaras Municipais, aceitar ou rejeitar pedido de impedimento contra os respectivos representantes do Poder Executivo. A decisão, discorre o Agravo Regimental nº 30.672, de autoria do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, “não se restringe a uma admissão meramente burocrática, cabendo-lhe, inclusive, a faculdade de rejeitá-la, de plano, caso entendam ser patentemente inepta ou despida de justa causa”.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

COM NEYMAR E CIA, BRASIL PEGA O JAPÃO EM GOIÂNIA ANTES DAS OLIMPÍADAS

Neymare no Serra-Dourada
Neymar, Gabigol, Gabriel Jesus e demais craques da Seleção Brasileira Olímpica vão jogar em Goiânia antes da estreia nas Olimpíadas 2016. Está tudo certo entre a CBF e Federação Japonesa de futebol. Brasil e Japão vão mesmo se enfrentar em Goiânia num amistoso já confirmado para o dia 30 de julho às 16:30 no estádio Serra-Dourada.
A partida que será o último amistoso da Seleção Brasileira antes das Olimpíadas 2006 era para ser realizada no novíssimo Estádio Olímpico que o estado de Goiás está finalizando nos próximos dias. Todavia, a CBF fez uma vistoria no Olímpico e preferiu o Serra-Dourada por ser um palco maior e pelo fato do amistoso com o Japão ter a necessidade de receber um público em torno de 30 milo expectadores.
A Seleção Brasileira olímpica estreará nos jogos olímpicos no Estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF, no dia 4 de Agosto diante da África do Sul. Na 1ª Fase da competição o time de Dunga enfrenta também o Iraque e a Dinamarca. Já a seleção do Japão terá na Rio-2016 como adversários na fase de classificação as seleções da Suécia, Nigéria e Colômbia.
O governo de Goiás pretende mesmo assim um grande jogo de futebol para marcar a inauguração do novo estádio Olímpico em Goiânia. O governador Marconi Perillo já adiantou que teremos um grande evento para marcar a volta de grandes espetáculos de futebol no centro da capital.

domingo, 29 de maio de 2016

AVIÃO DE PEQUENO PORTE CAI ÀS MARGENS DE RODOVIA, EM GOIÁS

aviao3_YcYuGpy
Um avião de pequeno porte caiu neste domingo (29) às margens da GO-139, em Corumbaíba, no sul de Goiás. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, quatro pessoas morreram no acidente.
A Polícia Rodoviária Estadual informou que a aeronave caiu no km 23, a 200 metros da rodovia e próximo a uma pista de pouso da região. Com o impacto, um incêndio carbonizou o avião e também os corpos dos ocupantes.
Após a queda, a polícia isolou o local e o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o incêndio e retirar os corpos dos destroços. “Está confirmado que era um piloto e três passageiros. Testemunhas disseram que ele fazia voos panorâmicos na região e, durante um desses passeios, aconteceu o acidente”, explicou o subtenente da corporação, Fábio Mesquita.
Por telefone, a assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) informou que uma equipe do Cenipa já foi avisada e vai se deslocar para o local do acidente ainda nesta tarde para começar as investigações.
Avião caiu durante voo panorâmico em Corumbaíba, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Avião foi carbonizado após queda, em Corumbaíba (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Avião caiu durante voo panorâmico em Corumbaíba, em Goiás (Foto: Divulgação/Bombeiros)
Segundo bombeiros (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

sexta-feira, 27 de maio de 2016

PEDRO CORRÊA DESTRÓI LULA AO APONTA-LO COMO GERENTE DA CORRUPÇÃO NA PETROBRAS

Pedro Corrêa entrega Lula

Em delação premiada, ex-deputado conta como Lula gerenciava pessoalmente o escândalo do Petrolão

O fim definitivo do mito Luiz Inácio Lula da Silva está decretado! O quase “Santo Lula” acaba de ser desmascarado de uma vez por todas pelo maior recebedor de propina da política brasileira, o ex-deputado Pedro Corrêa, que revelou à justiça receber propina na vida pública desde os anos 70. A Revista VEJA teve acesso aos 72 anexos de sua delação premiada, que resultam num calhamaço de 132 páginas. Ali está resumido o relato do médico pernambucano que usou a política para construir fama e fortuna. Com sete mandatos de deputado federal, Pedro Corrêa detalha esquemas de corrupçãoque remontam aos governos militares, à breve gestão de Fernando Collor, passando por Fernando Henrique Cardoso, até chegar ao nirvana – a era petista. Ele aponta como beneficiários de propina senadores, deputados, governadores, ex-governadores, ministros e ex-ministros dos mais variados partidos e até integrantes do Tribunal de Contas da União.
Além de novos personagens, Corrêa revela os métodos. Conta como era discutida a partilha de cargos no governo do ex-­presidente Lula e, com a mesma simplicidade com que confessa ter comprado votos, narra episódios, conversas e combinações sobre pagamentos de propina dentro do Palácio do Planalto. O ex-presidente Lula, segundo ele, gerenciou pessoalmente o esquema de corrupção da Petrobras – da indicação dos diretores corruptos da estatal à divisão do dinheiro desviado entre os políticos e os partidos. Corrêa descreve situações em que Lula tratou com os caciques do PP sobre a farra nos contratos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras, comandada por Paulo Roberto Costa, o Paulinho.
Uma das passagens mais emblemáticas, segundo o delator, se deu quando parlamentares do PP se rebelaram contra o avanço do PMDB nos contratos da diretoria de Paulinho. Um grupo foi ao Palácio do Planalto reclamar com Lula da “invasão”. Lula, de acordo com Corrêa, passou uma descompostura nos deputados dizendo que eles “estavam com as burras cheias de dinheiro” e que a diretoria era “muito grande” e tinha de “atender os outros aliados, pois o orçamento” era “muito grande” e a diretoria era “capaz de atender todo mundo”. Os caciques pepistas se conformaram quando Lula garantiu que “a maior parte das comissões seria do PP, dono da indicação do Paulinho”. Se Corrêa estiver dizendo a verdade, é o testemunho mais contundente até aqui sobre a participação direta de Lula no esquema da Petrobras.
Fonte: Veja

quinta-feira, 26 de maio de 2016

GRAMPOS DE DILMA E LULA OBSTRUINDO A LAVA JATO SÃO LEGAIS, SEGUNDO O MPF


O que o PT mais temia depois da ação aloprada de Dilma Rousseff para salvar Luiz Inácio Lula da Silva da cadeia, finalmente aconteceu. Os grampos que flagraram Dilma e Lula agindo descaradamente para obstruir a justiça na Operação Lava Jato são considerados legais pelo Ministério Público Federal.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) defendendo a legalidade das escutas de conversas travadas em março entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, hoje afastada do cargo. A opinião foi dada para instruir um pedido da Advocacia Geral da União (AGU) para anular a validade das escutas e também a divulgação dos áudios. O grampo a telefones de Lula foi autorizado pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Lava-Jato na primeira instância.
O recurso da AGU contra a legalidade dos grampos será julgado pelo STF em data ainda não agendada. Em março, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava-Jato no tribunal, determinou que Sérgio Moro enviasse para a corte as investigações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — inclusive os áudios, que passaram a ser sigilosos.
Os documentos e os áudios das investigações seguiram para o STF. Em seguida, a PGR somou outros elementos a essas provas — como a delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral (sem partido-MS) e discursos da presidente — e pediu abertura de inquérito contra Dilma e Lula. O caso está oculto e o tribunal não informa se as investigações foram abertas. A suspeita é de que houve tentativa de obstrução da Justiça.
Em uma das conversas, Dilma diz que está enviando a Lula, por meio de um emissário, o termo de posse na Casa Civil, para ele usar se for necessário. A suspeita é de que o documento livraria o ex-presidente das investigações de Moro, já que ele teria direito ao foro especial depois de empossado no cargo.
No recurso apresentado ao STF em março, a AGU argumentou que Moro não poderia gravar uma conversa com a presidente Dilma, por conta do foro especial. O órgão pediu para ser declarada ilegal a decisão que deu publicidade aos diálogos, por ter colocado “em risco a soberania nacional”.
Com informações de O Globo

segunda-feira, 23 de maio de 2016

DEPUTADO HUMBERTO AIDAR, DO PT, ELOGIA GESTÃO DE MARCONI PERILLO

Marconi e Humbereto aidar
O deputado estadual Humberto Aidar (PT) elogiou o comprometimento do governador Marconi Perillo com o Estado e sua postura republicana como gestor. As declarações de reconhecimento foram dadas no último domingo (22), em Ouro Verde Goiás, município localizado a 60 quilômetros da capital, durante entrega de obras do Governo Estadual, realizadas em parceria com a prefeitura e o Governo Federal.
“Eu, com cinco mandatos na Assembleia Legislativa, tenho tido com os governos passados e com o governador a melhor das relações, ajudando-o na Assembleia, dando nossa chancela em tudo que é bom para o Estado. A prova é de conseguimos junto ao governador, trazer esta ambulância para o município”, destacou Humberto Aidar. “Nossa amizade com o governador supera qualquer adversidade política”, afirmou.
Representando o governador, o secretário de Governo, Henrique Tibúrcio, visitou a cidade e, ao lado presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, oficializou a entrega de 40 casas, construídas numa ação conjunta das administrações municipal, estadual e federal; de doze mil metros quadrados de asfalto e de um CMEI, cujo espaço foi doado pelo governo estadual e reformado pela prefeitura.
Além das obras, foram entregues uma ambulância e uma van. Os anúncios dos benefícios foram feitos durante o encerramento da 5ª Festa dos Carreiros do município. Os 12 mil metros quadrados de asfalto custaram quase R$ 500 mil, recursos do programa Rodovida, da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop). Para a construção das 40 casas, o governo estadual, por meio da Agehab, contribuiu com R$ 200 mil, recursos do programa Cheque Mais Moradia. O restante ficou a cargo do governo federal e prefeitura.
“Nosso governo é municipalista, age sem cor partidária, pensando sempre no povo do estado de Goiás”, destacou o secretário Henrique Tibúrcio. “Não há nada que dignifique mais uma família do que ter sua casa própria, seu lugar de morar”, falou sobre a entrega das casas.
O prefeito Jaime Ricardo Ferreira ressaltou o trabalho conjunto com o governo estadual. “O grande parceiro do município é o governo de Goiás. Sem esta parceria não conseguiríamos realizar estas obras”, disse. Durante a festa, o secretário Henrique Tibúrcio representou o governador Marconi Perillo ao ser homenageado por uma criança atendida no CMEI da cidade.

LAVA JATO NA RUA. PF DEFLAGRA A 29ª ETAPA DA OPERAÇÃO QUE INVESTIGA O PETROLÃO

Ao todo estão sendo cumpridos 6 mandados de busca e apreensão, 1 mandado de prisão preventiva e 2 mandados de prisão temporária nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Recife.
Nesta etapa são investigados os crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa envolvendo verbas desviadas do esquema criminoso na Petrobrás.
Um dos investigados foi assessor do ex-deputado federal José Janene e tesoureiro do Partido Progressista. Foi, juntamente com o deputado, denunciado na Ação Penal 470 do STF (Mensalão), acusado de sacar cerca de um milhão e cem mil reais de propinas em espécie das contas da empresa SMP&B Comunicação Ltda., controlada por Marcos Valério Fernandes de Souza, para entrega a parlamentares federais do Partido Progressista, no escândalo criminal conhecido vulgarmente por “Mensalão”.
Naquele feito, foi condenado no julgamento pelo Plenário do STF por corrupção e lavagem, mas houve prescrição quanto à corrupção e, quanto à lavagem, foi ele posteriormente absolvido no julgamento dos sucessivos embargos infringentes sob o argumento de atipicidade.
Surgiram, porém, elementos probatórios que apontam a sua participação também no esquema criminoso que vitimou a Petrobrás, motivo pelo qual passou a ser investigado novamente na Operação Lava Jato, onde as investigações apontam que ele continuou recebendo repasses mensais de propinas, mesmo durante o julgamento do Mensalão e após ter sido condenado, repasses que ocorreram pelo menos até o ano de 2013.
A operação foi batizada de REPESCAGEM em razão do principal investigado já ter sido processado no Mensalão e agora, novamente, na Lava Jato.
Os presos e o material apreendido devem ser levados ainda hoje para a PF em Curitiba.
Fonte: O Estadão

sábado, 21 de maio de 2016

MENINO SOBREVIVE A CORTE NO PESCOÇO POR LINHA COM CEROL: ‘MEDO DE MORRER’

rodovia_C0F6w76
O estudante Thiago Nascimento Domingos, de 9 anos, conta que ficou desesperado, na quinta-feira (19), ao ter o pescoço cortado por linha de pipa com cerol, que é uma mistura de cola com vidro moído. Ele foi atingido pelo fio enquanto passeava de bicicleta na rua da casa onde mora, no Bairro Adriana Parque, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Ao notar o ferimento, ele desceu da bicicleta e correu para pedir ajuda à mãe.
“Tive muito medo de morrer. Saiu muito sangue, minha roupa ficou toda molhada de sangue”, contou o menino, após receber alta médica, nesta sexta-feira (20).
Tiago foi ferido no fim da tarde. Segundo a mãe do menino, a dona de casa Ivana Carla da Mata Nascimento, de 33 anos, o acidente ocorreu a cerca de 30 metros de distância da residência deles. Ela estava sentada na porta de casa quando o filho se machucou.
“Ele veio correndo com a mão no pescoço. Eu coloquei a mão por cima e depois um pano para reter o sangue até os bombeiros chegarem. Eu só pensava que tinha que salvar o meu filho. Eu fiquei desesperada depois, quando o socorro chegou”, relatou a dona de casa.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao chegar ao local, a equipe encontrou a criança sentada e consciente. “Ele estava agitado devido ao número de pessoas e ao volume de sangue na roupa dele”, explicou o tenente Vilmar Teixeira de Andrade.
Os bombeiros prestaram os primeiros socorros e levaram o menino ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). A mãe conta que o filho precisou tomar calmante devido ao susto: “Ele chorou, gritou, chamou por Deus. Disse que Deus é fiel e não ia deixar ele morrer”. A criança recebeu alta médica nesta manhã.
O tenente disse que casos de ferimentos com cerol são comuns na cidade. “É um problema antigo que nós temos. A gente trabalha com campanhas de conscientização, principalmente dos pais, para alertar sobre os riscos do cerol, mas ainda continua tendo casos. Os pais devem orientar as crianças para que não usem cerol”, ponderou Andrade.
Fonte: G1 Goiás

quinta-feira, 19 de maio de 2016

ENCONTRADO CORPO DE CORRETORA QUE ESTAVA DESAPARECIDA

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Marconi em Nova York: crescimento econômico tornou Goiás reconhecido no Brasil e no exterior.

Marconi em Nova York: crescimento econômico tornou Goiás reconhecido no Brasil e no exterior.


No primeiro dia da missão comercial nos Estados Unidos, governador afirma que estímulo da administração estadual à economia inseriu Goiás na agenda internacional

Nova York, 16 de maio de 2016 – O governador Marconi Perillo afirmou nesta segunda-feira (16/5), após participar de reuniões e do encerramento do pregão da Bolsa de Valores de Nova York, que o aumento da participação de Goiás em eventos internacionais é resultado do reconhecimento do avanço administrativo e econômico do Estado nos últimos anos. Marconi esteve na Bolsa de Valores de York ao lado do ex-presidente do Banco Central do Brasil, Armínio Fraga, principal palestrante do 5.º World Economy and Brazil.
“Goiás tem hoje um prestígio muito grande fora do Brasil graças ao trabalho que estamos fazendo para organizar as finanças, impulsionar o desenvolvimento do Estado, e principalmente graças ao fato de Goiás ter crescido, nos últimos 16 anos, 10 vezes”, afirmou Marconi, em referência ao crescimento do Produto Interno Bruto do Estado entre 1999 e o ano passado – de R$ 17,4 bilhões para R$ 160 bilhões. “Por tudo que Goiás representa hoje em termos de avanços tecnológicos e da gestão, nosso Estado é reconhecido e convidado para um evento tão emblemático como esse aqui”, afirmou o governador, em referência à agenda da Missão Comercial do Governo de Goiás nos Estados Unidos.
Entre as áreas em que o Governo de Goiás vem apostando para impulsionar o crescimento da economia, o governador citou a política de incentivos fiscais, a modernização da gestão, a inovação e a competitividade. “São políticas de governo formuladas em sintonia com o setor produtivo, trabalhadores e empresários, com foco na geração de emprego e renda”, disse o governador. Os compromissos da Missão Comercial começaram nesta segunda-feira e se estendem até a próxima quarta-feira, dia 18 de maio.
Nesta terlça-feira (17 de maio), Marconi participa de conferência promovida pelo Banco BTG. Na quarta-feira, o governador apresenta as potencialidades econômicas de Goiás no Lide Business e participa da Conferência do Açúcar e do Etanol, evento anual que discute os investimentos e as políticas públicas voltadas para o setor. Nesta segunda-feira, mais cedo, o governador esteve no 5º World Economy and Brazil, onde afirmou que o Brasil precisa fazer as reformas estruturantes necessárias à retomada do crescimento.
As reformas também foram o ponto central das apresentações de todos os palestrantes. “Perdemos 14 anos no Brasil sem reformas. É preciso reconquistar esse espaço perdido focando para valer, priorizando para valer e buscando consenso em relação a essas reformas”, afirmou Marconi após o evento, em entrevista à imprensa. As reformas estruturantes são sempre muito difíceis, polêmicas, mas absolutamente necessárias. Sem passar por elas o Brasil não vai conseguir chegar a esse patamar de prosperidade que nós desejamos”, disse o governador.
O debate foi feito entre o fundador da Gávea Investimentos e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Arminio Fraga; o Diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Carlos Geraldo Langoni, e o diretor e economista do Banco Bradesco, Octavio de Barros.
O governador lembrou ainda que os palestrantes reconheceram a importância do agronegócio para a economia brasileira, e que é preciso fortalecê-lo. “Todos são unânimes em dizer que se desperdiça muito dinheiro no Brasil por falta de planejamento, por falta de bons projetos e por conta da falta de foco na gestão”, frisou. Ele informou que está, junto à sua comitiva, conversando com investidores fortíssimos, tanto do Brasil quanto dos Estados Unidos, que são potenciais industriais do futuro em Goiás.
Marconi na Bolsa de Valores
Marconi em Nova York 1

Marconi em Nova York: crescimento econômico tornou Goiás reconhecido no Brasil e no exterior.

Marconi em Nova York: crescimento econômico tornou Goiás reconhecido no Brasil e no exterior.


No primeiro dia da missão comercial nos Estados Unidos, governador afirma que estímulo da administração estadual à economia inseriu Goiás na agenda internacional

Nova York, 16 de maio de 2016 – O governador Marconi Perillo afirmou nesta segunda-feira (16/5), após participar de reuniões e do encerramento do pregão da Bolsa de Valores de Nova York, que o aumento da participação de Goiás em eventos internacionais é resultado do reconhecimento do avanço administrativo e econômico do Estado nos últimos anos. Marconi esteve na Bolsa de Valores de York ao lado do ex-presidente do Banco Central do Brasil, Armínio Fraga, principal palestrante do 5.º World Economy and Brazil.
“Goiás tem hoje um prestígio muito grande fora do Brasil graças ao trabalho que estamos fazendo para organizar as finanças, impulsionar o desenvolvimento do Estado, e principalmente graças ao fato de Goiás ter crescido, nos últimos 16 anos, 10 vezes”, afirmou Marconi, em referência ao crescimento do Produto Interno Bruto do Estado entre 1999 e o ano passado – de R$ 17,4 bilhões para R$ 160 bilhões. “Por tudo que Goiás representa hoje em termos de avanços tecnológicos e da gestão, nosso Estado é reconhecido e convidado para um evento tão emblemático como esse aqui”, afirmou o governador, em referência à agenda da Missão Comercial do Governo de Goiás nos Estados Unidos.
Entre as áreas em que o Governo de Goiás vem apostando para impulsionar o crescimento da economia, o governador citou a política de incentivos fiscais, a modernização da gestão, a inovação e a competitividade. “São políticas de governo formuladas em sintonia com o setor produtivo, trabalhadores e empresários, com foco na geração de emprego e renda”, disse o governador. Os compromissos da Missão Comercial começaram nesta segunda-feira e se estendem até a próxima quarta-feira, dia 18 de maio.
Nesta terlça-feira (17 de maio), Marconi participa de conferência promovida pelo Banco BTG. Na quarta-feira, o governador apresenta as potencialidades econômicas de Goiás no Lide Business e participa da Conferência do Açúcar e do Etanol, evento anual que discute os investimentos e as políticas públicas voltadas para o setor. Nesta segunda-feira, mais cedo, o governador esteve no 5º World Economy and Brazil, onde afirmou que o Brasil precisa fazer as reformas estruturantes necessárias à retomada do crescimento.
As reformas também foram o ponto central das apresentações de todos os palestrantes. “Perdemos 14 anos no Brasil sem reformas. É preciso reconquistar esse espaço perdido focando para valer, priorizando para valer e buscando consenso em relação a essas reformas”, afirmou Marconi após o evento, em entrevista à imprensa. As reformas estruturantes são sempre muito difíceis, polêmicas, mas absolutamente necessárias. Sem passar por elas o Brasil não vai conseguir chegar a esse patamar de prosperidade que nós desejamos”, disse o governador.
O debate foi feito entre o fundador da Gávea Investimentos e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Arminio Fraga; o Diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Carlos Geraldo Langoni, e o diretor e economista do Banco Bradesco, Octavio de Barros.
O governador lembrou ainda que os palestrantes reconheceram a importância do agronegócio para a economia brasileira, e que é preciso fortalecê-lo. “Todos são unânimes em dizer que se desperdiça muito dinheiro no Brasil por falta de planejamento, por falta de bons projetos e por conta da falta de foco na gestão”, frisou. Ele informou que está, junto à sua comitiva, conversando com investidores fortíssimos, tanto do Brasil quanto dos Estados Unidos, que são potenciais industriais do futuro em Goiás.
Marconi na Bolsa de Valores
Marconi em Nova York 1

Morre o cantor Cauby Peixoto aos 85 anos em São Paulo

Morre o cantor Cauby Peixoto aos 85 anos em São Paulo


Morreu na noite de domingo (15), às 23h50, o cantor Cauby Peixoto, de 85 anos, em São Paulo.  Cauby estava internado com pneumonia no hospital Sancta Margiorre, na capital paulista, desde o dia 9 de maio. Um comunicado foi colocado na página oficial do Facebook do cantor.
— Com muita dor e pesar informamos aos amigos e fãs que nosso ídolo Cauby Peixoto acaba de falecer às 23:50 do dia 15 de maio. Foi em paz e nos deixa com eterna saudades. Pra sempre Cauby!
Por volta das 7h desta segunda-feira (16), o corpo do cantor permanecia no hospital. Seu corpo será velado na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), na zona sul, de onde vai partir para o Cemitério Congonhas. O sepultamento está previsto para as 16h30 desta segunda-feira.
Cauby nasceu em Niterói, Rio de Janeiro, em 10 de fevereiro de 1931. O artista estava internado desde o último dia 9 no hospital Sancta Maggiore, na zona oeste de São Paulo, com um quadro de pneumonia, informou sua assessoria.
Ao lado da parceira de longa data Ângela Maria, Cauby estava em turnê pelo Brasil com o show “120 Anos de Música”. No repertório, baseado no disco “Reencontro”, músicas que marcaram as trajetórias dos dois artistas, como “Vida de Bailarina”, “Gente Humilde” e “Bastidores”. Eles fariam uma apresentação no Sesc, neste fim de semana, em ocasião da Virada Cultural. A última apresentação do cantor foi no dia 3 de maio, no Theatro Municipal do Rio.
No início de 2015, o cantor chegou a cancelar, devido a problemas e saúde, sua participação no espetáculo “Falando de Amor”.
O velório do artista será na Assembleia Legislativa de São Paulo, próximo ao parque Ibirapuera. O enterro deve ocorrer a partir das 17h, no cemitério Congonhas, na zona sul, onde a família de Ângela Maria tem jazigo, informou o marido da cantora.

domingo, 15 de maio de 2016

Vecci propõe recriar o Banco do Povo Municipal em Goiânia para auxiliar os microempreendedores

Vecci propõe recriar o Banco do Povo Municipal em Goiânia para auxiliar os microempreendedores


Pré-candidato a prefeito destaca que medida vai auxiliar na geração de emprego e renda

Em entrevista concedida à rádio comunitária de Campinas, na manhã deste sábado (14), o pré-candidato a prefeito de Goiânia, deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB), destacou que vai reabrir o Banco do Povo Municipal, que funcionava na cidade. O tucano, que ajudou na criação do órgão na esfera estadual, na primeira gestão do governo Marconi Perillo (PSDB), ressaltou que a Prefeitura deve investir em programas do gênero para oferecer um auxílio mais eficiente aos comerciantes.
“A grande maioria dos empregos gerados vem de pequenas empresas”, afirmou. Vecci lamentou que o Banco do Povo Municipal, ferramenta importante para auxiliar os pequenos empreendedores, não esteja em funcionamento na capital. “Infelizmente, aqui, a Prefeitura de Goiânia fechou o Banco do Povo. Minha proposta é reabri-lo para ajudar o micro, o pequeno empresário, para que ele possa montar o seu próprio negócio e gerar sua própria renda”, concluiu.
As ideias de incentivo ao comércio goianiense citadas por Vecci também abrangeram os médios e grandes empresários. Para ele, a Prefeitura deve investir na divulgação dos programas que ela possui. “É fundamental que a Prefeitura de Goiânia tenha programas, tenha linhas de crédito, que vão incentivar os comerciantes, quer seja pequeno, médio, quer seja grande e, assim, gerar emprego”, destacou. Vecci reiterou que propostas dessa natureza são fundamentais no atual momento da crise de desemprego que o país enfrenta.
O pré-candidato lembrou aos mais de 170 mil ouvintes que passam por Campinas e escutam a rádio, que uma subprefeitura deverá ser implantada na região, caso seja eleito. A ideia do tucano é aproximar a gestão da Prefeitura ao cidadão, levando serviços essenciais que hoje são feitos de maneira centralizada pelo Paço.
Vecci finalizou a entrevista revelando que tem um imenso carinho por Campinas, primeiro setor onde morou, quando mudou-se para Goiânia há quase 45 anos.
Mercado de Campinas
Vecci também visitou, pela manhã, o Mercado de Campinas. Na ocasião, o pré-candidato ouviu demandas de comerciantes. As necessidades elencadas por eles vão servir para elaborar, futuramente, o plano de governo do tucano que será apresentado na campanha eleitoral.
Os trabalhadores reclamaram que os únicos banheiros públicos de Campinas são os existentes no estabelecimento, e que a Prefeitura não tem demonstrado capacidade para cuidar do local. Segundo eles, essa ausência do Executivo fez com que  os comerciantes se juntassem e criassem a Associação dos Comerciantes do Mercado de Campinas (Ascomec) para gerir, de maneira mais adequada, o estabelecimento.
“A Prefeitura não tem condições de zelar pelo Mercado de Campinas. Criamos a associação para que pudéssemos garantir eficiência na prestação do serviço que devia ser executado pelo Município”, destaca o membro da Ascomec, Carlos Inácio.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Tchau querida! Aprovado o impeachment de Dilma.

Tchau querida! Aprovado o impeachment de Dilma.


Veja como votou cada senador na sessão que afastou Dilma Rousseff da presidência da república

O Senado decidiu afastar do cargo a presidente Dilma Rousseff (PT), 68. É a segunda chefe de Estado a enfrentar formalmente um processo de impeachment desde a redemocratização, 24 anos após Fernando Collor. O vice Michel Temer (PMDB), 75, deve assumir seu lugar interinamente nesta quinta (12). Será a 41ª pessoa a ocupar o cargo de presidente da República.
A decisão foi tomada às 6h30, após uma sessão de quase 21 horas no plenário do Senado.
Com 78 senadores presentes, 55 votaram contra Dilma e 22 a favor, com 0 abstenções. Era preciso maioria simples (ou seja, a maioria dos senadores presentes) para que o pedido fosse aceito.
Agora, o Senado terá até 180 dias para julgar o mérito da acusação contra a presidente.
Se o placar desta votação for repetido quando o Senado julgar o mérito da acusação contra a presidente, em até 180 dias, chegará ao fim definitivo desta era do PT no poder, iniciada com a posse de Luiz Inácio Lula da Silva em 2003. Isso porque são necessários, nesta etapa, 54 votos para Dilma perder o mandato presidencial.
A presidente é acusada de editar decretos de créditos suplementares sem aval do Congresso e de usar verba de bancos federais em programas do Tesouro, as chamadas “pedaladas fiscais”. Sua defesa entende que não há elementos para o afastamento.
“Temos indícios suficientes para a abertura do processo”, disse o relator Anastasia.
Cardozo rebateu: “Não existe crime de responsabilidade caracterizado neste processo”.
No plenário, enquanto a sessão ocorria, discutia-se já os próximos passos do caso, como a visita, provavelmente na tarde de quinta, do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, para assumir a condução jurídica do processo.
A reunião deve contar com a presença do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Raimundo Lira (PMDB-PB), presidente da comissão especial do impeachment no Senado, e de líderes partidários.
Após ser notificada, a petista deve cumprimentar militantes do PT e de movimentos sociais que estarão em frente ao Planalto e sair em comboio em direção ao Palácio da Alvorada. No período de afastamento, ela mantém alguns de seus benefícios, como poder morar no Alvorada.
A previsão é que a presidente seja notificada da decisão às 10h, e Temer, às 11h; a partir daí, ele será presidente interino do Brasil, até a decisão final do Senado sobre o impedimento.
VEJA COMO VOTOU CADA SENADOR NA SESSÃO QUE AFASTOU DILMA ROUSSEFF!
VOTO IMPEACHMENT 1VOTO IMPEACHMENT 2
VOTO IMPEACHMENT 3
Com Folha de São Paulo e Correio Brasiliense conteúdo

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Começou a zona! MST invade fazenda de amigo de Temer em São Paulo

Começou a zona! MST invade fazenda de amigo de Temer em São Paulo


Invasões estão na pauta do MST para não dar sossego ao governo Temer que está começando

Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) continuam invadindo a Fazenda Esmeralda, em Duartina, interior de São Paulo. A propriedade, invadida na madrugada de segunda-feira, 9, por 800 militantes, segundo a Polícia Militar, pertence à empresa Argeplan e ao ex-coronel da PM, João Baptista Lima Filho, amigo de Temer. O MST alega haver indícios de que a propriedade tem o vice-presidente como sócio oculto.
Até o início da noite, os proprietários não tinham dado entrada ao pedido de reintegração de posse no Fórum de Duartina, segundo informação do Tribunal de Justiça de São Paulo. No dia anterior, a Argeplan e Lima Filho, que também é sócio da empresa, tinham informado que estudavam as medidas a serem adotadas em razão da invasão. Os sem-terra estão acampados junto à casa-sede. O prédio está coberto com pichações contra Temer e em defesa da reforma agrária.
A fazenda, que tem reflorestamento de eucalipto e área de criação de gado, não faz parte da relação de bens declarados por Temer à Justiça Eleitoral em 2014, quando concorreu à reeleição na chapa da presidente Dilma Rousseff (PT). Na ocasião, Temer declarou um patrimônio de R$ 7, 5 milhões, composto principalmente pela Tabapuã Investimentos e Participações, que administra os imóveis que ele possui na capital paulista, entre eles dois apartamentos e um prédio residencial.
O valor da empresa é de R$ 2,2 milhões. Já o prédio foi declarado por R$ 722 mil. Outros R$ 2,3 milhões estavam em aplicações de renda fixa. Entre os imóveis declarados, estão 13 lotes urbanos e parte de uma chácara em Tietê, sua cidade natal. Para Kelly Mafort, da direção nacional do MST, um envelope endereçado ao vice-presidente encontrado no local e a “voz corrente na cidade” de que Temer é dono da fazenda merecem, por si só, uma investigação. “A situação é análoga ao sítio de Atibaia, que foi atribuído ao ex-presidente Lula com base nos mesmos indícios, com a diferença de que aqui são 1.500 hectares. Óbvio que isso não está documentado, é preciso investigar”, disse.
O prefeito de Duartina, Enio Simão (PSDB), assegura que a propriedade sempre foi do ex-coronel, na cidade conhecido como ‘Coronel Lima’. “Existe o comentário porque o coronel tem relação com o Temer desde que ele foi secretário da Segurança Pública de São Paulo, em 1984. O Temer quase nunca vem na fazenda, mas o coronel está aí a cada duas semanas.” A assessoria da Argeplan informou que todas as áreas da propriedade são da empresa e do sócio João Baptista Lima Filho. A assessoria de Temer informou que ele não tem fazenda em Duartina, nem propriedades rurais.
Fonte:IstoÉ

terça-feira, 10 de maio de 2016

Jornalismo sonolento! Sites de O Popular e Diário da Manhã tomam furo vergonhoso

Jornalismo sonolento! Sites de O Popular e Diário da Manhã tomam furo vergonhoso


Nestes tempos modernos e de informação em tempo real o jornalismo é mais que instantâneo. Que o velho jornalismo dos jornais impressos já acabou isso é uma outra verdade. Que os jornais impressos não são mais uma fonte confiável de informação também é realidade. Inadmissível mesmo é o que aconteceu nesta terça-feira, 10/05/2016, com os dois maiores jornais diários do estado de Goiás, O Popular e Diário de Manhã, que tomaram juntos um furo imperdoável, e olha que os dois jornais tem equipes muito qualificadas em suas versões on-line. O Diário da Manhã é pioneiro na internet em Goiás tendo inclusive marcado época como modelo de modernidade.
Os dois jornais, que gastam verdadeiras fortunas na manutenção de seus sites na internet, literalmente dormiram no ponto e amanheceram nesta terça-feira sem a principal notícia do país, que foi a revogação pelo presidente interino da Câmara Federal, Waldir Maranhão, de seu próprio ato de anular a sessão do impeachment da presidente Dilma naquela casa. Tanto o site de O Popular como o do Diário da Manhã até perto de 08:00 horas da manhã desta terça não davam uma linha sequer da decisão política mais importante do dia e que já estava entre os assuntos mais comentados nas redes sociais desde às 00:40 horas. Não é atoa que os jornais impressos estão em crise no Brasil. A velha maneira de fazer jornalismo amanhecido ainda é a realidade nas redações antiquadas.
Veja a capa dos sites de O Popular e do Diário Manhã que foram furados nesta terça-feira, 10/05!
Site O Popular
Site DM

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Dilma anuncia hoje a conquista de Marconi em novembro de 2015: mais duas universidades federais para Goiás

Dilma anuncia hoje a conquista de Marconi em novembro de 2015: mais duas universidades federais para Goiás

Governador de Goiás deixou a oposição em Goiás enlouquecida ao anunciar as duas UFGs em novembro de 2015

A presidente Dilma Rousseff (PT), que estará em Goiânia nesta segunda-feira para inauguração do novo Aeroporto Santa Genoveva, também vai oficializar a criação das Universidades Federais de Catalão e Jataí. Nas redes sociais, oportunistas integrantes da oposição e peemedebistas tentam agora capitalizar esta conquista e estão doidos para aparecer na foto. Mas, a verdade é que foi o governador Marconi Perillo quem lutou pela causa e conquistou a criação das universidades nas cidades do interior.
Saiba Mais: Marconi conquista com Dilma mais duas universidades federais para Goiás
Exatamente no dia 04 de novembro de 2015 o governador Marconi Perillo conquistou em Brasília e anunciou que as duas universidades seriam em criadas. Daniel Vilela, Adib Elias e outros menos cotados até tentaram sabotar, mas não conseguiram e agora a presidente Dilma vem a Goiás para sacramentar este avanço na educação.

sábado, 7 de maio de 2016

Vídeo! Ximbinha discute com fãs em aeroporto: “Eu não preciso de vocês’

Vídeo! Ximbinha discute com fãs em aeroporto:



Em vídeo que circula pela internet, o cantor Ximbinha é visto discutindo com fãs da banda Calypso em aeroporto, supostamente, na última quinta-feira (5). Segundo fãs que compartilharam o vídeo, o cantor estaria irritado com o sucesso da carreira solo de Joelma.
Nas imagens, Ximbinha afirma para um dos fãs no local sobre as redes sociais: “Eu bloqueei todo mundo, vou bloquear você também”. Depois, claramente alterado, defende-se das acusações afirmando: “Não sou vigarista, não sou tarado, não sou p**** nenhuma”.
Quando os fãs perguntam se ele está bravo, o cantor não esconde: “Estou p*to, estou p*to, estou p*to”, diz aos gritos. Ele então se afasta e afirma: “Não quero papo, eu não preciso de vocês”.
Segundo a assessoria do cantor, o vídeo na verdade tem cerca de três anos e os fãs de Joelma é que estão irritados com o sucesso do novo grupo XCalypso, afirmando: “Estamos trabalhando e não vamos entrar neste circo de mediocridades #xcalypsotemclasse”.
Leia o comunicado oficial na íntegra: 
“O vídeo que está circulando é antigo, tem mais de dois anos, já foi divulgado em várias mídias e está sendo explorado mais uma vez por pessoas inescrupulosas para tirar o foco do fato verdadeiro: a banda XCalypso é hoje a segunda mais tocadas nas rádios do Brasil no estilo regional, segundo a empresa Connectmix, principal responsável pelas estatísticas do setor. Este fato em nenhum momento abala ou muda a agenda da banda, que se apresentará para seu público neste sábado, 7, em Bragança no nordeste paraense. E reafirma o carinho com seus fãs”