segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Surge o novo Pixuleco. Bonecão inflável de Lula agora tem chifres vermelhos

Luleco, ou Pixuleco, agora representa a corrupção do petismo no Brasil e a figura de um demônio no poder

Não há a menor dúvida que o grande sucesso do marketing político em 2015 foi o Pixuleco – Luleco como preferem alguns- boneco inflável e gigante representando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com roupa de presidiário. A criação se transformou no logotipo da corrupção petista em seus três governos e na principal representação da insatisfação do povo brasileiro com a roubalheira na coisa pública. O Pixuleco apareceu pela primeira vez em Brasília em manifestações do povo contra o petismo e a partir daí se transformou em um grande sucesso de público e de mídia. O Pixuleco chegou a viajar pela principais capitais do Brasil, sendo que em São Paulo o boneco sofreu até atentado quando uma simpatizante do PT o atingiu com vários golpes de faca. Hoje surgiu uma nova versão do Pixuleco. Em Belo Horizonte, um boneco inflável com 12 metros de altura representando Lula com chifres vermelhos e roupa de presidiário, trazendo embaixo dos braços a presidente Dilma na forma de uma cachorrinha e o governador de Minas, Fernando Pimentel, com aparência de um rato, foi levantando na Praça da Bandeira na região sul da capital mineira. O novo Pixuleco com chifres representa da mesma forma que o original a corrupção do petismo governando, sendo que os chifres agregam o valor demoníaco à figura. Os grupos Brava Gente, Os Patriotas e Mulheres da Inconfidência assinam a criação do novo Pixuleco com chifres e as manifestações de hoje contra os governos do PT. A “obra de arte” já está chamando a atenção de toda a mídia.