terça-feira, 3 de março de 2015

Marconi e Eliton discutem plano de desenvolvimento



images-cms-image-000420926
O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação, José Eliton, apresentou ao governador Marconi Perillo as principais diretrizes que deverão constar no Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico.
Entre os importantes objetivos desta iniciativa, estão: estímulo à competitividade e à produtividade dos setores industrial, comercial, de serviços e mineral; dinamizar e diversificar a economia pela atração, consolidação e ampliação de investimentos e novos negócios; dar continuidade às políticas de incentivos financeiros e fiscais; e fortalecer e modernizar os distritos, polos e complexos industriais do estado.
Após a apresentação feita por José Eliton, o governador ressaltou a qualidade técnica das diretrizes e estratégias que foram propostas, definidas por Marconi como “um trabalho de alto nível”. Outros destaques durante a reunião apontados pelos presentes foram a exequibilidade das ações; e o planejamento em profunda consonância com os esforços do governo para a otimização de recursos e maior eficiência nos gastos públicos.
Ao final, Marconi ainda enfatizou a liderança e dinamismo do vice-governador na construção do plano e fez elogios à equipe técnica responsável pelo trabalho. Da reunião, no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, participaram também os secretários de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto, e da Fazenda, Ana Carla Abrão, além dos superintendentes executivos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. SED, Segplan e Sefaz, como tem ressaltado José Eliton, empreendem esforços conjuntos para a viabilização do plano.
Dividido em quatro eixos estruturantes – Indústria, Comércio, Serviços e Mineração; Comércio Exterior; Ciência, Tecnologia e Inovação; e Agricultura, Pecuária e Irrigação – além de um eixo transversal – Desenvolvimento Regional – e em medidas institucionais, o plano prevê investimentos em ações estratégicas para os quatro anos desta gestão.
“Buscamos novos caminhos para o crescimento social e econômico do estado deGoiás. Assim, teremos os instrumentos necessários para que o governo, numa gestão moderna e eficiente, possa oferecer o melhor serviço ao público”, disse José Eliton.Segundo ele, Goiás é um estado altamente competitivo e inovador e é sob essa visão que está sendo construído todo o material.
A utilização de recursos tecnológicos para o mapeamento e monitoramento de todos os projetos e programas também deverá ser uma das ações inovadoras constantes do plano. Esse mapeamento deverá ser feito por meio de uma Sala de Situação. “Sem dúvida, uma excelente ferramenta”, afirmou o governador.
Fonte: Goiás 247