segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Marconi investe quatro vez mais em Goiânia que a Prefeitura do PT/PMDB


Matéria publicada neste domingo pelo Jornal O Popular, assinada pelo jornalista Caio Henrique Salgado, faz um balanço atualizado das obras que o governo do estado de Goiás e a Prefeitura de Goiânia estão realizando neste exato momento. O trabalho do jornalista mostra a grande diferença entre as ações do governo de Goiás e da Prefeitura de Goiânia. A reportagem confirma as declarações do presidente da AGETOP, Jayme Rincón, que garante que nenhum prefeito de Goiânia fez mais pela capital que o governador Marconi Perillo. Em O Popular deste domingo ficou claro que o Governo Marconi Perillo (PSDB) investe em obras pelo menos quatro mais que o Prefeito Paulo Garcia (PT). Confira a matéria de O Popular!

Caio Henrique Salgado
20 de outubro de 2013 (domingo)

A proximidade do aniversário de 80 anos de Goiânia, que será comemorado na quinta-feira, expõe uma estratégia do governo estadual que indica disputa pela demonstração do maior volume de obras em andamento na capital. Enquanto a Prefeitura iniciou ontem uma agenda positiva de inaugurações, o governo começou a veicular na sexta-feira uma série de propagandas sobre a cidade.
A administração estadual também inicia amanhã outras ações com o objetivo de melhorar sua imagem em uma região onde o grupo do governador Marconi Perillo (PSDB) não tem boa avaliação.Com obras predominantemente rodoviárias e o Hugo 2, na Região Noroeste, o governo decidiu apostar na divulgação de suas ações em Goiânia e na Região Metropolitana. Além da veiculação de propaganda em todas as mídias, Marconi Perillo fará amanhã e na terça-feira uma série de visitas ao lado de secretários e auxiliares.
Simultaneamente, o Paço Municipal iniciou na sexta-feira uma agenda que vai até quarta, às vésperas do aniversário da capital. A agenda inclui a entrega de obras como a pavimentação da Avenida Independência com Avenida Nadra Bufaiçal, no Setor Faiçalville; asfalto no Residencial Irisville e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) Real Conquista e Recanto das Minas Gerais. Os eventos se encerrarão com a inauguração do túnel da Avenida Araguaia, na quarta. A obra permitirá a passagem de veículos por debaixo do Parque Mutirama.
No caso do governo estadual, Marconi deve repetir em Goiânia algo semelhante com o feito no interior em setembro, quando também vistoriou obras e entregou benefícios. Na época, o tucano afirmou ao POPULAR, em entrevista exclusiva, que tentava recuperar sua credibilidade após o caso Cachoeira, que atingiu sua imagem no ano passado. Em Goiânia, conforme pesquisa Serpes divulgada em julho, ele tinha 30,4% de aprovação e 31,7% de reprovação.
Conforme o levantado pelo POPULAR com base em dados disponibilizados pela Agência Goiana de Transporte e Obras Públicas (Agetop), as obras do governo em Goiânia, ou que ligam a capital a outras cidades, no caso de construções rodoviárias, somam R$ 292 milhões em investimentos.
Foram consideradas apenas obras que, conforme o divulgado pelos órgãos públicos, estão em andamento e não são de reforma, conclusão ou executadas em órgãos públicos. Paralelamente e a partir dos mesmos critérios, a Prefeitura de Goiânia investe o equivalente a R$ 65,6 milhões, apesar de executar maior número de intervenções na capital.
Mesmo negando que haja uma tentativa de disputa com o Paço Municipal, o presidente da Agetop e também da Agência Goiana de Comunicação (Agecom), Jayme Rincón, assume que nos próximos dias o governo estadual trabalhará para mostrar que “ninguém fez tanto por Goiânia”. E quando digo isso, falo em comparação não só com os governos estaduais, mas também os municipais e até o federal”, afirma. “Essas ações são muito claras, muito significativas. E nós fizemos porque são necessárias e não para tentar fazer qualquer tipo de comparação com quem quer que seja”, completa.
Sobre a tentativa de melhorar a imagem do governador na capital, Jayme Rincón diz que tudo se trata de uma situação e consequências naturais. “Goiânia sempre foi oposição e é óbvio que, por problemas vividos no passado (caso Cachoeira), o desgaste é maior aqui. Mas isso nunca nos preocupou. Até porque provamos que não existe nada e o assunto foi levado a segundo plano.” Secretário de Obras do Paço, Luciano de Castro também nega que a administração municipal aproveita a data para tentar criar uma agenda positiva. “Estamos apenas executando o nosso plano de governo, obras que são necessárias. Mas é claro que, no aniversário, todos nós goianienses merecemos presentes”, diz. Luciano completa dizendo que a agenda desta semana não passa de uma continuidade nos trabalhos executados pelo Paço. “Isso (inaugurações) é uma coisa cotidiana na administração. Por exemplo, o Viaduto da 88 (na Marginal Botafogo) vai ser entregue fora das comemorações, em novembro”, diz.